O que é IoT (Internet das Coisas)? Futuro ou Presente?

Entenda o que é IoT (internet das coisa) e como essa tecnologia está apenas começando a inovar

A Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT) é um conceito que dispõe que a maioria dos dispositivos que utilizamos diariamente está conectada entre si e pela Internet.

Há uma revolução no momento que envolve a conexão de nossos mundos físicos e digitais.

O crescimento da Internet das Coisas e da transformação digital está mudando drasticamente a maneira como os consumidores interagem com seus carros, casas e eletrodomésticos, mas também tem importantes implicações para a indústria. Confira!

Como aconteceu o surgimento da Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT)?

A ideia real de dispositivos conectados remonta aos anos 70. Naquela época, a ideia costumava ser chamada de “internet embutida” ou “computação generalizada”. Mas o atual termo “Internet das Coisas” foi cunhado por Kevin Ashton, em 1999, durante seu trabalho na Procter & Gamble.

Ashton, que estava trabalhando na otimização da cadeia de suprimentos, queria atrair a atenção da alta administração para uma nova e excitante tecnologia chamada RFID (do inglês “Radio-Frequency Identification”), que é um método de identificação automática por meio de sinais de rádio, que recupera e armazena dados obtidos com dispositivos chamados de etiquetas RFID.

Como a Internet foi a tendência mais nova em 1999 e porque, de alguma forma, fazia sentido, ele chamou sua apresentação “Internet das Coisas”.

No entanto, foi somente em 2010 que o conceito começou a ganhar popularidade, quando vazou uma informação de que o serviço StreetView, da Google, não só criou fotos de 360 ​​graus, mas também armazenou toneladas de dados das redes wi-fi das pessoas.

No mesmo ano, o governo chinês anunciou que tornaria a Internet das Coisas uma prioridade estratégica em seu plano quinquenal. E, a partir daí, o termo ganhou consciência de mercado até hoje.

Quais as principais aplicações para as empresas?

A Internet das Coisas é o novo impulso no setor industrial e está capacitando a engenharia industrial com sensores, softwares e análise de dados para criar máquinas brilhantes.

A filosofia de condução por trás da IoT é que a transformação digital, com as máquinas inteligentes, é mais precisa e consistente do que os humanos na comunicação por meio de dados, e esses dados podem ajudar as empresas a detectarem ineficiências e problemas mais cedo.

Confira alguns exemplos de aplicações de IoT nas indústrias!

Fabricação

Estima-se que a fabricação seja a maior indústria a partir de uma perspectiva da IoT e supere todos os outros investimentos em casos de uso de IoT em todas as indústrias, incluindo o consumidor.

Dois casos de uso de IoT, que são importantes na fabricação, a partir de uma perspectiva de despesa em cima das operações, são o gerenciamento de ativos de produção e a manutenção e o serviço de campo.

Leia também: Indústria 4.0: A Quarta Revolução Industrial

Logística

O transporte representa o segundo maior mercado a partir de uma perspectiva de gastos da Internet de Coisas. As empresas de transporte e logística estão buscando expandir a cadeia de valor com sistemas avançados de comunicação e monitoramento.

Os principais usos no transporte são segurança de TI, sistemas de comunicação, sistemas de monitoramento da cadeia de suprimentos e rastreamento de veículos.

Leia também: Internet das coisas na logística: fique por dentro das mudanças!

Energia e utilidades

O petróleo e o gás, a rede inteligente e muitas outras evoluções e casos de uso no mercado de energia e serviços públicos também são uma parte importante do mercado da Internet das Coisas.

Ela desempenha um papel fundamental na oferta e na transmissão da rede, como a eficácia da planta, a manutenção e as oportunidades de dados.

Dependendo do corpo da indústria, o contexto mais amplo de IoT também é frequentemente usado para casos de aplicação em áreas, como agricultura, cidades inteligentes e assim por diante.

Como a IOT é aplicável para as pessoas?

Os exemplos de Internet de Coisas se estendem de lares conectados inteligentes para cuidados de saúde. Na verdade, a IoT está se tornando cada vez mais parte de todos os aspectos de nossas vidas.

Não só as aplicações da Internet das Coisas melhoram o nosso conforto, mas também nos dão mais controle para simplificar as funções da vida profissional e as tarefas pessoais.

Leia também: Como a Internet das Coisas (IoT) vai mudar nossas vidas?

Confira alguns exemplos de aplicações de IoT na vida cotidiana. Continue a leitura!

Eletrodomésticos

A quebra de eletrodomésticos pode prejudicar sua vida. Esses equipamentos geralmente são muito caros para jogar fora e difíceis de consertar por conta própria. A IoT ajudará o técnico a descobrir o problema real ao diagnosticá-lo remotamente, mesmo antes de receber uma chamada de serviço.

O técnico pode, até mesmo, prever se algum componente está quebrado ou prestes a quebrar com a ajuda de sensores da IoT.

Esses dados também podem ajudar na fabricação de melhores produtos que são eficientes e exigem menos manutenção.

Carros

Um ajuste de controle climático mais esperto e a suspensão ativa do ar parece que são as primeiras coisas que acreditamos que serão tocadas pela IoT nos veículos. Umas das mais esperadas aplicações da IoT nos carros são o rastreamento de energia e o uso de combustível para maximizar a eficiência.

Os sensores IoT, na aplicação automotiva, ajudarão os técnicos a identificar o problema exato mesmo sem olhar sob o capô.

O monitoramento da distância percorrida em seus pneus, o recebimento de notificações quando a manutenção for necessária e o seguimento do carro em todos os momentos com GPS inteligente são outras aplicações esperadas com a IoT.

Confira abaixo o vídeo do “carro conectado” e alguns dados interessantes:

Segurança

A capacidade de controlar remotamente quem entra em casa, na garagem ou no carro, pode ser muito conveniente. Conceder, aos membros da sua família, técnicos de babá ou convidados, o acesso aos seus bloqueios pode poupar muito tempo e uma visita rápida a casa. Isso resultará em fechaduras não só mais convenientes, mas também mais seguras.

Leia também: Gate: você vai querer ter esta fechadura inteligente na sua casa

Saúde

Quando os dispositivos e os aparelhos quebram é uma coisa, mas, quando a nossa própria saúde diminui, é totalmente diferente. Uma das aplicações que mudariam a vida, com a Internet das Coisas, seria o monitoramento de vários aspectos da saúde.

E, quando dizemos isso, não se trata apenas de rastreadores de atividades. Trata-se de aspectos específicos da sua saúde, como a pressão sanguínea, a frequência cardíaca, os níveis de glicose e a saturação de oxigênio.

Esse nível de monitoramento levará a uma melhor qualidade de vida para nós num futuro muito próximo.

Quais empresas estão investindo em IoT?

Confira exemplos de empresas que estão investindo em Internet das Coisas!

Diageo

A empresa Britânica de bebidas, Diageo, é proprietária de inúmeras marcas mundialmente famosas e está fazendo o whisky Johnnie Walker Blue Label ‘inteligente’. A adição de tecnologia conectada à cada garrafa oferecerá ao consumidor uma experiência interativa.

Cada garrafa terá a tecnologia para detectar se foi aberta e enviar mensagens por meio dos seus rótulos, interagindo com um smartphone.

John Deere

A fabricante de equipamentos para indústrias agrícolas e de construção, John Deere, está usando a IoT para monitorar o nível de umidade no solo, a fim de ajudar os fazendeiros a tomar decisões de irrigação em tempo.

Os dados obtidos ajudarão os agricultores a obter melhores rendimentos e, essencialmente, dirão quando o solo está no seu melhor estado ou quando é necessária irrigação.

Isso deve resultar em custos de funcionamento reduzidos e no aumento da produção.

Disney World

Os visitantes da Disney World podem fazer check-in no parque, comprar comida e ganhar passes rápidos em passeios com a ‘MagicBand‘, uma pulseira wearable, contendo tags RFID.

A Disney pode, então, usar esses dados para acompanhar o movimento dos visitantes pelo parque e determinar quais áreas, passeios e atrações são os mais populares e precisam de mais atenção.

Ainda estamos nos estágios iniciais do que se tornará um mundo altamente conectado. Nos próximos anos, a IoT ficará completamento diferente do que é hoje. Novos modelos de negócios, abordagens e soluções podem surgir do nada e superar os operadores históricos, com uma ampla gama de desafios.

Confira aqui o slideshare do IoT Stream Conference onde fala sobre o passado, presente e futuro da Internet das Coisas.

Siga-nos nas redes sociais para não perder nenhuma novidade: Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube. Aproveite e deixe seu comentário sobre o artigo que você acabou de ler!

SEO Manager no Portal Transformação Digital

Profissional de SEO (Search Engine Optimisation) há mais de 6 anos, head de SEO do Portal TD e fundador do Instagram @trechosdelivro com mais de 3,3 milhões de seguidores, além disso é entusiasta da tecnologia, marketing, startups, machine learning, AI e gosta de desmitificar as coisas. Dica: quem não se atualizar na nova era digital, vai acabar ficando pra trás.