O papel do COO na Transformação Digital

Entenda o papel do COO no processo de Transformação Digital

É muito importante discutir o papel do COO (Chief Operating Officer ou Diretor de Operações ou Executivo Chefe de Operações) na era de grandes transformações digitais.

Responsável pelo cotidiano operacional da empresa e braço direito do CEO (Diretor Executivo ou Presidente), ele é o responsável pela execução das mudanças estruturais na organização e a condução de reformas no seu modelo de produção decorrentes do processo de transformação digital.

A colaboração do COO é fundamental para a eficiência da transformação digital. Ele é o executivo que reunirá as tecnologias sugeridas pelo CIO (Chief Information Officer ou Diretor de TI) e a estratégia de negócios projetada pelo CEO em um sistema de trabalho coerente que consiga resultados reais.

Neste artigo, explicaremos melhor o papel do COO como agente de inovação durante o processo de transformação digital da empresa e quais são suas responsabilidades e deveres nesta jornada. Boa leitura!

O papel do COO na transformação digital

Os modelos de negócios disruptivos e novas formas de se trabalhar decorrentes da transformação digital inevitavelmente vão remodelar muitas das atribuições de um COO, mas a sua principal responsabilidade continua a mesma: garantir a eficiência da operação cotidiana da organização.

Isso significa que o COO é um líder que domina os processos e a logística da companhia e é capaz de enxergar a geração de valor de forma holística.

E, quando tudo isso começa a se transformar, ele é o executivo que vai trabalhar duro para que as peças se encaixem e a empresa consiga percorrer o processo de transformação digital com o mínimo de danos e transtornos.

Executor do planejamento

Apesar de muitas vezes ser o segundo em comando no negócio, é incomum que o COO seja o líder da transformação digital na empresa. Normalmente, esse papel cabe ao CMO, CEO ou CIO, sendo raras as ocasiões em que o COO acumula também essa responsabilidade.

Mas mesmo quando o COO não for a principal referência da transformação digital na empresa, ele sempre terá um papel central nesse processo. Na prática, ele será o executor do planejamento que modernizará a organização e estará diretamente envolvido com todo tipo de ação ou projeto para remodelar a companhia.

Implementação de novas tecnologias

Como o COO é quem lida diretamente com o operacional, ele é o responsável pela implementação de, por exemplo, novas tecnologias sugeridas pelo CIO ou mudanças estruturais vislumbradas pelo CEO.

Mas isso não significa que ele apenas cumprirá ordens desses outros dois executivos. Na verdade, o COO precisa, antes, entender os impactos dessas mudanças no operacional e descobrir a melhor forma de mitigar os riscos dessa metamorfose.

Comando do operacional

O COO também tem autonomia para vetar investimentos que possam ser decisivamente prejudiciais para o operacional, o que significa que ele deve alinhar sua visão da proposta de valor com o CEO para evitar que dissonâncias prejudiquem a transformação digital.

Da mesma forma, antes de sugerir qualquer mudança importante, o CIO, o CEO e demais executivos do C-level devem sempre conversar com o COO e buscar sua aprovação, pois ele é o executivo com maior capacidade técnica e experiência para opinar sobre os impactos dessas ideias nos resultados da organização.

Planejamento e liderança

Além disso, o COO também deve assumir responsabilidades de planejamento durante a transformação digital. Como líder da operação, ele é capaz de sugerir e projetar formas de se ganhar eficiência com o uso de novas tecnologias e métodos.

E, por fim, o COO também precisa trabalhar ativamente para atrair, recrutar e reter os talentos que serão decisivos para o sucesso da transformação digital. Muitos deles serão colaboradores que já estão na empresa e precisam apenas se adaptar para um mindset digital.

Mas a transformação digital muitas vezes gerará vagas que simplesmente não existam antes, como cientista de dados e especialista em marketing digital, por exemplo. O COO é o principal responsável pela busca de pessoas que preencham essas funções.

CIO e COO: parceiros na transformação digital

Para uma transformação digital eficiente, é necessário que o CIO e COO trabalhem juntos desde os primeiros estágios desse processo.

Uma das consequências da transformação digital é a redução dos custos operacionais com base em investimentos inteligentes realizados em novas tecnologias. Na diretoria da empresa, o CIO é o profissional que vai identificar e sugerir quais são essas tecnologias mas, muitas vezes, isso partirá de uma demanda ou pedido do COO.

Por isso, é fundamental que exista uma forte parceria entre esses dois executivos. Ao compartilhar com o CIO sua visão de negócios e quais os desafios de produtividade da empresa, o COO reforça as demandas tecnológicas da empresa, facilitando o trabalho de identificação de prováveis soluções.

E, algumas vezes, esse caminho será reverso: ao tomar conhecimento de novas tecnologias que poderiam ser aplicadas na operação da empresa, o CIO pode conversar com o COO para entender como implementar a novidade e conseguir uma vantagem competitiva com a sua utilização.

Quanto mais harmoniosa for a relação entre esses dois executivos, melhor integrado será o setor de TI com o operacional. E, com isso, a transformação digital será mais veloz e suave.

Implementando a transformação digital em etapas

COOs são responsáveis pelo cotidiano da operação de uma empresa, mas isso não significa que o trabalho deles é monótono ou repetitivo. A única constante na rotina de um COO é a mudança, ainda mais em meio a transformação digital.

Todos os dias, novos desafios vão ameaçar a estabilidade da operação e cabe ao COO garantir que essa transição seja eficaz, mas sem prejudicar os resultados da empresa.

E não importa o quão bem elaborada for a estratégia de transformação digital da empresa: se o COO não conseguir implementá-la com suavidade e eficiência, ela será rejeitada pelas equipes.

Para conseguir os resultados desejados com a metamorfose da empresa para o mundo digital, o COO precisa criar um caminho que minimize distúrbios, enquanto inovações disruptivas são implementadas em tecnologias e processos.

Essa não é uma tarefa fácil e não existe uma metodologia que, asseguradamente, funcionará sempre para o seu cumprimento. Mas a dica, aqui, é tentar introduzir novidades em etapas bem discretas, que permitam, inclusive, uma mensuração de resultados entre elas.

Dessa forma, o estresse e a resistência das equipes são reduzidos e a transformação digital acontece com bem mais leveza. Cabe ao COO planejar essas etapas e encontrar o melhor caminho para esse processo.

E, agora que você já sabe qual o papel do COO na transformação digital, que tal aproveitar para assinar nossa newsletter e aprender mais sobre novas tecnologias e como elas estão remodelando o mundo dos negócios?

Gerente de Operações no Portal Transformação Digital

Eduardo Wolkan é bacharel em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com ênfase em marketing e comportamento do consumidor. Entusiasta do meio digital e fascinado pela internet, fez do hobby sua profissão e hoje atua com projetos de transformação digital nas áreas de marketing e vendas.