Mensurar o sucesso do evento corporativo é crucial por diversos motivos. Enquanto esse é um dos canais mais eficientes para dialogar com o público, medir resultados é importante para garantir que o evento trouxe o resultado esperado. Além disso, é uma forma de recolher insights que podem ser usados em outros eventos, ou em diversas outras estratégias. Afinal, o comportamento do evento reflete o que interessa para o público fora dele. Um ótimo exemplo, é o NPS de eventos online.

Então, se você é um executivo que está se adaptando a esse novo mercado, não deixe de ler este post. Vamos apresentar 24 KPIs essenciais para você acompanhar.

Os 24 KPIs para mensurar sucesso do evento corporativo

Existem diversos KPIs de transformação digital, que podem ser divididos entre os mais variados assuntos. Temos os voltados para o retorno financeiro, para o engajamento do público e para a eficácia do evento em si. 

O mais importante, é evitar se focar em uma única métrica, mas sim escolher algumas que se complementam e que estejam bem alinhadas com a sua estratégia.

1. Total de registros efetivados

Uma das maneiras mais diretas de determinar o sucesso do evento. Esse KPI mede o número de pessoas que se registrou. Um ótimo número para conseguir patrocínio online, especialmente se for alto.

2. Total de check-in’s

Mostra o número de participantes que de fato apareceu e conferiu alguma parte do seu evento. Crucial para praticamente todo evento corporativo online

3. Fidelidade do público

É medido pelo número de participantes que já fez parte de outro evento. Mostra para os organizadores como é gerado valor contínuo.

4. Visitas

Mede a quantidade de visitas únicas em cada uma das atrações. Uma métrica simples, que ajuda a medir as que mais chamam atenção do público.

5. Duração das visitas

Mede quanto tempo o público passa com cada atração. Combinada com a anterior, você consegue saber bem as atrações mais chamativas e valiosas. Se uma tem muitas visitas e uma baixa duração, algo pode estar errado com o conteúdo.

6. Índice de rejeição

Mais uma métrica de atrações, ajuda a saber o número de visitas únicas de um participante, que visitou determinada atração uma única vez. Um índice alto, significa que essa atração não vale muito a pena.

7. Mapas de calor

Usa diferentes cores para medir como o público acessa a plataforma do evento. Não somente você sabe as atrações que mais engajaram, mas como engajaram. Ou seja, pode ser usada para fazer melhorias de UX.

8. Engajamento do palestrante via app

Mede o número de visualizações do perfil do palestrante no app. Assim, você tem informação mais precisa do que o seu público procura.

9. Engajamento do palestrante e do evento por enquete

As enquetes ao vivo ajudam a determinar o quanto o público está engajado em determinada palestra.

10. Gamificação

Os dados de gamificação, se você usa, ajudam a determinar o engajamento do público e o nível de interesse em seu conteúdo.

11. Menções nas mídias sociais

Menções diretas nas mídias sociais ajudam a determinar a popularidade geral do seu evento e também o engajamento do público.

12. Engajamento nas mídias sociais

O engajamento são as reações aos seus posts, como likes e compartilhamentos. Ajuda a medir como o evento está sendo recebido pelo público mais geral.

13. Membros ativos na comunidade

Mostra os participantes mais ativos e também quão ativo o público geral é.

14. Conexões

Determina quantas pessoas trocaram informações de contato durante o evento. É mais uma forma de medir o interesse do público.

15. Engajamento

Mede o número de materiais de marketing que foram coletados pelos participantes. É uma métrica crucial para melhorias em eventos futuros.

16. Insights advindos de apps

Se você usa um app no seu evento, ele naturalmente é repleto de métricas. Um exemplo, é que você descobre o número de participantes que baixou o app, o usou para marcar compromissos variados, para conversar com colegas e muito mais. É uma solução que evoluiu muito nos eventos online durante a pandemia.

17. Pesquisas de satisfação

São uma oportunidade de fazer perguntas diretas aos participantes e palestrantes. O ideal é fazer perguntas mais específicas, usando sim ou não, ou algum valor numérico, de modo que seja possível coletar e analisar esses dados.

18. Score de indicação (NPS)

Também conhecido como Net Promoter Score, é a pergunta de uma escala de 1 a 10 o quanto o participante recomenda esse evento. Ajuda a diferenciar os promotores dos detratores.

19. Leads qualificados

Uma métrica que afeta diretamente o número de vendas geradas e um dos maiores objetivos dos eventos online. Em suma, são os leads que estão prontos para serem trabalhados no funil de vendas.

20. Aquisição de clientes

É o número de participantes que viraram clientes a partir da participação no evento.

21. Pontuação geral

Uma métrica única que combina todas as métricas de modo a avaliar a performance geral do evento.

22. Receita bruta

Reflete o número de vendas feitas no evento e o quanto isso gerou de receita. Evidentemente, é uma das métricas mais importantes, pois mede a eficiência e satisfação dos clientes.

23. Taxa de eficiência

Uma variação do ROI, é a comparação entre os gastos com o evento e a receita gerada. Ela é crucial para saber se a iniciativa é lucrativa.

24. Engajamento na página do patrocinador

Essencial para reforçar o relacionamento com os patrocinadores no futuro. Essa métrica mostra para eles que o evento é eficiente em gerar engajamento. É uma medição simples das reações nas páginas dos patrocinadores, com likes, visualizações e compartilhamentos.

Todos esses indicadores são importantes para mensurar o sucesso do evento corporativo, mas precisam fazer sentido de acordo com o contexto e o objetivo do seu evento. Assim, você consegue recolher os dados mais relevantes, medindo o impacto de forma mais precisa e acertada.

Com eles, você tem muito mais embasamento para tomar decisões em relação aos próximos eventos, aumentando as suas chances de sucesso. Contudo, também é importante encontrar um equilíbrio no seu uso, sem se focar em apenas um único dado.

Gostou do post? Então, confira abaixo outros posts do nosso portal e descubra como ter ainda mais sucesso nos seus eventos online!

recursos-humanosRecursos Humanos
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Educação Eu na Facul: Evento online vai mostrar batalha de carreiras para futuros universitários
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos 5 Estratégias pós pandemia para produtores de eventos se reinventarem
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]