Você sabe o que é inovação tecnológica? Esse termo está associado com a criação e o desenvolvimento de novas soluções em produtos e processos com a aplicação de tecnologia.

O processo de inovação tecnológica é uma forma de avançar rumo à transformação digital, criando novas formas de buscar por resultados ao observar seus principais obstáculos sob uma ótica diferente.

Neste post, nós reunimos algumas das principais fases da inovação tecnológica para mostrar para você como alcançá-la em sua empresa, criando bases fortes para a transformação digital e a conquista de novos patamares no mercado.

A importância da inovação tecnológica

O conceito de inovação tecnológica não é fundamental para a existência de uma empresa. Podemos verificar isso quando pensamos que existem diversas companhias que não buscam por inovação, apenas acompanham o fluxo das tecnologias.

Contudo, ao buscar exemplos de grandes empresas que sempre estão na vanguarda, investindo pesado em seus setores de P&D (pesquisa e desenvolvimento), como a gigante Apple, por exemplo, vemos o resultado da inovação em seu valor de mercado.

O sucesso das startups, pequenas companhias muitas vezes ligadas à tecnologia da informação, vem quase que exclusivamente de sua capacidade de inovar ligada a uma nova visão de gestão.

Com isso podemos observar que não é necessário manter uma inovação para que a empresa possa atuar, porém inovar garante um lugar de destaque e um crescimento que não poderia ser alcançado de outra forma.

Os estágios da inovação tecnológica

Existem alguns estágios básicos que fazem parte do processo de inovação e se fazem necessários para que a empresa possa desenvolver novas soluções em seu ramo de atuação. São eles:

Pesquisa

O primeiro item, indispensável quando pensamos em inovação, é a pesquisa. Caso uma empresa busque estar à frente de seus concorrentes na busca por novas soluções, é preciso manter um setor especializado dentro da empresa com esse fim. É o chamado P&D.

Esse departamento é responsável direto por manter a empresa atualizada com todas as tecnologias e processos que são utilizados pelos maiores players do mercado, garantindo sua competitividade.

Por muitas vezes, é possível que a equipe de pesquisadores encontre oportunidades de melhoria durante seus estudos sobre o que é utilizado atualmente.

Com isso, novas pesquisas podem se iniciar e temos o princípio do surgimento de uma nova solução, que poderá ser composta por tecnologias já existentes, ou formada por algo totalmente novo.

Essas rotinas são vistas mais claramente em alguns ramos de atuação, como empresas farmacêuticas, indústria bélica, setor energético e um exemplo bem comum, empresas de tecnologia.

Desenvolvimento

A pesquisa descobre a oportunidade e orienta sobre as possíveis tecnologias que podem ser utilizadas para realizar a criação de uma solução. O próximo passo é o desenvolvimento.

Esse estágio é realizado por meio da criação de protótipos, ou seja, um modelo de teste baseado nas informações levantadas durante a pesquisa, que deverá ser utilizado de forma a identificar forças e fraquezas.

Nessa fase, poderão ser criados diversos protótipos, cada um deles visando corrigir determinados pontos observados durante os testes realizados com o anterior, até que se chega a um produto, serviço ou processo que atenda as expectativas.

Durante o desenvolvimento, podem ser utilizadas duas abordagens muito interessantes com o intuito de melhorar os resultados dessa etapa. São elas:

  • scrum — framework ágil de gestão de projetos que minimiza a documentação e tem um foco centralizado em entregas incrementais e constantes;
  • design thinking — modelo de criação que leva em conta a experiência do usuário em contato com o produto, serviço ou processo.

Engenharia

Ao finalizar o protótipo e chegar a um determinado resultado satisfatório, é preciso iniciar a fase de engenharia, na qual será definido como se dará sua produção ou distribuição.

O protótipo é construído sem levar em conta a escalabilidade necessária para tornar um determinado produto, serviço ou processo comercializável. Essa fase deve buscar exatamente isso — a produção em massa para atender a demanda de um mercado.

Para isso, devem-se realizar pesquisas completas acerca de como produzir, materiais a serem utilizados, fornecedores existentes, mão de obra necessária e outros diversos pontos necessários para a produção e distribuição do protótipo.

Fabricação

Esse é um ponto crítico de todo o processo. No início da fabricação de algo novo, mesmo que tenham ocorrido pesquisas de mercado, ainda não se sabe a real aceitação por parte dos clientes.

Por conta disso, o tamanho do lançamento, os números de produção, a distribuição inicial e outros números devem ser muito bem planejados para evitar desperdícios ou perdas com o novo produto, serviço ou processo.

Marketing

Ponto essencial para o sucesso de qualquer lançamento, o marketing de uma inovação deve demandar muito mais atenção do que de um item que já está inserido no mercado há mais tempo.

Isso porque, como não é conhecido, o novo produto, serviço ou processo poderá levar mais tempo para chamar a atenção dos clientes, o que demanda campanhas direcionadas e mais bem construídas.

Melhoria contínua

Após o lançamento, é preciso manter um monitoramento constante para verificar os feedbacks dos clientes em relação ao novo produto, serviço ou processo, identificando pontos de melhoria e fraquezas.

Esses levantamentos podem ser utilizados para criar novos modelos que atendam às necessidades encontradas nos feedbacks, conquistando mais mercado e continuando a inovação e evolução.

A inovação tecnológica e a transformação digital

É praticamente impossível falar sobre transformação digital sem citar a inovação tecnológica, uma vez que a ligação entre os dois termos se faz de forma natural. O conceito de TD é um processo pelo qual as organizações buscam maior competitividade por meio da implantação de novas tecnologias.

Uma das maneiras de se alcançar a transformação digital em uma empresa é aplicando a inovação tecnológica em seus produtos, serviços e processos, buscando por aumento de resultados, melhoria de desempenho e maior alcance.

Por conta disso, buscar a inovação tecnológica é uma das principais características das novas empresas, que utilizam a transformação digital como motor de crescimento e desenvolvimento.

Para ir além, confira este artigo este artigo sobre as principais tendências tecnológicas para o futuro!

Esdras Moreira

CEO na Introduce Formado em Redes de Computadores, com especializações em Gestão de Pessoas, Coaching e MBA em Marketing. É co-founder da introduceti.com.br, que conduz o crescimento dos negócios através de estratégias e tecnologias. Além disso é investidor no projeto Globin.it, Middas e Grupo 3Minds.

tecnologiaTecnologia
Marketing Marketing 4.0: não há espaço para o tradicional na era digital
Marketing Nearby Connections: o jeito Google de fazer Marketing de Proximidade
ABOUT THE SPONSORS
Introduce

Arquitetamos estruturas e soluções de redes de computadores que garantem a maior disponibilidade dos serviços de TI e aumentam a proteção da empresa, a confidencialidade de negócios e a produtividade das equipes.