Reconhecimento de voz: os impactos dessa tecnologia nos negócios

Entenda como funciona a tecnologia de reconhecimento de voz e como ela pode impactar o futuro dos negócios

As novas tecnologias estão evoluindo cada vez mais rápido e, com isso, somos apresentados a avanços expressivos a cada salto tecnológico — como é o caso do reconhecimento de voz (em inglês, voice recognition). Mesmo que você, em um primeiro momento, possa não visualizar um lugar para essa tecnologia nos negócios, ele existe com muita força no cenário atual.

Quando falamos apenas o termo reconhecimento de voz, não nos damos conta de que já contamos com softwares que conseguem interpretar aquilo que estamos dizendo e responder adequadamente por meio da integração com soluções de IA e machine learning.

Entenda agora tudo sobre essa tecnologia e os reais impactos dela nos negócios durante a Transformação Digital:

O que é reconhecimento de voz?

Estamos passando por uma revolução dentro da própria transformação digital, com o advento do desenvolvimento de assistentes virtuais capazes de auxiliar os usuários em diversas de suas tarefas.

Mesmo que você (ainda) não utilize comandos de voz em seus dispositivos, segundo dados de uma estimativa criada pela ComScore, cerca de 50% das pesquisas até 2020 serão realizadas por voz.

Mas, afinal, do que se trata essa inovação? Bem, em resumo, a voice recognition é uma combinação de aplicações baseadas em Inteligência Artificial e Machine Learning. Podemos conceituar o reconhecimento de voz como um sistema ou máquina programado especialmente para receber estímulos por voz, interpretar a fala e executar os comandos recebidos.

Hoje, os principais players do mercado são a Siri, da Apple, a Cortana, da Microsoft e a Alexa da Amazon. Esses sistemas ainda não são totalmente autônomos e capazes de realizar todas as tarefas, mas já possuem várias funcionalidades interessantes.

Como funciona?

O funcionamento da tecnologia de reconhecimento de voz é simples: ele capta as ondas sonoras, realiza a comparação com um banco de dados e interpreta com base em algoritmos pré-programados.

É um processo relativamente simples quando olhamos de fora, certo? Contudo, desenvolver esses programas tem se mostrado um desafio aos pesquisadores, uma vez que a fala humana conta com diversas nuances e figuras de linguagem, como o sarcasmo, que deixa tudo muito mais difícil.

Hoje, os algoritmos desenvolvidos contam com modelagem acústica e linguística, sendo que a primeira é uma conexão entre unidades de fala e sinais de áudio e a segunda se trata de uma combinação de sons em sequência, classificando palavras semelhantes.

Infelizmente, o que impede que a tecnologia seja utilizada de forma massificada hoje é a falta de confiabilidade, visto que determinadas questões — como sotaque, acentos e pronúncias diferenciadas de palavras específicas — impedem o acerto de comando por parte da tecnologia.

Quais suas aplicações atuais e como impactam os negócios?

Mesmo que o desenvolvimento da tecnologia de reconhecimento de voz ainda não esteja totalmente finalizada, já existem diversas aplicações práticas que já podem ser utilizadas dentro do mundo dos negócios. Vamos listar algumas das principais:

Marketing digital

A busca competitiva pelos primeiros lugares das pesquisas do Google é um dos objetivos de vida de muitos profissionais de marketing. No entanto, é preciso lembrar da informação que falamos ali em cima: até 2020, metade das pesquisas serão realizadas por voz, o que muda totalmente o cenário de indexação de conteúdo.

Agora, os profissionais devem rever seus sites e plataformas com o objetivo de se adequar a essa realidade e garantir que continuarão sendo localizados na rede, independentemente do tipo de pesquisa realizada.

Essa é a abertura para que pequenas empresas, que ficam para trás nos resultados há muito tempo, possam tomar a dianteira no ranqueamento de resposta e atingir seu público-alvo de forma certeira.

Atendimento ao cliente

Já contamos com a tecnologia dos chatbots, robôs de atendimento ao cliente em formato de chat em sites e plataformas. Com a evolução dos assistentes virtuais e o reconhecimento de voz, também é possível criar chatbots que possam ter uma conversa ao telefone.

Dessa forma, uma empresa pode ter muito menos gastos ao montar um call center, uma vez que serão necessários muito menos colaboradores e equipamentos (esses funcionários, no caso, só atendem casos em que a IA não foi capaz de resolver sozinha).

Além disso, o modelo de resposta ainda um pouco travado dos sistemas de reconhecimento de voz tende a ser melhorado e, aos poucos, se tornar cada vez mais natural, trazendo ao cliente a imagem de estar sendo atendido por um humano.

Integração com aplicações de negócios

O dia a dia de um escritório é tomado de responsabilidades e desafios e, por isso, o número de tarefas sobre um colaborador pode ser gigante. Sendo assim, as assistentes virtuais como Cortana, Siri e Alexa podem ser uma ótima forma de agilizar o trabalho.

Mesmo que as suas atribuições ainda não sejam totais, todas as IAs descritas acima podem ser acionadas por voz para diversas tarefas, como leitura de relatórios, agendamento de reuniões, realização de ligações e definição de lembretes.

Tudo isso pode acontecer sem que o colaborador tenha de se levantar de seu local de trabalho ou desviar sua atenção de qualquer outra atividade que esteja desenvolvendo, aumentando a sua produtividade.

Busca de dados

Outra aplicação muito comum é a realização de pesquisas de forma simples e fácil, sem a necessidade de botões ou telas. O hardware apresentado pela Alexa, da Amazon, é uma ótima demonstração de como isso é possível.

Ela conta apenas com uma caixa pequena simples, munida de um alto-falante e um microfone, mas é capaz de interpretar as perguntas de seus usuários e apresentar as repostas também de forma sonora.

Sendo assim, seria possível instalá-lo no ambiente de trabalho, permitindo que todos os colaboradores lhe façam questionamentos sempre que necessário, ou até mesmo em uma reunião no qual seja preciso recuperar dados.

A tecnologia de reconhecimento de voz ainda está se desenvolvendo e podemos esperar ainda muitas surpresas e novas aplicações para ela, se tornando cada vez mais fundamental em nossas vidas e nos negócios. No entanto, ela já representa um auxílio valoroso para uma série de tarefas, sendo capaz de transformar toda a cultura de uma organização.

Achou o voice recognition interessante? Então confira o que o futuro nos guarda no infográfico “A linha do tempo das tecnologias emergentes”!

CEO na Introduce

Formado em Redes de Computadores, com especializações em Gestão de Pessoas, Coaching e MBA em Marketing. É co-founder da introduceti.com.br, que conduz o crescimento dos negócios através de estratégias e tecnologias. Além disso é investidor no projeto Globin.it, Middas e Grupo 3Minds.