Métricas de marketing digital: conheça as principais

Conheça as principais métricas de marketing digital e saiba quais são as mais indicadas para o seu negócio

Atualmente, todas as empresas já reconhecem a importância de trabalhar ativamente com o marketing digital. Além da maior abrangência da imagem e atuação dos negócios, os impactos sobre as vendas são inegáveis.

Mas como comprovar os resultados que seus esforços com essa estratégia estão trazendo para a empresa? Diante de tantos caminhos e números, é preciso estabelecer métodos para saber como está a qualidade prática daquilo que está no papel.

É para isso que servem as métricas de marketing digital. E você precisa conhecê-las melhor!

Manter o foco no que está trazendo os melhores resultados e evitar investimentos em estratégias e ações que não trazem retorno concreto para o negócio é fundamental para fazer a presença online da sua empresa ser reconhecida como um dos fatores determinantes para o sucesso do negócio.

E nós sabemos que colocar esses números “na ponta do lápis” está entre os principais desafios para começar a transformação digital em sua empresa. Então confira agora o que são as métricas de marketing digital na prática e quais as principais que precisam sempre de muita atenção.

O que são métricas de marketing digital?

Para medir o desempenho de ações, estratégias e campanhas utilizadas pelos times de marketing, é preciso utilizar as métricas. Elas são números e dados mensuráveis de acordo com cada objetivo definido.

As métricas variam entre as plataformas e meios onde sua marca está presente. As métricas características de campanhas de e-mail marketing, por exemplo, são diferentes das que analisamos ao trabalhar com sites ou redes sociais.

E, na estratégia do marketing digital, esses números vão representar a qualidade dos esforços empregados pelos melhores resultados e como aprimorá-las para alcançar sempre o máximo crescimento.

O que um conteúdo no blog conseguiu trazer de concreto para você? E o eBook que foi publicado e enviado para sua base de emails, será que gerou algum número relevante?

Para ajudar você a identificar tudo isso, vou apresentar agora a lista com as métricas de marketing digital que você precisa acompanhar:

As principais métricas de marketing digital para comprovar seus resultados

Para o seu site

01. Tráfego de usuários

A contagem de visitantes únicos do seu site, que mede todo o tráfego gerado para ele, é uma das métricas mais importantes para medir a saúde do canal, pois fornece uma visão precisa sobre o fluxo de pessoas que acessaram suas páginas e tiveram algum tipo de contato com sua empresa.

Ele vive de picos e oscilações, mas o ideal é direcionar seus esforços para mantê-lo sempre dentro do aceitável de acordo com seus objetivos.

E, é claro, ele não se construirá sozinho: o tráfego para um site depende do todo dos esforços de marketing da sua empresa. Isso envolve ações em compra de anúncios, estratégias orgânicas, entre outros fatores.

Algumas empresas costumam ter metas de crescimento percentual em relação ao tráfego. Tudo dependerá, é claro, da força da imagem da marca, comportamento de suas personas características, esforços de marketing empregados pelo desenvolvimento dos seus números.

Mesmo que muito desafiadoras, as metas estipuladas sempre podem ser buscadas, desde que a estratégia esteja sempre voltada ao crescimento.

02. Tempo de Sessão

Essa métrica ajuda a saber como o usuário está sendo “fisgado” pelo conteúdo da sua página.

O tempo médio de sessão ajuda a inferir, por exemplo, sobre a qualidade da informação, a legibilidade e estrutura da página e, principalmente, sobre como qualificar os acessos de seus usuários para aprimorar sua experiência no site.

Um tempo de sessão baixo pode significar, por exemplo, que o usuário não encontrou o que buscava ou, ao menos, não o fez satisfatoriamente, precisando seguir para um novo destino e sanar suas dúvidas.

03. Taxa de Rejeição

A taxa de rejeição anda de mãos dadas com o tempo de sessão, principalmente se ela estiver com números muito altos.

A rejeição acontece, por exemplo, quando o usuário não interage com a sua página antes de deixá-la, encerrando sua sessão antes de clicar em links ou objetos dentro da página.

Dentro de um blog, por exemplo, essa métrica pode ajudar a avaliar a qualidade com que são usados pop-ups, banners, links, entre outros objetos que estimulem a interação do usuário e a continuidade de sua navegação dentro do seu domínio.

Algumas ferramentas, como o Hotjar, ajudam, inclusive, a mapear a movimentação do cursor do mouse sobre a página, para verificar o exato momento em que seu conteúdo deixou de ser relevante para o usuário.

04. Taxa de Conversão

Essa métrica incrivelmente importante representa essencialmente a eficácia dos seus esforços de marketing digital rastreando quantos visitantes do site ou do blog convertem em leads.

Ela é fundamental para manter o seu funil saudável, ou seja, identificar se realmente está tendo a passagem de leads de uma etapa da jornada do consumidor digital para outra, do topo para o meio e em seguida do meio para o fundo do funil.

Geralmente é determinado uma meta percentual de conversão para os conteúdos do seu site.

Por exemplo: se você conseguir 20 mil visitantes mensais, pode estipular uma meta de 10% de conversão para leads. Isso significa que teria ao final 2000 leads novos para trabalhar com novos conteúdos.

05. Origem do tráfego

A origem do tráfego não é, exatamente, uma métrica estratégia, mas informações que mostram a você de onde vêm seus usuários e te ajudam a entender a eficiência de cada canal dentro da sua estratégia de marketing.

Afinal, tão importante quanto entender quantas pessoas estão chegando no seu site é identificar por onde elas estão chegando, ou seja, quais os principais canais de marketing digital utilizados para acessar sua página.

Entre as principais origens estão:

  • Orgânico: esses visitantes acessam seu site por meio de uma pesquisa nos mecanismos de busca. Essa métrica é particularmente importante para medir o valor de seus esforços de SEO e produção de conteúdo;
  • Tráfego pago: uma estratégia para trazer mais tráfego para o seu negócio está na estratégia de mídia paga, principalmente falando do Google Ads (antigo Google Adwords);
  • Redes Sociais: um dos canais mais utilizados no meio digital são as redes sociais, já que todos os públicos estão presentes no Facebook, Instagram e Twitter. Com a divulgação certa, você pode trazer várias pessoas para o seu site incluindo seus links nas publicações.

Ao analisar os canais de tráfego, fica muito mais fácil identificar qual deles está trazendo mais visitantes e qual merece mais atenção, para se tornar mais presente na sua estratégia.

Para a sua estratégia

Existem, por exemplo, algumas métricas compartilhadas entre canais, como as avaliadas em compra de mídia online, presentes nas campanhas pelo Google e pelo Facebook, bastante populares nas estratégias digitais por seu baixo investimento e alto potencial de retorno.

01. Custo por clique

Uma das principais características das campanhas online é o seu baixo custo frente a outros métodos de promoção existentes no mercado.

Por isso é importante ficar de olho em métricas que apontam justamente como os seus recursos estão sendo aproveitados para a geração de novas oportunidades de negócios, e, consequentemente, como aprimorá-los para tornar sua estratégia cada vez mais objetivas.

Uma dessas métricas é o custo por clique, presente em campanhas como as que vimos no Google Ads e no Facebook Ads.

Trata-se de uma metodologia de aplicação de recursos que debitará valores dos seus créditos de acordo com o volume de cliques em links ou objetos presentes nas suas campanhas.

Medir esse número é importante para verificar a necessidade de aprimoração em definições das suas campanhas, por exemplo.

02. Custo por lead

Os leads são as principais oportunidades de geração de negócios que a sua empresa tem. É com eles que as suas estratégias começam a surtir efeitos e demonstrar resultados – quando trabalhadas corretamente.

O custo por lead é medido a partir da análise dos esforços gerais de suas campanhas para a geração de um único potencial cliente. Ou seja, é preciso considerar quanto do investimento está sendo empregado para cada lead gerado, o que envolve o volume de gastos por visualização de campanha, por cliques, investimentos em leilões no Google, entre outros fatores que elevarão ou nivelarão seus investimentos para prospectar seus leads.

03. ROI

Essa é uma métrica de apelo bastante comercial. Afinal, todo profissional que gosta de vender, gosta também de saber como as vendas estão refletindo retornos sobre o investimento empregado.

E é exatamente isso que a sigla ROI significa: “Return on Investment”. Ela ajuda a medir o quanto você investiu em sua campanha comparando com o valor que você ganhou – ou perdeu.

Ela também terá grande importância para a verificação de novas oportunidades de investimentos ou corte de gastos, servindo de auxílio na hora de ajustar a sua campanha às práticas que terão maior potencial de rentabilizar seus investimentos.

Ferramentas para mensurar os resultados

Depois de entender quais são as principais métricas de marketing digital e como elas são importantes para mostrar a efetividade de todas as suas ações, também é importante entender quais as formas de mensurar cada uma delas.

Afinal de contas, não adianta apenas conhecer cada uma sem desenvolver um trabalho de acompanhamento contínuo, mudando estratégias de acordo com cada resultado encontrado.

E para fazer essa mensuração vamos indicar duas ferramentas que são direcionadas para o acompanhamento das métricas de marketing digital.

Google Analytics

Com o Google Analytics, ferramenta mais utilizada pelos times para  acompanhar os resultados online, é possível identificar vários números importantes que mostram como estão caminhando suas ações.

Na prática, com ela você pode acompanhar o tráfego, a origem e as taxas de conversões através do Google Analytics, além de várias outras métricas.

Leia também: Para que serve o Google Analytics e como usar a ferramenta da melhor forma?

Semrush

Para otimizar seus resultados, também é importante fazer todo o acompanhamento de palavras-chaves que utiliza nos materiais produzidos para as ações de marketing digital e também como está o posicionamento atual dos seus concorrentes.

E para isso, é essencial usar o Semrush, ferramenta que fornece uma visão completa sobre o andamento das suas estratégias, além de apresentar um relatório completo sobre seus backlinks, uma das métricas que listamos mais acima.

Através do Semrush fica fácil identificar quais as páginas que estão gerando backlinks para você, em qual palavra-chave e para quais links estão levando. Com isso em mãos você pode analisar de forma fácil quais são aqueles prejudiciais para a sua estratégia e tomar as providências para corrigir

Além da ferramenta do Google e do SEM Rush, algumas plataformas possuem relatórios próprios para medir resultados, como o Facebook e o Hubspot, por exemplo.

Tirando do papel

Agora que você já sabe quais as principais métricas para medir no seu posicionamento online, o que acha de colocá-las em prática e começar agora mesmo a ter ótimos insights?

Gostou de conhecer as principais métricas de marketing digital? Então acesse o blog da Hubify e confira todos os nossos conteúdos focados no meio digital que vão ajudar seu negócio a crescer como nunca!

Co-fundador e CEO na Hubify

Co-fundador e CEO na Hubify e no Grupo Elefante Verde. Co-fundador Alto Tiete Valley. Fellow do Brazil Innovators. Mentor na Ideation Brasil. Mentor Liga Ventures. Professor na Pós Graduação de Marketing Digital da UMC. Empreendendo, aprendendo e compartilhando.