O rápido avanço da era digital traz uma série de desafios a empresas de todos os segmentos. Nesse cenário, a busca por soluções se torna necessária para sobreviver em mercados muito competitivos. Dentre os campos que mais evoluíram no período, a produtividade na transformação digital teve um grande salto.

A boa gestão do tempo é um fator determinante para o sucesso nos dias atuais. Como tudo anda mais rápido na era digital, ser ágil se tornou condição de sobrevivência no mercado corporativo. Por isso, empresas que desejam manter a produtividade na transformação digital devem se adaptar o quanto antes. Reunimos aqui algumas dicas valiosas para empresas que desejam se manter produtivas nesta nova realidade.

Respeite (até certo ponto) o planejamento

Sim, você leu certo! O planejamento deve ser respeitado até certo ponto. A transformação digital impõe novas condições que desafiam as tradições. O ponto central aqui não está em uma espécie de rebeldia gratuita e desrespeito ao planejamento. Ele continua sendo importantíssimo em qualquer negócio. Traçar um bom planejamento ainda é o ponto de partida para um projeto de sucesso.

No entanto, um dos segredos para triunfar na transformação digital é observar como as mudanças são velozes e contundentes. Regras são quebradas com a chegada de novas tecnologias e as empresas têm de se adaptar rapidamente.

Respeitar o planejamento ajuda a manter projetos nos trilhos, mas o empreendedor moderno precisa estar em constante estado de alerta. Quando uma grande mudança se avizinha, pode ser o momento de redesenhar o planejamento para antecipar possíveis problemas e capitalizar em novas oportunidades.

Há, ainda, situações em que a correção de rota não é decorrente de uma nova tecnologia, mas da observação de que o projeto pode caminhar melhor de outra maneira.

Aprenda a lidar com os mais jovens

O aumento da produtividade na transformação digital está diretamente ligado ao bom relacionamento com os profissionais mais jovens. As gerações Y e Z possuem características que devem ser compreendidas pelos líderes e gestores. Veja alguns anseios dos mais jovens e como lidar com eles para manter a equipe produtiva:

  •        Busca incessante por desenvolvimento: profissionais com menos de 30 anos sentem calafrios quando ouvem a palavra estagnação. Eles esperam ser constantemente testados para manterem a motivação e, consequentemente, a produtividade.
    Quando sentem que suas demandas não estão sendo atendidas, optam por mudar de empresa. Uma forma de lidar com isso é oferecer feedbacks regulares e oportunidades de crescimento com cursos e treinamentos. Somente assim é possível reter os grandes talentos e evitar o turnover exagerado.
  •        Preocupação com grandes causas: os jovens podem até trabalhar por dinheiro, mas sua motivação está diretamente relacionada a um propósito. Quando percebem que seu trabalho tem um real significado, a tendência é renderem muito mais.
    O líder deve buscar caminhos para atrelar o trabalho desenvolvido na empresa a uma causa. Se isso não for viável, atitudes simples, como separação criteriosa de lixo e posicionamento corporativo em relação a causas humanitárias, podem ajudar.

Tenha como meta principal a satisfação dos clientes

Quais as vantagens em ser uma empresa produtiva? Melhor aproveitamento do tempo, maior organização interna, desenvolvimento de projetos sem imprevistos… Podemos listar inúmeros benefícios proporcionados por uma rotina mais produtiva. Mas todos eles têm um ponto fundamental em comum: resultam no aumento da satisfação dos clientes.

Manter a produtividade na transformação digital é uma ideia fortemente relacionada à satisfação dos clientes. Lembre-se que a internet elevou exponencialmente a exigência dos consumidores por qualidade e agilidade. Em última análise, são os clientes que garantem o sucesso de uma empresa. Por isso, preservá-los deve ser um mantra.

Empresas produtivas naturalmente elevam a satisfação dos clientes, o que cria um ciclo virtuoso. Em um primeiro momento, eles se tornam mais fiéis. Posteriormente, esse sentimento pode convertê-los em verdadeiros advogados da sua empresa e captadores indiretos de novos clientes. Portanto, se faltava alguma motivação para trabalhar em função de uma maior produtividade, lembre-se dos sorrisos nos rostos dos clientes.

Utilize um software de produtividade

A revolução digital teve um impacto positivo sobre a gestão de produtividade nas empresas. Novas tecnologias surgiram e tornaram o gerenciamento de equipes muito mais eficaz.

Sendo assim, adotar um software de produtividade traz uma série de vantagens para a rotina da empresa:

  •        Gerenciamento de equipes mais inteligente: a delegação de tarefas se torna mais prática, o líder passa a ter uma visão global dos projetos em andamento e de necessidades pontuais.
  •        Indicadores reais de produtividade: por vezes, medir a produtividade pode ser um pouco subjetivo. Nada melhor do que um dashboard que indica os níveis exatos de execução com relatórios de performance.
  •        Gestão de processos: as atividades de rotina também ficam demarcadas no painel de controle. É possível documentar o fluxo de trabalho para gerar mais eficiência e inteligência na execução.
  •        Equilíbrio individual: o aumento da produtividade não se restringe ao coletivo. Cada colaborador tem seu próprio dashboard para organizar seu tempo com sabedoria. Isso inclui não apenas as tarefas profissionais, mas todas as suas atividades do dia a dia.
  •        Mais agilidade: o funcionamento do software é simples e intuitivo, por isso não existe desperdício de tempo no processo. A empresa se torna mais ágil desde o primeiro dia de uso da ferramenta.
  •        Menos urgências: o acúmulo de urgências derruba a produtividade de qualquer equipe. Com prazos bem estabelecidos e todos os colaboradores cientes, as urgências são drasticamente reduzidas. Quando há a possibilidade de alguma tarefa sair do controle, o próprio sistema notifica o gestor.
  •        Controle automático de horas: um dos desafios da rotina corporativa é controlar com precisão o tempo gasto em cada atividade. Nada como uma ferramenta que calcula exatamente quantos minutos foram gastos em cada tarefa e gera relatórios automáticos.

Existem diversas formas de manter a produtividade na transformação digital. Você já adota alguma dessas dicas na sua empresa? Conte para nós!

Natacha Negrão

Analista de Marketing na Neotriad Caiçara da Baixada Santista, formada em Jornalismo e em um relacionamento sério com o Marketing Digital.

Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Marketing Um guia para a Transformação Digital no Marketing
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transformação Digital O papel do COO na Transformação Digital
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]