Os desafios em manter o domínio perante o mercado atual, tão competitivo, não são novos. A Era da urgência está redefinindo o cenário organizacional por meio da tecnologia, transformação digital e análise de dados avançada. Com isso, empresas que não estejam prontas para se adaptarem estão fadadas ao atraso – se não ao fracasso.

As organizações estão começando a experimentar abordagens cada vez mais radicais, criando processos mais adaptáveis ​​e velozes, que podem responder de maneira rápida e flexível às novas oportunidades e desafios que surgem. Ao fazer isso, estão levando decisões inteligentes para as linhas de frente, em contraste com o antigo modus operandi padrão.

Para competir na velocidade do digital, você precisa, portanto, compreender como a sua empresa pode se adaptar nessa era, e foi exatamente por isso que escrevemos este artigo. Para não perder nenhum detalhe, continue a leitura abaixo:

A Era da Urgência

Quando você compete em um mercado que se move tão rapidamente, o resultado padrão é ficar para trás caso não tenha vantagens competitivas ou não saiba lidar com o cenário. Se a sua organização tiver qualquer esperança de manter-se atualizada, precisará de um planejamento para obter velocidade e eficiência nos processos.

Podemos, inclusive, fazer uma analogia com um carro de corrida — quase, porque os carros de corrida, normalmente, andam em uma pista fixa, em direção a uma única linha de chegada. As empresas, no entanto, são direcionadas para um destino incerto e a corrida nunca acaba.

Com isso, você precisa de uma “estratégia emergente”, que implica em manter uma busca implacável por soluções contínuas, não por um ponto final definido. A busca em si deve guiar a organização, questionando-se como é possível agregar valor à solução, serviço ou produto oferecido, estando sempre aberto às novas oportunidades e ações específicas.

Desse modo, nas companhias de maior desempenho, a agilidade é um imperativo. Como resultado, essas empresas estão começando a experimentar abordagens cada vez mais radicais.

Para manter-se firme e forte hoje é necessário fazer não apenas decisões de alta qualidade, mas decisões de alta velocidade, que apresentem resultados positivos para a organização como um todo. Uma forma de conseguir isso é por meio da pirâmide sugerida pela McKinsey, que explicaremos abaixo:

Pirâmide de organização na Era da Urgência

Os desafios trazidos pela Era da Urgência fazem com que empresas busquem por formas de adaptação. Para isso, foi desenvolvida uma pirâmide que conta com 4 pilares principais:

Agilidade

Os conceitos e princípios da agilidade organizacional existem há décadas. Em sua forma atual, mais comum, a agilidade é pensada e concebida a partir da habilidade das equipes de TI em se formarem para resolver problemas, como acham as soluções e como trabalham em novos desafios.

Essas abordagens tornaram a prática “ágil” e concreta, dando origem a aplicativos mais amplos, por exemplo, gerando impacto transformativo em toda a empresa.

Com o desenvolvimento de softwares mais ágeis, é possível ajudar na agilidade corporativa como um todo a fim de resolver problemas de estratégias, planejamento, estruturas e recursos de uma organização que estão obsoletos.

Além disso, a agilidade também é a maneira ideal de integrar o poder das ações realizadas por máquinas, que se tornarão cada vez mais importantes para decisões estratégicas. Algumas dicas para conseguir isso são:

  • repense a estrutura da empresa;
  • crie um estilo de tomada de decisão para definir como os profissionais poderão realizá-las.

Urgência

Organizar por urgência exige um método diferente da agilidade, pois permite a mudança para a estratégia emergente, ao mesmo tempo em que libera o seu time para que possa reformular sua empresa em tempo real. Também é um meio poderoso de minimizar a confusão e a complexidade em nosso mundo de comunicações digitais rápidas, no qual todos podem conversar com todos. Para isso:

  • tenha estratégias em contínuo desenvolvimento;
  • tome atitudes mesmo que ainda tenha 70% da informação.

Capacidade

Para operar com urgência e buscar a agilidade (que torna o alto desempenho possível), é provável que você tenha que preencher algumas lacunas de capacidade ao longo do caminho.

Além disso, muitas das habilidades críticas de que o seu time precisa estão mudando rapidamente, como resultado da automação do local de trabalho e da inteligência artificial. À medida que o trabalho menos complexo se torna cada vez mais automatizado, os trabalhadores precisarão ser capazes não apenas de trabalhar em conjunto com as máquinas, mas também de se adaptarem à incerteza.

Quanto mais ferramentas ricas em informação forem usadas (e quanto mais eficazes elas se tornarem), mais difícil será alcançar o equilíbrio adequado entre pessoa e máquina — um desafio que amplifica, por sua vez, a importância do aprendizado contínuo, desenvolvimento dos funcionários e liderança consistente. Para evitar tais problemas, crie:

Identidade

Tudo isso leva a um desafio fundamental para a urgência: como evitar que seu trem-bala saia dos trilhos? De acordo com a McKinsey, a velocidade precisa ser canalizada para processos, tarefas e funções estáveis, para que a empresa se mantenha saudável enquanto se movimenta rapidamente.

Muitas dessas fontes de estabilidade serão suspensas pela automação do local de trabalho, como já observamos anteriormente. Além disso, operar com a urgência e a agilidade que estamos descrevendo e reformular as capacidades organizacionais constantemente para manter e exceder o ritmo competitivo pode parecer inquietante.

É difícil, portanto, manter sua organização unida quando há tanta ambiguidade, muita mudança e pouca noção do motivo. Para isso, lembre-se de:

  • adote um estilo de administração que tenha definido condições e restrições;
  • cultive um propósito, cultura organizacional, valores e conexão social entre todos os profissionais.

Entendeu como é possível, por meio da agilidade, urgência, capacidade e identidade, adaptar sua empresa na Era da urgência?

Hoje, com tecnologia e informação, é impossível se dar ao luxo de demorar para atualizar os processos, de não se reinventar e de operar com estratégias estáticas. Por isso, para conseguir se manter competitivo tanto no presente quanto no futuro próximo, não deixe de seguir a pirâmide apresentada.

Agora que você sabe tudo sobre como a sua empresa pode se adaptar aos dias de hoje, vá além: veja uma análise de como serão as empresas no futuro!

gestaoGestão
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Educação A influência do digital na educação e a evolução do ensino
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Vendas Quais as vantagens do big data em vendas?
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]