HRTechs e a nova era do RH na Indústria 4.0

Entenda o que são as HRTechs e como esse mercado startups de tecnologia em RH vem crescendo no Brasil e no mundo

Você já ouviu falar em HRTechs? Ainda não? Pois bem, a Indústria 4.0 e a própria transformação digital já afetaram setores como o financeiro, sendo responsáveis pela criação das Fintechs e também a área de advocacia com as Lawtechs. Agora é hora dos RHs!

O departamento de Recursos Humanos é extremamente sensível dentro de uma empresa e, além de realizar boas contratações, é preciso que também retenha talentos dentro do negócio. Com tais processos-chave em suas mãos, é natural que novas tecnologias e ferramentas surjam para melhorar o desempenho desse setor e alcançar melhores resultados em suas atividades diárias.

Agora, precisamos entender com as HRTechs estão evoluindo este cenário:

O que são as HRTechs

AS HRTechs — de Human Resources Technology — são startups voltadas a resolver, por meio da aplicação de recursos tecnológicos, os desafios atuais enfrentados pelos setores de RH dentro das empresas.

Muitos setores das empresas estavam se beneficiando da transformação digital e o uso de novas tecnologias, mas os setores de recursos humanos ficaram em segundo plano. Contudo, alguns profissionais perceberam a necessidade de melhorar a rotina desse departamento com a aplicação de soluções inteligentes que pudessem auxiliar o funcionamento da área.

Todos em uma empresa são afetados: aqueles que procuram os serviços do RH de forma interna para resolver qualquer situação, quem participa de seleções e o profissional do RH, que fica sobrecarregado.

Além disso, boa parte da rotatividade dentro da empresa, o chamado turnover, pode ser atribuído ao resultado de contratações equivocadas, ou seja, pessoas sem perfil para trabalhar na empresa.

Observando esses desafios, alguns visionários começaram a criar startups voltadas ao desenvolvimento específico de soluções tecnológicas para RHs, as HRTechs.

Como estão mudando o setor de RH

O setor de Recursos Humanos sempre foi regido por regras bem definidas e se utilizou de processos engessados e burocráticos para alcançar seus objetivos, seja a contratação de novos funcionários, assim como a retenção dos já alocados na empresa.

Contudo, a aquisição de talentos de um negócio já não pode seguir um modelo linear. Para alcançar os melhores profissionais, é preciso realizar mudanças significativas nos processos de busca e seleção. Com essa visão, a saída são as soluções ofertadas pelas HRTechs.

A dificuldade de modelos de gestão de RH antigos para encontrar e reter talentos se deve ao fato de que as novas gerações, Y e Z, já chegaram ao mercado e como nativos da era da tecnologia não se adaptam aos processos utilizados atualmente. Essas novas gerações não buscam apenas por um bom salário ou posição, elas têm interesse em atuar em companhias que possibilitem uma melhor qualidade de vida e que demonstrem estar preparadas para o futuro.

Os candidatos estão em busca de processos de seleção ágeis, transparentes e inovadores, como os entregues pelas HRTechs, sem perda de tempo para obter uma resposta. O surgimento desse gargalo entre o modelo atual de seleção e gestão de recursos humanos e os atuais colaboradores e candidatos, é o que deu início ao surgimento das HRTechs e suas soluções e plataformas.

Elas estão atuando com suas soluções, principalmente, em processos de estágio e trainee em grandes companhias, utilizando-se de gamificaçãochatbots, testes interativos e outras ferramentas de avaliação. Essas soluções são de uso comum entre os mais jovens e com isso, são melhores aceitas entre os candidatos das gerações Y e Z, principal foco das empresas que buscam novos talentos para as suas fileiras.

O principal objetivo buscado pelas HRTechs é transformar um processo maçante em algo divertido, ágil e que, mesmo não tendo como resultado a contratação do candidato, possa auxiliá-lo em seu crescimento. As novas soluções para recursos humanos vão muito além de apenas receber e selecionar currículos, elas dialogam com o candidato, realizando uma avaliação completa e visualizando seu perfil e competências.

Quais tecnologias estão sendo utilizadas

O ponto de melhoria apresentado pelas HRTechs para o setor de recursos humanos nas empresas é focado em uma palavra: disrupção. Ou seja, trazer novas tecnologias que possam mudar totalmente os processos seletivos e a retenção de talentos dentro de uma companhia.

O objetivo é tornar todos os processos mais ágeis e interessantes, reduzindo custos no caminho. Para isso, muitas dessas startups de RH estão utilizando soluções como Big Data e inteligência artificial para alavancar seus resultados.

A automatização de diversas atividades dentro do processo seletivo gera insights e permite um melhor uso dos recursos do setor, minimizando o tempo gasto para realizar processos internos e agilizando a seleção de talentos.

Qual o atual mercado de HRTechs no Brasil

Hoje, no Brasil, ainda temos poucas startups voltadas para entregar soluções em RH: são apenas 17 companhias registradas nos dados divulgados pela ABStartup, a associação que representa as startups no país.

A taxa de desemprego no Brasil no primeiro trimestre de 2018, segundo o IBGE, foi de 13,7 milhões de pessoas. Isso ocorre ao mesmo tempo em que empresas mantêm vagas em aberto.

O papel das startups de tecnologias voltadas para recursos humanos é realizar a ligação entre esses dois pontos: conectar, de forma inteligente, talentos em busca de um emprego com empresas que busquem por esse colaborador.

Ou seja, é um grande mercado ainda inexplorado no país, sendo uma grande oportunidade para empreendedores investirem tempo e dinheiro para a construção de soluções para a área de RH.

Os cases nacionais

Para inspirar você, vamos listar algumas das startups pioneiras no setor de RH e quais são as suas soluções para os desafios enfrentados no setor. São elas.

Kenoby

Kenoby é um software que atua justamente no recrutamento de talentos, utilizando filtros inteligentes para que o RH possa analisar apenas os candidatos certos para a vaga, em vez de todos aqueles que se alistaram e, possivelmente, não tem fit com a empresa.

Revelo

Um marketplace, fundado em 2014, que tem como principal foco facilitar a busca e contratação de talentos para as empresas. Por meio de soluções de IA, poupa até 70% do tempo do RH em processos de seleção.

Pin People

Essa startup se utiliza de IA, people analytics e psicologia em suas análises na busca pelos melhores candidatos para uma vaga. Ainda realiza o mapeamento da cultura da empresa para buscar por perfis que possam se encaixar.

Esperamos que você possa ter entendido o que são as HRTechs e qual seu papel na transformação digital dentro dos departamentos de recursos humanos das empresas, sempre lembrando que a Transformação Digital é sobre pessoas, não apenas tecnologia!