Como trilhar a Transformação Digital para microempresas

Aprenda como fazer a Transformação Digital para microempresas

É comum e natural que o microempresário se questione sobre quais temas do mundo empresarial envolvem os pequenos negócios. No caso da inovação e da Transformação Digital para microempresas, a pergunta deveria mudar.

Não se trata de ser possível para elas aderirem à transformação, mas ser essencial que o façam. Na atualidade e cada vez mais daqui em diante, a competitividade de qualquer negócio depende da incorporação das mudanças em curso.

Por isso, a pergunta que vamos responder para você nesta postagem é sobre como uma empresa de menor porte deve trilhar os caminhos da transformação digital. Ainda estamos em um estágio inicial do ciclo de mudança. Em razão disso, o engajamento do seu negócio nessa tendência é uma oportunidade ímpar de aumentar o porte da empresa.

As vantagens das microempresas na Transformação Digital

Provavelmente você tem uma rotina cheia de compromissos e precisa ocupar-se com várias tarefas diferentes, mas, embora não disponha dos mesmos recursos de um grande empreendimento, o risco é proporcionalmente menor.

Por exemplo, talvez você sinta a necessidade de trocar seu sistema de gestão e está ciente de que a implantação pode trazer problemas. Ao mesmo tempo, tem confiança em que, se necessário, qualquer imprevisto pode ser resolvido manualmente ou ser revertido de uma forma relativamente simples.

Em uma grande empresa, um pequeno erro pode significar milhões de prejuízos, e a solução pode demandar uma ação extremamente complexa.

Esse é um motivo para se animar, considerando que existem dois fatores principais que influenciam a resistência à mudança: quando o beneficio não é suficientemente estimulante ou o risco é grande demais.

Agilidade e especialização

Além disso, seguindo o caminho certo, a agilidade e a incorporação de uma nova cultura são mais fáceis em uma empresa de menor porte. É por isso que qualquer mudança representa uma grande oportunidade de superar seus concorrentes, principalmente se puder focar em um nicho de mercado específico, no qual possa fazer diferença, oferecendo maior especialidade.

Isso não significa que todas as empresas menores superarão as gigantes do mercado em razão da transformação. Elas também têm suas vantagens. O que queremos enfatizar é que você tem seus pontos fortes e precisa aproveitá-los.

A incorporação de tecnologia na Transformação Digital para microempresas

Embora a adoção de tecnologia sozinha não signifique que seu negócio entrará em um processo de transformação, ela é essencial para gerar algumas condições necessárias para que ocorra.

Do ponto de vista da gestão, a tecnologia é uma ferramenta essencial para obter transparência e atualizações em tempo real sobre o que está acontecendo na empresa. Além disso, ela pode aumentar a produtividade e reduzir a falta de comunicação entre os colaboradores.

Se ainda não o fez, é hora de focar sua equipe naquilo que pode fazer diferença, diminuindo a carga de trabalho em tarefas mais operacionais, pois completar tarefas repetitivas e monótonas não é uma delas.

O cérebro humano é ótimo para analisar e resolver problemas complexos. Use sua equipe para completar tarefas de alto valor e deixar as repetitivas e padronizadas para softwares, na medida em que elas puderem ser automatizadas.

Mesmo com uma equipe pequena e recursos mais limitados, o seu negócio pode realizar grandes coisas e conseguir vantagem competitiva, aumentando a produtividade. Para tanto, como adiantamos no inicio deste tópico, não basta adotar os recursos tecnológicos — você precisa pensar neles de forma estratégica e com foco na experiência do cliente.

Um bom exemplo são algumas das ações necessárias para a gestão do seu ciclo de vendas. Alternativas, como os chatbots, estão cada vez mais acessíveis para pequenos negócios e já permitem uma boa experiência de uso.

A experiência do cliente como base da Transformação digital

Se você conseguir entender melhor a jornada de compra do seu cliente, vai ficar fácil determinar a solução que entregue a melhor experiência para ele.

Muitas empresas estão aprimorando a capacidade de análise para entender os clientes, com recursos disponíveis para pequenos negócios. Além disso, elas estão aprendendo a promover suas marcas de forma mais eficaz com o uso da mídia digital.

Aliás, o serviço ao cliente pode ser aprimorado significativamente por iniciativas digitais. Para que essa medida seja eficaz, é preciso compreender que, desde que possa contar com aplicativos e plataformas de atendimento intuitivos e funcionais, o consumidor está inclinado a preferir o autoatendimento e encanta-se com a aplicação inteligente da tecnologia.

Isso significa que, se você incorpora tendências de Transformação Digital de acordo com as prioridades e necessidades dos seus clientes, é possível ganhar vantagem competitiva no curto prazo. Contudo, deve tomar o cuidado de procurar focar no levantamento dos problemas do cliente e não nas soluções que ele imagina serem possíveis.

Isso porque nada garante que ele terá as competências e os conhecimentos necessários para inovar por você. Lembre-se de que, em décadas atrás, as pessoas estavam contentes com suas máquinas de escrever elétricas. Elas não sabiam que precisavam de computadores.

A definição cuidadosa de tarefas e metas

O interruptor digital não é mágico, mas uma jornada que pode levar anos para ser implementada completamente. Porém, você pode iniciá-lo fazendo três perguntas simples:

  1. Onde estamos atualmente?
  2. Aonde queremos chegar?
  3. Como é que vamos chegar lá?

Respondidas essas questões, o mais importante é avançar rapidamente e começar a aprender. Ainda assim, o resultado será muito superior se você determinar metas e prazos e acompanhá-los com bons indicadores.

Não estamos falando apenas dos relativos à sua área comercial, por exemplo, mas da própria Transformação Digital. Ela também precisa ser gerida.

O desenvolvimento de competências e o exercício da liderança

Como líder, torne-se pró-ativo, mantenha-se a par das tendências e procure compreendê-las em profundidade. Dizemos isso não só do ponto de vista técnico, mas sobre como elas inserem-se no contexto do seu negócio.

Além disso, é de extrema importância identificar as competências que você e sua equipe precisam desenvolver sobre: uso de ferramentas, gestão da inovação e da transformação digital.

Com base nas necessidades identificadas, invista em treinamento sob medida para o seu porte e segmento. Se puder evitar soluções genéricas que oferecem fórmulas padronizadas, você já estará dando um ótimo passo para diferenciar-se. Isso o ajudará a tomar decisões embasadas e a focar em ações estratégicas.

Liderar a equipe para promover a Transformação Digital para os envolvidos também é primordial para o sucesso de todas as pequenas empresas. Porém, como em qualquer decisão empresarial, a mudança precisa começar com os responsáveis.

O líder não pode apenas motivar com um bom discurso, ele precisa construir a confiança dos envolvidos na direção escolhida, o que se faz com conhecimento do processo e adesão aberta da inovação. Isso inclui a compreensão de que os erros fazem parte do processo de transformação, que só ocorre em um ambiente favorável para inovação.

Esperamos ter lhe ajudado a refletir sobre como a Transformação Digital deve ocorrer para microempresas. Certamente você conseguiu elaborar ideias e formular mentalmente alguns passos de sua jornada. Agora, deve organizar as tarefas e procedimentos necessários.

Para lhe ajudar nisso, separamos um material que lhe poupará grande parte desse trabalho, confira os estágios da Transformação Digital em uma empresa.