Vaga aberta: o impacto das novas tecnologias no mercado de trabalho

Entenda o o impacto das novas tecnologias no mercado de trabalho e como se adaptar a elas

Estamos vivendo na era da informação e a transformação digital pode estar em todo o canto. Podemos assistir em primeira mão uma nova revolução industrial que está alterando a forma como se produz e novas tecnologias que vão transformar o mercado de trabalho.

Durante muito tempo, a automação era vista com olhos de desconfiança por boa parte dos trabalhadores, afinal, ser substituído por máquinas já era algo previsto pelo cinema há algum tempo.

As novas tecnologias chegaram para ficar e uma coisa é certa: os trabalhadores dessa nova era terão de se adaptar aos moldes de um novo mercado de trabalho, onde a transformação digital tem um papel essencial. Entenda todas essas mudanças a seguir!

O fim de postos e o surgimento de novos

A automação é a principal responsável pelo aumento de produção dentro das empresas. É possível hoje melhorar a eficiência de uma série de processos por meio do uso de robôs ou sistemas tecnológicos.

Com isso, o número de postos de trabalho dentro de fábricas ou empresas tem como tendência a sua diminuição e em alguns casos, até mesmo a extinção de algumas profissões.

Como um grande exemplo de automação industrial, temos uma fábrica da BMW em Leipzig, na qual o modelo elétrico da fabricante, o i3, é produzido sem nenhum tipo de interação humana, ou seja, de modo totalmente automatizado.

A extinção e diminuição de cargos e postos de trabalho é uma realidade, consequência da automação, no entanto, a criação de novas vagas e profissões também existe.

No exemplo acima, a fábrica conta com um sistema complexo de softwares e máquinas que trabalham para a produção de automóveis. No local, existem profissionais especializados na manutenção de toda essa infraestrutura, garantindo o seu funcionamento.

Impactos econômicos no mercado de trabalho

Uma das grandes preocupações dos governantes é a não absorção desses trabalhadores que perderam seus postos de trabalho pelo mercado. Com isso, muitos governos prejudicam a adoção de novas tecnologias por parte das empresas ao conceder benefícios fiscais para a manutenção de empregos.

No entanto, estamos observando algo muito diferente na prática. A era da informação e a transformação digital também é responsável pela criação de uma gama de novas oportunidades de trabalho dentro de empresas surgidas graças à internet.

Esses novos postos exigem uma formação específica, garantindo assim, salários mais atraentes e maior poder de compra aos trabalhadores que podem contar com uma grande massa de novas oportunidades.

É claro que existe uma preocupação iminente em relação à perda de empregos devido à aplicação das novas tecnologias nas empresas. Contudo, para verificar como a força de trabalho é adaptável basta que seja recordada como as relações econômicas já mudaram ao longo do tempo.

Há muito tempo atrás, boa parte dos trabalhadores eram rurais, até que a revolução industrial recrutou boa parte dessas pessoas, que passaram a viver nas cidades e abandonando o campo.

A solução para o setor agrícola foi a tecnologia, que manteve a produção para alimentar as cidades e seus trabalhadores. Hoje, a grande massa terá de se adaptar mais uma vez, migrando de empregos tradicionais para as oportunidades digitais.

Procurar um emprego também mudou

A relação de empregadores e colaboradores também sofre um grande impacto devido à transformação digital. Hoje, buscar por uma posição no mercado de trabalho é muito diferente que há alguns anos atrás.

Graças as novas tecnologias e a popularização da internet, é possível buscar por um emprego em qualquer lugar do mundo sem sair de sua casa. Aquele modelo tradicional de sentar em uma sala de paredes brancas com uma mesa e ser sabatinado por dois ou três recrutadores não existe mais no mundo digital.

Hoje é possível encontrar vagas em diversos sites de oferta de empregos, preparar um currículo online e aplicar para o trabalho, tudo via internet. As entrevistas também mudaram e é possível participar de vídeo-conferências com os empregadores por meio de softwares. Facilitando o processo seletivo.

Leia também: O futuro da busca por vagas de emprego

Outra grande mudança na relação de emprego é o surgimento de diversas vagas baseadas em home-office, nas quais pode-se trabalhar em casa, sem nunca pôr os pés dentro da empresa.

Com o surgimento de diversas Startups, sem recursos para uma infraestrutura fixa, o modelo de home-office tem sido uma saída cada vez mais utilizada, pois reduz custos e melhora a produtividade das equipes.

Leia também: Como implementar uma cultura de trabalho remoto na sua empresa

Previsões para um futuro próximo

O próximo salto da automação de processo de produção e operacionais dentro das empresas é a aplicação de inteligência artificial. Ainda não alcançamos os robôs superinteligentes retratados nas telas de cinema, mas as novas tecnologias estão chegando cada vez mais perto.

Com essa nova realidade, espera-se um impacto ainda maior nas relações de trabalho tradicionais, com a perda de muito mais postos. Porém, assim como o que já está ocorrendo, outras oportunidades devem surgir para trabalhadores que buscam se qualificar para esse novo mercado.

Segundo uma pesquisa da Glassdoor, site de empregos norte-americano, existem cerca de 260.000 vagas não preenchidas apenas nos Estados Unidos para empregos na área de TI. Entre os profissionais mais procurados estão:

  • business intelligence analisty ─ implanta e utilizar sistemas de Business Intelligence dentro das empresas;
  • cientista de dados ─ analisa e verifica conjuntos de dados existentes na organização buscando entender padrões;
  • programador de banco de dados ─ realiza a programação de funções específicas dentro dos bancos de dados para melhor armazenamento de informações;
  • técnico de suporte ─ realiza o atendimento de clientes e suporte acerca de sistemas informáticos;
  • administrador de rede ─ mantém em funcionamento as redes internas de uma organização prezando pela segurança das informações;
  • administrador de segurança de dados ─ mantem à salvo de ameaças as informações críticas e sigilosas das organizações evitando ataques e vazamentos.

Estamos vivendo um período de mudanças impostas pelas novas tecnologias no mercado de trabalho. Nessa nova realidade é preciso que governo, trabalhadores e organizações se adaptem para que assim como postos são extintos, novos possam surgir para absorver a força de trabalho existente.

Quer se aprofundar no assunto? Confira os resultados da pesquisa  O Futuro do Trabalho, que busca entender a visão dos profissionais brasileiros quanto a esta nova era do mercado!

CEO na Rits Tecnologia

Bacharel em Ciências da Computação pela UFRN e MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Startup Builder. Founder da Rits Tecnologia, Mobister, SignUp e GO Delivery, com mais de 12 anos de experiência em projetos de TI.