Um dos maiores desafios enfrentados pelo poder público é a comunicação com os cidadãos, o que não é novidade para ninguém. Por isso, um novo conceito de governo eletrônico, o mgov, se estende às plataformas de comunicação móvel.

Ainda que existam canais específicos de contato, são muitos os entraves que dificultam a chegada da mensagem correta a todos da maneira como deve chegar. Especialmente àquelas pessoas que têm restrições de acesso à tecnologia.

Mas, afinal, o que é mgov e como ele funciona? Quais são as principais vantagens e desvantagens desta solução tanto para o governo quanto para o cidadão? As respostas para essas perguntas você encontrará aqui, neste artigo.

O que é “governo móvel” ou “mgov”?

O “mgov” abrange os serviços prestados pelo governo em prol do cidadão, oferecidos por meio de smartphones e tablets. Também é conhecido pelo acesso às informações disponibilizado via dispositivos móveis.

Como o mgov funciona?

O governo móvel aproveita as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) com o objetivo que os cidadãos interajam com as diversas instituições da administração pública.

Dessa forma, podemos contar, por exemplo, com um portal ou uma plataforma onde o usuário se autentica e passa a ter acesso móvel a serviços providos pelas agências governamentais de maneira integrada.

Assim, quem acessa o sistema tem a possibilidade de emitir requerimentos e, até mesmo, de acompanhar o andamento de suas solicitações.

Quais são as vantagens e desvantagens do mgov para o governo e para o cidadão?

De maneira geral, as plataformas digitais facilitam aos governos a prestação de serviços aos seus usuários.

Vantagens para o governo

A utilização de tecnologia móvel propicia um aumento significativo da qualidade dos serviços oferecidos pelo governo, com inclusão cidadã.

Alcance mais amplo

A ampla presença de mobilidade permite que o estado se aproxime de grupos que antes eram de difícil alcance, como as pessoas com deficiência, os idosos e cidadãos que vivem em áreas remotas.

Mobilidade e onipresença

O usuário tem a chance de acessar os serviços públicos em qualquer lugar e a hora que quiser através de dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Dessa forma, além de ser parte ativa na vida do cidadão, o governo agora tem a oportunidade de atender as necessidades de uma sociedade cada vez mais digital.

Reforço da democracia

Com o mgov, é mais fácil para o governo conhecer as opiniões e demandas da população. Assim, além de melhorar a transparência, aumenta também a sua responsabilidade. Isso viabiliza mais participação do cidadão nas tomadas de decisão e no desenvolvimento de políticas públicas.

Vantagens para o cidadão

Ainda que o mgov já esteja se tornando uma realidade, os cidadãos continuam insatisfeitos com a qualidade dos serviços públicos e os motivos são sempre os mesmos: excesso de burocracia, sistemas fora do ar, incontáveis horas em filas de atendimento, entre outros contratempos que todos vivenciam diariamente.

Nesse contexto, a operação móvel ganha cada vez mais relevância, uma vez que ela resolve grande parte desses problemas.

Desvantagens para o governo

No Brasil, cerca de 90% da população tem celular, porém, aproximadamente a metade não acessa a internet. Portanto, a solução não deve passar apenas pela criação de aplicativos, mas sim apostar no SMS, uma tecnologia tradicional.

Desvantagens para o cidadão

O empenho de órgãos públicos para oferecer serviços digitais parece não acompanhar a privacidade dos usuários com a devida atenção, o que compromete a segurança dos dados.

De acordo com um estudo do centro de pesquisa InternetLab, nenhum deles solicita consentimento expresso para uso das informações e metade sequer apresenta política de privacidade.

No Brasil temos case de mgov?

Em nosso país, um case de estado que utiliza mgov é Alagoas, que presta serviços móveis do tipo:

  • consulta ao banco de dados do DETRAN — o usuário acessa informações do veículo com a inserção da placa do carro;
  • consultas à CNH com a digitação do CPF;
  • segurança cidadã, em que o usuário se informa, por exemplo, se o carro consultado é roubado.

O setor público enxerga cada vez mais o valor de contar com soluções móveis de alto desempenho, como o mgov, para melhorar a relação com a população e aumentar o sucesso das políticas públicas. Dessa forma, o governo que ainda não se atentou para isso está perdendo receita (gerada por você, cidadão. Vale lembrar!).

Para continuar entendendo esse cenário, entenda a transformação digital no governo e órgãos públicos!

setor-publicoSetor Público
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Gestão Cultura da adaptação: uma gestão voltada à Transformação Digital
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transformação Digital Planejamento estratégico para 2019: transformação digital em foco
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]