Você sabe o que é Martech stack? O conceito de levar tecnologia ao marketing tem sido muito utilizado nos últimos tempos e várias empresas estão investindo pesado para criar um ambiente tecnológico que garanta bons resultados.

Contudo, boa parte delas não está obtendo sucesso em sua empreitada, seja por falta de conhecimentos sobre marketing digital, seja pela falta de entendimento quanto as tecnologias necessárias para colocá-lo em prática

Neste artigo, buscamos orientar a construção do seu stack de soluções para extrair o máximo do que o Martech pode oferecer. Vamos lá?

O que é Martech stack?

O marketing e a tecnologia estão atrelados já faz algum tempo e não se pode negar que, para alcançar os clientes hoje, é preciso manter uma forte presença digital no mercado. Por se manter online e atender a todas as expectativas, essa necessidade faz com que as empresas invistam pesado em novas ferramentas — embora nem sempre elas obtenham o retorno desejado.

Martech é o conceito de aliar marketing e tecnologia e se refere a todos os recursos tecnológicos que compõem esse contexto. Porém, com a transformação digital a todo vapor e o surgimento de diversos players, temos uma infinidade de ferramentas no mercado.

Em um primeiro momento, as empresas investiam apenas em soluções individuais que acreditavam ser capazes de gerar valor para as suas ações, como um CRM (Customer Relationship Management) ou um gerenciador de e-mails.

Contudo, a velocidade de mudanças e a demanda por eficiência fez com que o uso de ferramentas isoladas, sem uma integração, não trouxesse resultados efetivos.

Podemos chamar de Martech stack o leque de soluções utilizadas pela sua empresa, de forma integrada, para alcançar os resultados desejados tanto para você quanto para seus clientes. Ou seja, é uma caixa de ferramentas digitais.

Esse leque de tecnologia pode ser muito variado e não prover de um único fornecedor de software. Na maioria dos casos, o stack é montado com soluções de várias desenvolvedoras. Entretanto, o desafio é fazer com que as ferramentas se integrem, compartilhando informações e criando um único caminho para mapear toda a jornada do cliente.

A princípio, pode até parecer algo simples: afinal, estamos falando apenas de ferramentas de marketing. Porém, em um cenário de alta competitividade, um stack bem montado faz toda a diferença para o sucesso de suas estratégias.

Qual sua importância e por que utilizá-lo?

A compra desenfreada de ferramentas de marketing que não se comunicam não teve a resposta esperada por boa parte das empresas. Em vez de melhorar os seus resultados, muitas delas tiveram um ROI negativo e atrasaram diversas etapas do processo.

Isso é simples de entender: ao sobrecarregar o setor com diversas soluções tecnológicas, o trabalho dos profissionais de marketing foi prejudicado, já que tiveram de se adaptar a várias ferramentas ao mesmo tempo, migrar informações e desenhar estratégias fragmentadas.

Além disso, boa parte dessas aquisições foram feitas sem nenhum tipo de planejamento. Ou seja, sua compra foi baseada no achismo e senso de urgência de entrada no mundo digital.

Montar um Martech stack baseado em um planejamento adequado às necessidades da empresa é o modelo ideal, pois permite pensar as ferramentas que farão parte da pilha e entender como se dará seu funcionamento em conjunto. Dessa forma, é possível mapear com antecedência quais resultados podem ser alcançados e como mensurá-los.

Com um stack bem montado, a empresa poderá esperar resultados positivos como a minimização dos custos, a melhoria de processos e a maximização em seu potencial de atração e retenção de clientes, o principal objetivo do Martech.

Quais as principais funções de um Martech stack?

Um stack deve ser montado para atender algumas demandas específicas. Mesmo que cada empresa tenha seus problemas e necessidades, alguns pontos são comuns. Basicamente, elas precisam de:

  • coleta e análise dados de cliente;
  • criação personas condizentes com seu público-alvo;
  • comunicação com os clientes;
  • agendamento e distribuição de conteúdos nas plataformas em que a empresa se mantém ativa;
  • identificação e nutrição de leads;
  • monitoramento e atendimento ao cliente, fornecendo feedbacks;
  • acompanhamento do retorno sobre cada campanha criada e necessidade de alterações;

Além disso, também deve ficar claro que o stack deve ser personalizável, possibilitando a inserção de novas tecnologias, além da integração entre todas as ferramentas para evitar a necessidade de retrabalho por parte dos profissionais de marketing.

Como criar um stack eficiente de acordo com as dores da empresa?

Para que um stack seja realmente relevante para a empresa e eficiente, ele deve prover alguns pontos essenciais:

Integração

Já falamos algumas vezes ao longo do texto acerca da importância da integração entre as ferramentas de um stack, porém, isso deve ser reforçado. A eficiência de seu conjunto de soluções só será possível se eles puderem trocar informações.

Fonte de dados única

O ideal dentro de um stack é contar com apenas um banco de dados, evitando a duplicidade de informações e mantendo a integridade. Além disso, uma base única facilita a integração.

Informações em tempo real

Um stack eficiente deve facilitar a consulta de informações em tempo real, permitindo que os profissionais de marketing tomem decisões estratégicas de acordo com a demanda.

Emissão de relatórios detalhados

Para que o ROI em marketing seja acompanhado é preciso que o stack forneça relatórios completos e de fácil entendimento pelos profissionais que atuam no setor.

Capacidade de alcance

Outro ponto fundamental é a capacidade de alcance da pilha de ferramentas, que deve permitir a comunicação com grande parte do público-alvo da empresa nos vários canais em que ela se faz presente.

Quais as ferramentas básicas do Martech stack

O sucesso de uma estratégia de Martech está ligada quase que diretamente a qualidade da pilha de tecnologia utilizada. Por isso, o stack deve começar com pelo menos essas ferramentas:

Website Analitycs

É uma das primeiras soluções adquiridas na hora de iniciar um stack de Martech. Ela realiza a identificação de todos os usuários que acessam um determinado site, além de verificar outras informações como local e navegação dentro da página web. Isso permite começar a entender o interesse de seus consumidores.

CMS

Sites e páginas web devem ser facilmente mutáveis, adaptando-se às demandas de uma empresa. Sendo assim, o CMS — Content Management System ou Sistema Gerenciador de Conteúdo, em português — funciona como uma estação de controle central para a publicação de conteúdo. Pode-se carregar, editar e manter informação adequada as suas estratégias de marketing.

CRM

A relação com o cliente não é mais estática, hoje ela é dinâmica e depende de um contato frequente e direto sempre que possível. Para planejar e gerenciar as interações com os consumidores, a ferramenta ideal é um CRM (Customer Relationship Management).

E-mail Marketing

Mesmo que as ferramentas de e-mail marketing pareçam algo ultrapassado, elas ainda têm uma grande importância na pilha de tecnologia do Martech, fazendo parte das estratégias de marketing de grandes organizações.

Mídia Social

Controlar e gerenciar várias contas em plataformas de mídia social também pode ser realizado de forma muito mais eficiente com o auxílio de uma solução que agregue todas as informações em apenas um local.

Agora que você já sabe o que é Martech stack, entende que sua eficiência pode ser a diferença entre ser digital e parecer digital.

martechMartech
Marketing O papel do marketing na inovação das empresas
Tecnologia Como as tecnologias de segurança impactam o seu negócio