Parece que o Facebook realmente está investindo em novos modelos de negócio focados em organizações dentro de sua plataforma. Depois do lançamento do WhatsApp Business, chegou a vez de lançar oficialmente o Workplace, sua ferramenta de comunicação corporativa.

Como destacamos há pouco tempo aqui no Portal, a comunicação interna é essencial para a Transformação Digital ser possível, e o Facebook está mostrando que entendeu o recado (e o mercado, claro).

Depois de uma versão beta que durou aproximadamente um ano, a ferramenta foi anunciada oficialmente para todos e se mostra um concorrente direto do Slack, a menina dos olhos de startups e empresas digitais.

De olho nos Millennials

Entre suas principais funções, estão a possibilidade de se comunicar através de texto e vídeo, enviar qualquer tipo de arquivo, compartilhar a tela do seu dispositivo com outros usuários e ainda acessar a ferramenta através de dispositivos móveis (sim, estamos falando de um app para smartphone).

Além disso, a empresa ainda promete lançar em pouco tempo o recurso de conversa em grupo através de vídeos e, mais pra frente, um app ainda mais leve.

Sabendo que, até 2025, 75% da força de trabalho de todo o planeta será ocupada por Millennials (BPW Foundation), o Facebook está mostrando seu esforço em atingir a geração de seres conectados.

Para reforçar esse ponto, Julien Codorniou, vice-presidente do Facebook, diz à Valor Econômico que o Workplace funciona como uma via de mão-dupla, facilitando o contato dos Millennials –  ávidos por serem ouvidos – com a liderança das organizações – ávida por novas ideias.

Conectividade

Apesar de bater de frente com o Slack, acordos estão sendo feitos com concorrentes da ferramenta para que seja possível integrar tecnologias, sempre com o objetivo de melhorar ainda mais a experiência do usuário.

Além disso, existe também o recurso de tradução automática de mensagens para diferentes idiomas, uma mão na roda para equipes multinacionais trabalharem de forma fluída.

E, uma vez que a ferramenta possui interface extremamente similar à rede social, ela não exige treinamento para que os colaboradores consigam fazer máximo proveito de tudo que ela oferece. Afinal, quem não tem um perfil no Facebook?

Ponto para a conectividade, em todos os níveis!

Não é à toa que 30 mil empresas em 70 países já estão utilizando o Workplace. Entre elas, podemos destacar Walmart, Pernambucanas, Netshoes, Starbucks e Danone.

Aqui no Brasil, Redes Sociais Corporativas como o Workplace já são conhecidas por empresas que apresentam uma maturidade digital mais avançada ou desejam melhorar a troca de informações e fomentar a inovação.

Organizações como Cianet (eleita 3 vezes uma das melhores empresas para se trabalhar pelo Great Place to Work), Epagri, Porto Seguro e Portobello já obtiveram resultados positivos de experiências de trabalho conectando seus colaboradores através de uma ferramenta semelhante, desenvolvida por uma empresa brasileira desde 2012.

A Transformação Digital está em todos os estágios de operação das organizações mais inovadoras do mundo. E a sua empresa? Faz parte desta lista?

tecnologiaTecnologia
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
N/A Tecnologia na cultura: como ela atua dentro e fora do palco do Cirque du Soleil?
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Por que a tecnologia em serviços jurídicos é um caminho sem volta
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]