Desvendando o futuro do Blockchain

Entenda como o blockchain será aplicado aos negócios em um futuro bem próximo

O futuro do Blockchain e suas novas aplicações são temas que despertam o interesse de qualquer um, seja pela origem dessa tecnologia, seja pelas possibilidades que ela nos oferece.

Desde que surgiu, em 2009, junto ao Bitcoin, o Blockchain evoluiu muito e já saiu da sombra das criptomoedas, sendo cogitado para uma série de aplicações que nada tem em comum com seu nascimento.

Neste artigo, vou tentar explorar, junto com você, o futuro dessa tecnologia e o que esperar para os próximos anos!

O impacto do Blockchain nos negócios

O Blockchain é a tecnologia que permitiu o surgimento e o sucesso das criptomoedas atuais. Seu desenvolvimento visava resolver o problema do gasto duplo no dinheiro virtual e manter a confiabilidade da rede.

O que Satoshi Nakamoto, pseudônimo do criador da tecnologia, não sabia, era que o Blockchain evoluiria tanto e despertaria o interesse de boa parte da sociedade pelo potencial de transformar nossos negócios e nossas vidas.

O que precisamos entender em um primeiro momento é que o Blockchain nada mais é que uma agregação de tecnologias que já existiam e que foram combinadas para gerar confiabilidade e segurança, dois itens fundamentais para uma moeda virtual e que também têm grande valor dentro dos negócios. Dessa forma, o Blockchain demonstrou-se uma oportunidade para empresas de todos os setores, não apenas do financeiro.

Mesmo que o seu desenvolvimento inicial tenha sido realizado para embasar o Bitcoin, ele já se tornou muito mais importante que as criptomoedas, e seu papel será enorme no futuro.

Segundo um estudo divulgado pelo Gartner, principal player de consultoria em tecnologia do mundo, o valor das iniciativas em Blockchain deve chegar a U$ 3,1 trilhões de dólares até 2030.

Além disso, a consultoria também publicou outro estudo em que cerca de 66% dos líderes dentro das empresas já definiram orçamentos para iniciativas que utilizem a tecnologia em seus modelos de negócio.

Apenas em 2018, o IDC informou que foram gastos cerca de U$ 2,1 bilhões de dólares em soluções de Blockchain dentro das organizações. Esses números demonstram a preocupação das empresas em estarem a frente dessas iniciativas disruptivas.

Contudo, existe um grande problema. A maioria das organizações não sabe como aplicar o Blockchain em seus modelos de negócio e é nesse ponto que ocorrerá o maior impacto.

É preciso pensar em modelos descentralizados, que atendam a premissa básica dessa tecnologia, as transações em rede, que não podem ser utilizadas de forma centralizada como é feito atualmente dentro das empresas.

As principais previsões para o futuro do Blockchain

Segundo vários especialistas, o Blockchain tem o potencial para mudar o mundo e são várias as previsões que temos quanto às suas possíveis aplicações. Entre as principais, podemos citar:

Descentralização de dados

A maioria das organizações hoje centraliza suas informações em apenas um lugar (ou servidor) e essa talvez seja a maior vulnerabilidade delas, pois um ataque direto a esse local ou um desastre natural pode ser fulminante para suas atividades.

O Blockchain tem como principal característica a descentralização da informação, espalhando cópias de dados por vários nós (ou blocos) em uma rede, pública ou privada, garantindo assim integridade das informações caso qualquer nó seja derrubado.

Negociação autônoma

Os contratos inteligentes, uma das evoluções do Blockchain, permitem a criação de algorítimos autônomos, que se fazem cumprir sempre que determinadas cláusulas sejam satisfeitas.

Sendo assim, as empresas poderiam apenas criar contratos inteligentes e os manter na rede Blockchain, sendo que eles poderiam se cumprir conforme a necessidade, tornando a administração de recursos quase totalmente autônoma.

Gestão de identidade

Um dos principais problemas na era da internet é a segurança do indivíduo e das organizações com relação à sua identidade. Sempre existem pessoas mal intencionadas que utilizam de modos obscuros para roubar informações.

Leitura complementar: Os desafios da Cibersegurança: como evitar os males da inovação?

O futuro do Blockchain pode trazer o fim desse problema, auxiliando no gerenciamento de identidades online e garantindo a segurança de todos na rede, uma vez que suas informações são imutáveis sem um consenso geral.

Além disso, pode-se criar até mesmo um modelo mundial único de identidade, gerado e protegido por meio de uma rede privada de Blockchain e compartilhado pelos países sem a menor probabilidade de fraude.

Cadeia de suprimentos

A rastreabilidade provida pelo Blockchain já despertou o interesse de muitas empresas que têm de manter um controle eficaz sobre suas cadeias de suprimentos.

As relações comerciais atuais não geram confiança aos consumidores, que acabam ficando a mercê de contrabandistas e falsificadores. O Blockchain pode prover a rastreabilidade de produtos com eficiência, evitando esse tipo de situação.

Saúde

Aplicações de Blockchain também podem ser utilizadas para melhorar a saúde das pessoas e auxiliar os profissionais de medicina a compartilhar o histórico de seus pacientes, gerando diagnósticos mais assertivos.

Além disso, a riqueza de dados na rede e o seu compartilhamento por milhões de profissionais ao redor do mundo pode ajudar no desenvolvimento de políticas públicas e avançar em pesquisas médicas sobre as principais causas de doenças.

Governo

Diversos países já estão anunciando iniciativas digitais com o uso de Blockchain. Essas aplicações devem minimizar os escândalos de corrupção ao agregar maior transparência e segurança às iniciativas governamentais.

Além disso, iniciativas digitais aumentam a eficiência do governo e diminuem a necessidade de investimento em pessoal e estruturas internas, economizando verbas que podem ser destinadas a outras áreas.

Bancos

Mesmo que o Blockchain tenha surgido para dar suporte às criptomoedas e minimizar a dependência das pessoas do sistema financeiro atual, uma das principais tendências da tecnologia é a sua adoção pelos bancos.

As instituições financeiras foram as primeiras a estudar o Blockchain e estão bem adiantadas em suas aplicações, que visam aumentar a segurança dos sistemas, além de permitir a troca de informações entre os bancos, pensando na experiência do consumidor.

O futuro do Blockchain é brilhante e ainda podemos esperar o surgimento de muitas outras aplicações, assim como a evolução dessa tecnologia como a conhecemos. Pode ser que, em pouco tempo, ela tome um rumo que nenhum especialista possa ter previsto até então.

Para continuar aprendendo, descubra as principais tecnologias que mudarão o mundo em futuro bem próximo!

CEO na Introduce

Formado em Redes de Computadores, com especializações em Gestão de Pessoas, Coaching e MBA em Marketing. É co-founder da introduceti.com.br, que conduz o crescimento dos negócios através de estratégias e tecnologias. Além disso é investidor no projeto Globin.it, Middas e Grupo 3Minds.