16 provas de que os líderes digitais pensam e já chegam mais longe

Entenda como pensam e agem os líderes digitais

O que define um líder digital? Segundo estudo conduzido pela SAP e Oxford Economics, ainda inédito por aqui, algumas características o destacam dos demais gestores: primeiro, é um profissional focado em uma “verdadeira transformação”. Mas também é orientado pelo talento, investe nas novas gerações como ninguém e evita apostar em mudanças episódicas ou fragmentadas – prefere a renovação constante.

Para ele, a Transformação Digital tem status de “oportunidade única para reinventar modelos de negócio”, montar times singulares e, por que não, faturar com isso tudo.

O estudo encomendado pelo SAP Center for Business Insight ouviu 3.100 executivos de diversos setores, em 17 países – entre eles o Brasil – sobre as oportunidades e desafios apresentados pela indústria 4.0.

Traduzi e trago neste artigo os 16 fatos mais relevantes da pesquisa:

01. Empresas “totalmente comprometidas com a Transformação Digital” têm três vezes mais chances do que as concorrentes de alcançar altos níveis de geração de valor.

02. 96% dos líderes digitais compreendem a Transformação Digital como sendo um “núcleo” da empresa e com “objetivo comercial”.

03. 93% dos líderes digitais afirmam que a tecnologia “é extremamente importante” ou “muito importante” para manter a vantagem competitiva do negócio.

4. Os líderes digitais são 5x mais propensos (do que os não-digitais) a mudar substancialmente sua estrutura organizacional, como consequência da Transformação Digital.

05. E 3x mais propensos a modificar radicalmente suas áreas de vendas e marketing pelo mesmo motivo.

06. 92% dos líderes digitais têm estratégias maduras e processos em vigor para melhorar a experiência do consumidor, contra apenas 22% dos dirigentes não-digitais.

07. Empresas que possuem líderes digitais estão 30% mais predispostas a acreditar que a Revolução 4.0 tornou mais fácil atrair e reter talentos.

08. Líderes digitais são 5x mais tendentes a falar que a digitalização “modificou os seus esforços na administração de talentos”.

09. 64% dos líderes digitais contam que seus colaboradores “são mais engajados”, em comparação com os 20% de não-digitais que dizem o mesmo.

10. 48% dos líderes digitais expuseram que “investir em habilidades e tecnologia foi o ponto mais importante para gerar receita nos próximos dois anos”, em comparação com os 30% de não-digitais que adotaram a mesma linha.

11. 94% dos gestores digitais estão investindo agora em Big Data e analytics.

12. Os líderes digitais são 4x mais propensos a verificar um impacto positivo do tech no treinamento e educação de seus colaboradores.

13. E ainda 7x mais predispostos a investir na aprendizagem de máquinas do que os colegas.

14. Além disso, em comparação com os não-digitais, estão 46% mais inclinados a investir na Internet das Coisas.

15. Gestores digitais esperam crescimento de receita 23% maior do que seus colegas não-digitais nos próximos dois anos.

16. E estão 50% mais predispostos a aumentar sua rentabilidade devido à Transformação Digital.

Continue aprendendo

 

#1 LinkedIn Top Voices / Head na Tawil Comunicação

Jornalista, radialista e escritor. É head da Tawil Comunicação, agência que fundou em 2010, em São Paulo. É comentarista da Rádio Globo (94,1 FM), SAP Marketing Influencer e diretor de Comunicação do Instituto Capitalismo Consciente Brasil. Atua como coordenador na Câmara de Comércio França-Brasil e participa ativamente de instituições, como conselheiro e embaixador, ligadas às causas do Refúgio, Educação, Igualdade Racial e Comunicação.