Transparência de dados: sobrevivendo à Transformação Digital

Entenda a importância e os benefícios da Transparência de Dados para sua empresa

A transparência de dados foi recentemente alvo de muitas controvérsias após a divulgação do escândalo envolvendo o Facebook e a Cambridge Analytica.

Nesse episódio, as empresas foram acusadas de utilizarem de forma indevida os dados coletados de usuários da rede social, sendo que o CEO do Facebook teve de comparecer ao congresso americano para dar explicações sobre o caso.

Aqui, falaremos um pouco mais sobre a transparência de dados e a sua importância dentro em uma iniciativa de transformação digital dentro de sua empresa:

O que é a transparência de dados

Sempre que alguém na rede recebe um determinado anúncio, isso acontece porque algoritmos de inteligência artificial realizaram um cruzamento de dados entre a segmentação buscada e sua persona.

A medida que a transformação digital avança e a capacidade das empresas de gerar e coletar dados aumenta, os consumidores se tornam cada vez mais conscientes do seu direito a privacidade.

As pessoas não se sentem à vontade ao saber que informações relacionadas aos seus hábitos de consumo, pesquisas e outros costumes estão sendo utilizados de forma indevida pelas empresas, violando sua privacidade.

A transparência de dados é a forma como as organizações podem demonstrar aos consumidores e usuários como elas estão utilizando suas informações, dando a eles a escolha por fornecer ou não.

Ao mesmo tempo em que os consumidores não querem ter seus dados utilizados sem sua autorização, eles querem também receber apenas anúncios relevantes para si.

Com isso, os profissionais de marketing estão enfrentando um grande desafio, pois o mercado atual, altamente segmentado, demanda o uso de dados dos consumidores, mas também de sua permissão.

Como sua importância aumenta na era da Transformação Digital

Segundo um relatório lançado recentemente pela Econsultancy, a relação entre a confiança que os consumidores sentem por uma marca está diretamente ligada com o seu valor de mercado.

No caso do Facebook, citado em nossa introdução, a marca acabou perdendo muito valor. Durante o escândalo, a rede social teve uma queda de 9% em suas ações, representando cerca de U$ 50 bilhões de dólares.

Esse é um dos maiores exemplos que tivemos até hoje de que a transformação digital deve vir acompanhada de transparência e que os dados são privativos aos usuários e não às empresas que os coletam. Contudo, o uso claro dos dados não se dá apenas nesse contexto.

Com uma geração de informações gigante todos os dias, as empresas precisam cada vez mais investir em transparência. Esses dados devem ser divididos em vários pontos de clareza para serem entregues aos interessados, como usuários, funcionários, clientes e parceiros.

Em algumas organizações, até mesmo a diretoria tem dificuldades de coletar e trabalhar informações relevantes, o que implica diretamente sobre a eficácia das tomadas de decisão.

Como a transparência de dados beneficia sua empresa

Investir em transparência de dados dentro das organizações não traz vantagens apenas em valor de mercado e confiança, mas também em outras frentes do negócio:

Engajamento de funcionários

A transparência tem muito a somar em um modelo de negócios, independentemente do tamanho e ramo de atuação, quando se trata do engajamento dos funcionários.

Os colaboradores sentem muito mais confiança em seu trabalho quando eles sabem o que os diretores pensam e qual o rumo que a empresa tomará no futuro.

Não é preciso compartilhar informações estratégicas, porém criar um ambiente transparente, onde alguns dados circulam livremente, é capaz de aumentar o nível de engajamento dos consumidores.

Marketing

Ao fornecer maior transparência, é possível coletar um maior número de informações e com o consentimento dos consumidores, o que pode ser um plus para as estratégias de marketing das empresas.

Por meio desses dados, as organizações podem criar um planejamento de hipersegmentação e personalização para as suas ações de marketing, aumentando a capacidade de gerar leads de qualidade.

Como utilizar dados de forma transparente

Um erro cometido por muitos gestores é acreditar que para demonstrar com clareza o uso de informação será necessário muito investimento. Porém, gerar transparência de dados dentro de uma organização pode ser realizado de forma muito simples e com poucas atitudes.

Crie um documento de termos de uso simples e conciso

Ao realizar a coleta de dados de seus consumidores, seja em uma plataforma ou acessando a um site da empresa, é preciso deixar muito claro a ele que essas informações serão utilizadas posteriormente.

Poucas pessoas realmente leem esses termos, então apresentar um resumo rápido junto a ele pode ser uma boa ideia para evitar qualquer tipo de aborrecimento posterior.

Aposte em tecnologias de coleta, armazenamento e compartilhamento de dados

Dentro da empresa, muitas informações relevantes podem se perder facilmente, enquanto outras podem até mesmo ser coletadas e armazenadas, mas ser de difícil acesso para os interessados.

Buscar por tecnologias que auxiliem a realizar o compartilhamento de forma compartimentada desses dados pode ser uma forma de gerar transparência sem exceder limites de confidencialidade.

Escolha os dados certos

Além de manter a transparência, outro ponto deve ser explorado: a escolha por informações relevantes. Com a alta geração de dados, é preciso escolher apenas aquilo que realmente gera valor para ser armazenado, uma vez que o hardware é limitado e gera custos.

Para isso, pode-se realizar um levantamento com cada parte interessada. Por exemplo, os dados de consumidores são de interesse direto do setor de marketing e vendas. Com isso, eles podem auxiliar na escolha das informações mais relevantes.

A transparência de dados não é apenas uma demanda da era da transformação digital, ela é uma exigência, uma vez que os consumidores estão cada vez mais preocupados com a sua privacidade no mundo virtual.

Para continuar aprendendo, confira agora mesmo o papel do Big Data na transformação digital. Boa Leitura!