Atender as expectativas da audiência em eventos é algo difícil, porém a pandemia de Covid-19 trouxe uma série de necessidades de mudança nas mais diferentes áreas, o que tornou todo o processo de criação de um evento algo ainda mais desafiador. 

A readaptação das dinâmicas fez com que os eventos passassem para o ambiente online, como uma forma de viabilizá-los. Contudo, tem sido um período de experimentos, já que não se esperava esse tipo de necessidade de mudança. Com isso, atender às expectativas da audiência em eventos torna-se fundamental para garantir maior sucesso para eles.

Vamos mostrar a seguir uma checklist que você pode preparar para conseguir orientar suas ações e obter melhores resultados. Continue lendo e saiba mais.

Identifique suas personas para atender às expectativas da audiência 

Em primeiro lugar: para quem você está falando? Quem é a sua audiência? Cada público tem uma demanda e, consequentemente, uma expectativa sobre os eventos online e, portanto, saber direcionar as ações de acordo com o que eles precisam e buscam com aquela ação.

Por exemplo, um evento online focado para divulgação de produtos para gestores da indústria não tem o mesmo foco de um evento de lançamento de um novo serviço para o público B2C. Assim, é importante que você entenda essas diferenças e consiga, assim, direcionar os esforços para quem realmente vai acompanhar o evento.

Assim, dedique-se a esse estudo minucioso da sua persona, analisando questões importantes tais como:

  • quem é a sua audiência? De onde essas pessoas vêm? Eles fazem parte de qual mercado?
  • O que mudou na vida dessas pessoas após o início da pandemia e como isso afetou a percepção de mundo delas de forma individual e, ao mesmo tempo, da empresa também sobre as questões?
  • De que forma essas pessoas preferem se comunicar para os eventos online?
  • Quais são os seus objetivos com a participação da sua audiência nos eventos (engajamento, conversão, educação, constituição de autoridade, entre outros)?
  • Quais são os principais desafios e barreiras que podem acontecer e que podem impedir que esses objetivos sejam alcançados?

Por meio disso, você consegue entender de que forma o evento pode conduzir a surtir os efeitos desejados junto a seu público e, também, a resolver as dores e problemas deles, criando um evento que esteja mais alinhado com as perspectivas e expectativas deles.

Segmente seu público

Outro ponto que não pode estar fora da sua checklist é a segmentação do público. Essa é uma ação básica do marketing e auxilia a compor o mapeamento da persona, permitindo obter uma melhor compreensão de quem pretende atingir com seu evento. Alguns dos pontos que deve estar atento são:

  • demográfica: idade, etnia, gênero, educação, tipo de emprego, entre outros;
  • psicológica: valores, desejos, interesses, objetivos, escolhas de estilo de vida;
  • comportamental: como são suas últimas experiências com eventos e de que forma isso gerou sentimentos positivos e negativos neles, bem como os feedbacks gerados;
  • geográfica: cultura local e características sociais, climáticas e regionais de quem você está visando atingir.

Defina os objetivos e impulsione a mudança de comportamento

Identificou quem é seu público, suas demandas e quem deseja atingir? É o momento de começar a pensar com foco maior no evento em si. Um dos primeiros pontos é analisar quais são os objetivos que você visa atingir e como é possível traçar estratégias para esse fim. Muitas dessas questões estarão mais visíveis após os passos anteriores.

Para definir essas metas, uma forma é realizar um trabalho imaginativo: o evento terminou e você está analisando os resultados. O que você pretende encontrar nesse momento? Você pode pensar isso por meio de três óticas, como mostraremos a seguir.

O que é percebido

Algumas questões que você pode pensar são:

  • O que ficou na mente da sua audiência sobre o seu negócio após a realização do evento?
  • Qual foi a percepção do público em relação às mensagens passadas durante o evento?
  • Qual foi a impressão que eles tiveram sobre o que foi apresentado?

O que é sabido

Algumas questões que você pode pensar são:

  • O que os participantes aprenderam com o evento? O que eles sabem agora que não sabiam antes?
  • Como você sabe o que eles aprenderam? Como você mensurou isso?
  • Como é possível mensurar como eles processam as informações?

O que é feito

Algumas questões que você pode pensar sobre isso são:

  • O que você deseja que a sua audiência faça a curto, médio e longo prazo após o evento?
  • o que essas ações dizem sobre a experiência com o evento?
  • Qual será a chamada para ação no evento?
  • Como você vai se inspirar, com o evento, que eles façam essas ações?

Ao combinar essas questões, você conseguirá ter uma melhor percepção para definir quais são as ações que promovam a mudança de comportamento por meio do evento. Assim, é possível pensar em questões essenciais, tais como:

  • ações de divulgação para atrair o seu público, pensando no objetivo proposto;
  • escolher quem serão os palestrantes, patrocinadores ou atrações do evento, que dialogará com o seu público e com os objetivos;
  • pensar em formas de gerar interação e engajamento, bem como convidar o público a oferecer informações que você precisa saber, para criar estratégias mais inteligentes e superar a expectativa da audiência em eventos online;
  • analisar quais ferramentas são mais indicadas para realizar o evento de acordo com o perfil do público e com os objetivos propostos, bem como optar por aquela que melhor funcione para essas questões.

Por meio dessas ações, você consegue ter uma abordagem acertada para produzir essas ações e, assim, superar a expectativa da audiência em eventos online, conquistando sua atenção e garantindo maior sucesso nas ações. Portanto, tenha esse checklist em mãos e siga-o ao planejar essas questões.

Lembre-se que os eventos online vieram para ficar e farão parte do “novo normal”, mesmo ao fim desse período delicado da pandemia. Portanto, não deixe de considerar essa possibilidade em suas estratégias. Essa é uma das grandes tendências para eventos em 2021 e quando trabalhada de forma adequada, pode ser muito bem-sucedida.

Quer mais dicas interessantes como essa? Então, siga nosso perfil no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe nossos conteúdos em seus feeds preferidos.

transformacao-digitalTransformação Digital
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos 20 perguntas que você precisa fazer sobre a estrutura do seu evento online
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]