Como dados ajudam a melhorar a experiência do consumidor e a aumentar o faturamento no varejo físico

Entenda como os dados podem ser utilizados para melhorar a experiência do consumidor e, consequentemente, aumentar o faturamento

Qual o significado de sucesso na sua empresa hoje? Clientes satisfeitos e fidelizados? Número de vendas? Excelência no atendimento ao consumidor?

Oferecer produtos e serviços de qualidade? Na prática não importa qual resposta encaixa melhor no seu negócio, mas sim quais ferramentas são usados para medir isso. É fundamental termos dados como esses para dar visibilidade da atual situação e nortear as tomadas de decisões futuras!

Hoje, mais e mais empresas estão percebendo que a verdadeira vantagem competitiva está em criar uma experiência diferenciada para o seu cliente – que possa ser feita de maneira pessoal, rápida, fácil e relevante. O problema é que muitas empresas não sabem ao certo como fazer isso. E é aí que entra a tecnologia de dados!

Você precisa coletar esses dados, da forma mais leve e dinâmica possível, sem atrapalhar seu fluxo e muito menos a experiência do seu cliente. Com esses dados em mãos, é mais fácil os empreendedores entenderem melhor as necessidades dos seus clientes, seus diferentes perfis, lhes oferecer as mais variadas experiências, entender e medir sua satisfação, e, por fim, fidelizá-los.

O quebra-cabeça da análise de dados

Muitos varejistas têm reunido diversos dados sobre seus consumidores. E-commerces já fazem isso com muita facilidade, com landing pages estratégicas é possível coletar dados rapidinho!

Mas e se o seu negócio está no mundo físico? Fique atento porque já existem ferramentas que auxiliam a “capturar” todos estes dados também no varejo físico! Alguns exemplos são software de PDV modernos, plataformas de CRM, programa de fidelidade digital, entre outros.

Quais informações são mais importantes? Como devo agir em relação a cada tipo de informação e dados relacionados ao meu cliente?

Todas as informações sobre o seu cliente são importantes para você criar a melhor relação de todas com ele! A menos que esses dados sejam reunidos para formar uma visão do todo, realmente fica difícil de se posicionar. Imagine cada dado relacionado ao seu cliente como uma peça do quebra-cabeça e, quando cada peça nova se encaixa, o quadro completo começa a fazer sentido.

Isso inclui informações como histórico de compras, nome, e-mail, número de telefone ou outros tipos semelhantes de informações que são coletadas como resultado direto de suas interações com um cliente ou cliente em potencial.

Tomando esses dados como bússola, muitos já tem norteado suas ações de marketing e comunicação, aumentando de maneira significativa o retorno sobre os investimentos. Nortear as estratégias do seu negócio embasado em dados é dar um tiro certeiro, um bom exemplo disso é o que chamamos de data driven marketing, que nada mais é do que um processo de tomada de decisões de acordo com o que se sabe sobre o cliente. Com ele, é possível fazer uma curadoria mais eficaz dos dados no planejamento estratégico de marketing.

Atingir o cliente certo com a comunicação certa de acordo com o estágio na jornada de cada cliente e ainda mensurando resultados: isso com certeza impactará positivamente o seu negócio!

Entenda, surpreenda seus clientes e faça com que eles voltem

O setor de varejo está passando por uma transformação incrível. Opções para compras online, na loja física e móveis estão crescendo. Os clientes são muito bem informados, querem acesso a uma variedade de produtos relevantes e esperam um excepcional atendimento e experiências exclusivas.

A Amazon é um grande exemplo de uso de dados de maneira certeira no varejo, eles são obcecados pelos seus clientes e por oferecer-lhes a melhor experiência do mundo, prevendo o desejo de cada consumidor e sempre os surpreendendo e encantando!

Estão revolucionando o varejo no mundo, sendo muito mais uma empresa de DADOS, do que produtos e serviços! Uma das últimas novidades da marca é a loja Amazon Go, um supermercado sem filas e sem pagamentos no caixa.

Para a Amazon, isso significa ser capaz de rastrear todo o movimento do cliente na loja e usar esses dados para gerar mais receita e ainda transformar a experiência do cliente tornando mais rápida, fácil e simples!

Isso não é uma realidade somente dos grandes players, você pode adaptar essa realidade para os pequenos negócios também.

Para fornecer a melhor experiência ao cliente, converta os dados em estratégias de retenção. Influenciar a lealdade do cliente dessa maneira não requer mágica, exige apenas informação e análise. Programas de fidelidade fazem isso muito bem, principalmente os programas de fidelidade digital! Afinal, todo mundo gosta de ser recompensado, e por que não pedir alguns dados em troca de benefícios para os seus clientes?

Para muitos empreendedores, hoje em dia sucesso é conseguir usar o universo de dados a favor do seu estabelecimento, colaborando com a melhora dos serviços e produtos oferecidos e  influenciando na tomada de decisão do cliente. Se você ainda não está usando esses recursos como estratégia de vantagem competitiva no mercado, você já está atrasado.

E aí? Já está pensando em como vai utilizar os dados que podem ser gerados no seu negócio (e os que você já tem) para surpreender o seu cliente, fidelizá-los e ainda ter maior retorno sobre isso?

O uso de dados pode impulsionar a maioria das decisões do seu negócio no mundo altamente competitivo de hoje. Usar dados de maneira inteligente é resultado certo, não deixe pra depois!

Consultora de Implantação

Atualmente, Maria Edaurda faz parte da equipe de Customer Success na empresa SumOne.