Se você trabalha em uma clínica médica, com certeza já ouviu falar em softwares médicos. Porém, nossa dependência de sistemas instalados é cada vez menor. No lugar desses sistemas instalados surgiram os sistemas médicos em nuvem.

Mas o que são esses sistemas em nuvem?

Saiba como funcionam e as principais vantagens em seu uso acompanhando esse post:

O que é sistema médico em nuvem

Tecnicamente, um sistema médico em nuvem é aquele que não exige a instalação no seu computador. Ou seja, não exige espaço na memória da máquina. Além disso, você pode armazenar uma quantidade muito grande de informações e acessá-las com uma conexão na internet.

“Mas onde as informações ficam salvas”? É nesse ponto que entra a “nuvem”. Todas as informações que você insere neste sistema ficam salvas na nuvem. A “nuvem” são diferentes servidores que trabalham arquivando essa informação e disponibilizando quando você requisitar – seja por um login e senha ou outra ação.

São utilizados diferentes servidores por motivos de segurança. Caso haja algum problema com um dos servidores, outro já estará de prontidão para atender suas necessidades e fornecer as informações que você precisa acessar.

Entender o conceito de “em nuvem” é mais fácil com exemplos do dia a dia, e a tendência é que eles estejam cada vez mais presentes na nossa rotina. Dois grandes exemplos de funcionamento em nuvem são o e-mail e a Netflix.

Para acessá-los, você só precisa acessar seu navegador, ou um aplicativo no celular, fornecer seu login e senha que os dados da sua conta e as suas informações guardadas neles estarão disponíveis. E o mesmo acontece em um sistema médico em nuvem.

Se você quiser saber mais, nós, da iClinic, produzimos um artigo bem completo sobre o assunto. Confira o artigo aqui.

Vantagens de um software médico online

Você já deve compreender que existem muitas vantagens ao se adotar um software para clínicas. E existem ainda mais vantagens ao se adotar um software em nuvem. Conheça algumas delas:

Segurança

O principal destaque para os sistemas em nuvem é a segurança. Para a área da saúde, a segurança é ainda mais crucial pois os dados envolvem todo o histórico dos pacientes.

Nesse quesito, os softwares para clínicas são exemplo. Existem normas elaboradas pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) para garantir a segurança dos dados, como backups diários. Além disso, como já citado, existe mais de um servidor que trabalha armazenando as suas informações.

O nível de segurança exigido é o mesmo que o utilizado para o internet banking.

Leia também: A importância do fator humano em uma estratégia de segurança

Atualizações constantes

Outra grande vantagem dos softwares online são as atualizações.

Um sistema instalado, por exemplo, é baseado em uma compra única. Toda vez que você tiver que atualizar o sistema, precisará adquirir uma nova versão.

Já para os sistemas médicos em nuvem, as atualizações e melhorias são constantes. E você pode contribuir para o produto ao mandar sugestões e responder pesquisas enviadas pela equipe de produto.

Acesso remoto

Por não exigirem instalação em um computador específico é possível acessar as informações de qualquer lugar.

Seja no celular, em diferentes computadores ou tablets, basta ter uma conexão à internet que é possível consultar a sua agenda, ou o prontuário de um paciente, por exemplo.

Benefícios do sistema médico em nuvem para os pacientes

As vantagens de se ter um sistema médico em nuvem vai além da otimização da gestão da clínica, mas afeta também o final do processo, o próprio paciente.

O software médico auxilia na qualidade do atendimento, pois com a possibilidade de visualizar o tempo de atendimento, o profissional consegue ver o tempo de cada consulta, e dessa forma reduzir os atrasos e as filas de espera nos consultórios.

Todos os dados do paciente, prontuário, exames, observações, estão concentrados em apenas um local. E como o profissional consegue compartilhar a ficha do paciente com outros profissionais de saúde, o paciente não precisa realizar novos exames sem necessidade.

Pelo fato do software médico estar na nuvem, os riscos de perda de informações são praticamente nulos. E o paciente tem a garantia que todos os seus dados apresentam sigilo absoluto, pois apenas o profissional de saúde tem acesso ao prontuário do paciente, e todos os dados são criptografados, ou seja, não é possível que terceiros tenham acesso às informações.

Além disso, com o software existe um ganho muito grande no relacionamento do profissional com o paciente, já que existe a possibilidade de envio de lembretes de consulta por SMS e e-mail, gerando redução de faltas dos pacientes e uma aproximação maior do paciente com o profissional.

Essas foram algumas das vantagens sobre o uso de sistemas em nuvem. O ganho na produtividade e a redução de custos com papel e impressão são tão claras que nem precisam mais ser ressaltadas.

Quer saber se é o momento certo para você adotar um software médico online, confira essa checklist.


Continue aprendendo

 

Felipe Lourenço

CEO na iClinic Felipe Lourenço é especialista em Informática e Gestão em Saúde pela Universidade de São Paulo (USP). É co-founder & CEO do iClinic, um software online de gestão que organiza as informações de clínicas e consultórios de maneira simples e intuitiva, tornando os processos mais inteligentes e produtivos.

saudeSaúde
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Tecnologia Para quem serve a geolocalização?
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Marketing O que é e como dar os primeiros passos em uma estratégia de Outbound
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]