A integração entre tecnologia e negócios é uma realidade cada vez mais comum no setor de imóveis, e permite que procedimentos sejam reinventados com eficiência e produtividade. Diante da pandemia de Covid-19, a adoção da assinatura eletrônica para imobiliárias mostra que o emprego de recursos tecnológicos tornou-se ainda mais útil para dinamizar as atividades.

Essa alternativa faz parte da transformação digital vivida por empreendedores do ramo, e ajuda a diminuir o tempo necessário para formalização de contratos. Dessa forma, o processo inclui maior rapidez na compra e venda de imóveis, mantendo o respeito à privacidade do comprador e a manutenção da segurança de seus dados. 

Sendo assim, os documentos assinados virtualmente também são considerados válidos. Isso faz a diferença no cotidiano da empresa, pois garante que deslocamentos sejam evitados. Além disso, o emprego de soluções inovadoras aumenta as chances de destacar a imobiliária em meio à concorrência na crise.

Quer saber mais sobre o que é uma assinatura eletrônica, como funciona e quais as vantagens dela para a sua imobiliária? Continue a leitura!

O que é assinatura eletrônica para imobiliárias?

Antes, processos de compra, venda e locação de imóveis só podiam ser realizados manualmente. Para isso era preciso que todos os interessados estivessem presentes, e as assinaturas tinham que ser, obrigatoriamente, reconhecidas em cartório. Por consequência, clientes eram perdidos em razão das dificuldades trazidas pelas burocracias exigidas, que incluíam taxas cartoriais e logística de envio.

Porém, a chegada da assinatura eletrônica para imobiliárias, têm ajudado a simplificar situações que outrora causavam desgaste. Ao usá-la, as limitações do horário comercial são substituídas pela possibilidade de realizar o processo em qualquer dia e hora. Ela tem a equivalência jurídica de uma assinatura manual, mas é feita por via digital. Ou seja, quem a adota, amplia as chances de obter sucesso ao firmar os compromissos desejados, e deve estar ciente das características da ferramenta.  

Uma das modalidades de assinatura eletrônica para imobiliárias é conhecida como assinatura digital. Apesar de ambas caracterizarem assinaturas feitas digitalmente, a diferença é que a segunda possui maior força probatória por contar com atributos próprios de validação. Neste caso, são três fases: 

  • autenticidade, na qual busca-se garantir que todas as assinaturas são verídicas;
  • integridade, etapa correspondente à verificação de que o conteúdo do documento não foi alterado para fins escusos;
  • não-repúdio, momento em que certifica-se, perante uma autoridade, que as assinaturas são legítimas.

Como funciona a assinatura eletrônica para imobiliárias?

Efetuar a assinatura eletrônica para imobiliárias de um documento é uma tarefa simples. No entanto, vale a pena ficar atento à credibilidade da plataforma onde a assinatura será feita. É importante observar relatos de empresas que já assinaram digitalmente e, a partir de então, decidir quais são os aplicativos mais indicados.

Para tirar dúvidas, acompanhe o passo a passo:

Redigir o contrato

Caso as partes interessadas entrem em acordo e decidam fechar negócio, o contrato é elaborado, revisado e examinado pela imobiliária. Se nenhum interessado for contrário às condições descritas, ele está pronto para ser assinado. 

Acessar a plataforma

Nesta etapa, o contrato é disponibilizado na plataforma de assinatura eletrônica escolhida. Dessa forma, todas as partes podem consultá-lo para dar sequência à compra ou locação. 

Assinar o contrato

Se as duas primeiras etapas forem feitas corretamente, os envolvidos recebem um e-mail informando-os que o contrato está disponível na plataforma. Assim, basta que a acessem para ler e, por fim, assinem o documento .

Quais são as dúvidas frequentes sobre assinatura eletrônica para imobiliárias?

Mesmo com a eficácia comprovada do recurso, algumas pessoas acreditam que a assinatura eletrônica seja menos confiável do que parece. Logo, é hora de esclarecer as perguntas mais comuns sobre seu uso.

A assinatura eletrônica é legalmente válida?

Sim. De acordo com o artigo 10 da MP 2.200-2/2001, a assinatura eletrônica é garantida para que sirva como forma de comprovação de vínculos contratuais. Ou seja, ela é tão válida quanto a assinatura manuscrita. 

A validade também é assegurada pelo artigo 411 do Código de Processo Civil, dispensando a necessidade de reconhecer assinaturas eletrônicas em cartório. 

É seguro fazer a assinatura eletrônica?

Sim. Existem muitas plataformas voltadas ao gerenciamento de assinaturas eletrônicas para imobiliárias com rigor e eficiência. Em condições normais, o meio digital é até mais seguro que o físico, e há menos chances de falsificação.

E se o contrato precisar de alterações? 

Quando um contrato é assinado por via digital, qualquer alteração sofrida também será  comunicada e estipulada digitalmente. Após a inclusão das mudanças no contrato original, o procedimento para assinatura passará pelas mesmas etapas explicadas acima.

Como a assinatura eletrônica pode beneficiar a imobiliária?

A presença da tecnologia tem muito a agregar nas relações entre imobiliária e clientes e, consequentemente, potencializar sua competitividade no mercado. Mas, as boas notícias não param por aí! Confira mais benefícios que a assinatura eletrônica para imobiliárias pode proporcionar:

Menos custos

Reduzir custos é sinônimo de boa estratégia, em especial nos momentos mais adversos. Sendo assim, leve em consideração os gastos de cartório e deslocamento em torno de um só contrato, multiplique pela quantidade de negociações feitas na sua empresa e, depois, adicione a essa conta o tempo perdido na busca por assinaturas. O resultado impressiona, e deixa evidente que a assinatura eletrônica é muito mais prática quando se fala em poupar dinheiro.

Menos burocracia

Como a assinatura eletrônica para imobiliárias não precisa ser reconhecida em cartório devido ao seu valor legal, a burocracia durante o andamento de cada negociação é bem menor. 

Ou seja, fluxos grandes de trabalho nem sempre significam produtividade alta, mas isso muda com a adesão à ferramenta, fazendo com que a equipe não precise destinar seu tempo a resolver pendências de contratos físicos.

Mais sustentabilidade

Um benefício leva a outro, e um bom exemplo disso é a redução da quantidade papéis impressos. Sem a mesma burocracia de antes, as imobiliárias tendem a passar boa parte das funções para o ambiente virtual. Isso demonstra que aderir à assinatura eletrônica para imobiliária também é ecologicamente sustentável. O meio ambiente agradece!

Mais agilidade

No setor imobiliário, cada minuto tem importância. Sabendo disso, nada melhor que facilitar a vida de todos ao evitar riscos e rotinas estressantes.

A assinatura eletrônica para imobiliárias surge como alternativa para quem busca agilidade, e isso faz a diferença no número de contratos bem-sucedidos. O sucesso da adesão à ferramenta não só impacta a rentabilidade dos negócios, mas também traz comodidade e segurança aos clientes. O resultado? Todos saem satisfeitos.

O Bloco tem ajudado a transformar o setor de imóveis desde 2017. Nossa meta é estudar, reunir e difundir soluções inovadoras para empresas que querem mergulhar em uma realidade de trabalho tecnológica e benéfica. Quer saber mais sobre como funciona nossos serviços? Então entre em contato conosco!

Eduardo Barbosa

Profissional com mais de 25 anos de experiência em finanças, desenvolvimento de negócios, reestruturação e mudança organizacional. Como CEO da Brognoli Negócios Imobiliários desenvolve trabalhos com forte impacto no segmento imobiliário, atuando com foco em processos de transformação digital e crescimento acelerado. Nos últimos anos, Eduardo também tem ajudado novos empreendedores com mentoring, palestras, artigos, conselhos e conexões, buscando viabilizar a escalabilidade destas. Tem uma intensa e longa experiência como professor na área de mercado de capitais e Economia Comportamental.

imobiliariasImobiliárias
Imobiliárias 5 aplicativos de relacionamento para imobiliárias e clientes
ABOUT THE SPONSORS
Bloco

O Bloco é uma iniciativa da Brognoli para a inovação do Mercado Imobiliário. O Bloco nasceu com o objetivo de auxiliar empresas do setor imobiliário a desenharem novas propostas de valor e experiências positivas para os consumidores por meio de conexões entre o ecossistema de inovação.