Transformação Digital é um termo que está cada vez mais em pauta nas empresas. Porém, há três coisas que não te contaram sobre, e que você precisa saber.  

(ok, talvez até tenham te contado, mas vale muito à pena enfatizar neste post)

A tão falada Transformação…

Você com certeza já ouviu falar sobre a Transformação Digital. E provavelmente por dois ângulos diferentes:

  • O primeiro, em que de um lado há quem acredite que a mudança constante é o futuro sem volta, porém isso é algo positivo e cheio de oportunidades.
  • O segundo, onde os mais céticos utilizam a palavra num contexto pouco esperançoso, misturando tecnologia, revolução do digital, bots e robôs, que irão roubar empregos, destruir o contato humano e criar a versão real de Black Mirror, num cenário quase apocalíptico.

Mas a verdade é que, independente da perspectiva que olhamos para o futuro – se mais positivo ou negativo, como desafio ou vantagem, oportunidade ou ameaça – ele está aí. E a Transformação Digital não vai parar de acontecer, mesmo se você não acompanhá-la.

Por isso, é bom ficar atento sobre os três pontos abaixo, para acompanhar e tirar proveito da Transformação Digital que está acontecendo, e não ser deixado para trás por ela:

A Transformação Digital é sobre pessoas

Quanto mais técnico é o trabalho, mais tecnologia pode ser aplicada a ele. Isto foi o que concluiu um estudo feito pela McKinsey.

Portanto, pessoas são estratégicas; tecnologias são táticas.

Empresas são formadas essencialmente por pessoas, com ideias e vontade de fazer, capazes de formular estratégias onde é possível empregar tecnologia para extrair os melhores resultados.

Assim, para que a Transformação Digital aconteça na sua empresa, fatores como a valorização dos colaboradores, sua motivação, produtividade, e o engajamento têm de ser prioridade.

Leia também: A Transformação Digital é sobre pessoas, não tecnologia

A tecnologia é um meio, não um fim

Segundo a HBR, computadores são bons para otimizações, mas não tão bons para ‘atingimento de metas’.

Por isso, tenha em mente que plataformas e ferramentas são meios (e não fins)  para viabilizar a Transformação Digital. A tecnologia deve ser utilizada como uma etapa do processo de mudança, colocando pessoas em contato para fazer as coisas acontecerem na empresa.

Além disso, nem toda transformação é considerada uma boa transformação pelas pessoas, principalmente dentro do ambiente organizacional.

Neste ponto, para contornar resistências que eventualmente podem surgir sobre a Transformação Digital, é preciso pensar em tecnologia de duas formas:

(1) como integrá-las ao trabalho já existente mantendo a cultura da empresa,

(2) como lidar com o sentimento dos colaboradores para que de forma alguma a tecnologia seja considerada o “inimigo”, mas sim seja vista como uma vantagem para o seu trabalho.

Redes Sociais Corporativas são um bom exemplo entre tecnologias que cumprem este papel e estão emergindo. Uma RSC funciona de maneira agregada e integrada à outros softwares já usados e sistemas legados.

Além de ser uma camada social, também é possível usá-la para começar uma Transformação Digital na empresa, pensando inicialmente nos colaboradores, já que a ferramenta é focada essencialmente em comunicação, integração de pessoas e aumento da produtividade.

Leia também: Transformação Digital: como começar? Conheça os primeiros passos

O discurso precisa fazer sentido

Fomentar a Transformação Digital pensando apenas na cadeia de clientes e fornecedores é um erro, já que a criação de uma cultura organizacional e um mindset digital deve começar dentro da organização.

Por isso, a Comunicação Interna tem um papel fundamental na Transformação Digital, como já falamos aqui no blog, integrando novas tecnologias com o trabalho, e alinhando-as com a rotina dos colaboradores, o objetivo estratégico do negócio e a missão da empresa.

A Transformação Digital está além de apenas pensar em implementar tecnologia em áreas como marketing ou finanças, tornando estes processos ou o contato com clientes digital, por exemplo. Ela precisa ser vivida pela empresa em cada interação com todos seus stakeholders, e em todos os setores, começar por dentro, pelos funcionários.

Leia também: A importância da Transformação Digital na Cultura Organizacional

Por isso, um bom planejamento de comunicação, para informar sobre como a Transformação vai começar a acontecer e, principalmente, porque a empresa está apostando nisso, é importante para os colaboradores durante períodos de mudança  – fazendo com que as peças do quebra cabeça de encaixem, a tecnologia cumpra seu papel e a empresa alcance resultados.

A Transformação está só começando, você e sua organização estão prontos? 😉

Continue aprendendo

 

Cassiane Vilvert

Editora no Cultura Colaborativa Cassiane Vilvert é Jornalista, editora do Cultura Colaborativa e parte do time de Marketing e Comunicação da SocialBase.

mercadoMercado
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transformação Digital O papel do CEO na Transformação Digital
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Futuro do Trabalho Dados de pesquisa: o futuro do trabalho é remoto?
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]