Como usar a Transformação Digital a favor da colaboração de equipes

Entenda como utilizar a Transformação Digital para melhorar a colaboração de equipes em sua empresa

Criar uma estratégia que transforma sua empresa. Talvez essa seja a melhor maneira de descrever a transformação digital.

Mas, para que isso ocorra, é preciso que seus colaboradores dominem as tecnologias necessárias para efetivar essa transformação.

No entanto, segundo uma pesquisa da Accenture, 44% dos líderes empresariais afirmam que a falta de habilidades tecnológicas é uma barreira para a transformação.

Mesmo assim, as pessoas estão tão focadas em palavras como “Big Data”, “Inteligência Artificial” e “IoT”, que se esquecem que essas são apenas algumas das ferramentas disponíveis – meios de transformar seu negócio – não objetivos a serem alcançados.

A transformação digital, da mesma forma que esses elementos que a compõem – citados acima – deve ser encarada como uma alavanca para gerar as mudanças estratégicas que seu negócio necessita para contar com vantagens competitivas sustentáveis e superar a concorrência.

O objetivo de uma empresa não deve ser “implantar um software de Big Data”, mas transformar dados em informação, informação em conhecimento, conhecimento em inteligência e, com isso tudo, conseguir mais subsídios para a tomada de decisões táticas e estratégicas de forma ágil e assertiva.

Mas se seus colaboradores não tem uma cultura digital, não estão acostumados a trabalhar em equipe nem a usar o melhor da tecnologia disponível para colaborar entre si e gerarem os melhores resultados, como poderão operar ferramentas mais complexas, como essa?

Nesse contexto, antes de implementar estratégias de transformação baseadas nas mais novas tecnologias, um dos primeiros passos que uma empresa deve dar em direção da transformação digital é a melhoria da colaboração entre equipes.

Como implantar uma cultura de colaboração entre equipes por meio da transformação digital?

O documento da Accenture recomenda, entre outras ações, experimentar meios mais flexíveis e ágeis de trabalho usando ferramentas digitais comprovadamente eficientes.

Vamos analisar algumas dessas práticas de trabalho mais flexíveis, as ferramentas usadas para isso e como podem melhorar o trabalho em equipe.

Home Office

Diversas ferramentas, como drives compartilhados, softwares de videoconferência ou de acompanhamento de projetos, como o Trello, por exemplo, fazem com que a prática do trabalho remoto seja cada vez mais adotada no Brasil.

A pesquisa O Futuro do Trabalho mostrou que mais de 40% dos entrevistados já pratica o home office em suas organizações, além disso, mais da metade deles afirma que o trabalho remoto aumenta a produtividade, tanto que mais de 1/3 das empresas pesquisadas tem a intenção de promover o trabalho remoto nos próximos 12 meses.

As vantagens apontadas pelos entrevistados são inúmeras, incluindo mais satisfação no trabalho, produtividade, equilíbrio entre vida pessoal e profissional e foco em resultados.

Por trabalharem em casa, esses colaboradores precisam dominar as ferramentas tecnológicas que possibilitam um contato rápido e ágil com o restante de equipe (alocada na empresa), estimulando a colaboração e disseminando a cultura digital.

Se a sua área na empresa tem uma reunião de equipe toda sexta-feira, esse colaborador home office terá que participar dela de alguma forma e isso se dará, certamente, por meio de alguma tecnologia digital que auxiliará na integração da equipe.

Uso de SaaS

Os softwares comercializados como serviços, isso, é, mediante uma assinatura mensal, já são uma realidade consolidada e amplamente utilizada.

Baseados na nuvem e sem a necessidades de serem instalados nas máquinas dos funcionários, são colaborativos por natureza, pois podem ser acessados remotamente e compartilham as informações em tempo real.

No Brasil, essa é uma tendência que cada vez mais se fortalece, como mostraram os dados da Brazil SaaS Landscape Research.

Contando com mais de 400 SaaS em sua amostra, o estudo afirma que 92% das empresas brasileiras adotam ao mesmo uma solução SaaS em seu negócio.

As empresas SaaS brasileiras são relativamente novas, pouco mais da metade delas foi fundada depois de 2013 e cerca de 1/3 iniciou suas atividades em 2015.

Mesmo assim, mais de 13% contam com entre 1.000 e 10.000 clientes, o que significa um faturamento entre 5 e 10 milhões, sendo que 31% das SaaS pesquisadas já faturam mais de 1 milhão por ano.

Portanto, se você pretende estimular o trabalho em equipe em sua empresa por meio da transformação digital, o uso de softwares SaaS de CRM, ERP, automação de marketing, gestão financeira ou gerenciamento de equipes e projetos tem que fazer parte de sua estratégia.

Tecnologia Mobile

Mais do que trabalhar em casa, trabalhar em trânsito. Ou, melhor que isso: visitar um cliente e ter acesso aos dados que ele precisa pelo smartphone, tablet ou notebook, compartilhar apresentações e até visualizar dashboards em tempo real.

A tecnologia de comunicação móvel está revolucionando a maneira das empresas fazerem negócios e permitindo que as equipes alocadas no escritório auxiliam seus colegas em campo ou em outras unidas a desenvolveram seus projetos de forma muita mais dinâmica e colaborativa, trazendo resultados efetivos para as organizações.

Como dissemos, a transformação digital não é um fim, mas um meio da empresa conseguir vantagens competitivas importantes. E, com certeza, esses 3 exemplos são um primeiro passo fundamental rumo a transformações ainda mais disruptivas, mas que precisam ser efetuadas aos poucos, um passo de cada vez.

Marketing Manager no Trello

Amanda trabalha em diversas frentes estratégicas para alavancar o Trello no mercado Brasileiro além de curar novas formas de engajamento com a comunidade local - isso tudo trabalhando remoto de São Paulo ou aproveitando o estilo nômade para conhecer um novo local por esse grandioso mundo.