Como as metodologias ágeis transformam a gestão de equipes

Entenda como metodologias podem melhorar a gestão de equipes de sua empresa

Você já deve ter ouvido falar em metodologias ágeis e o quanto elas são importantes no desenvolvimento de softwares, não é mesmo? Mas você sabia que esses métodos podem ser utilizados em outras atividades também?

Com a evolução das tecnologias e a transformação digital, muitas empresas estão começando a aplicar as metodologias ágeis para a gestão de seus negócios, com o intuito de se tornar mais adaptáveis as mudanças bruscas do mercado.

Para que você entenda tudo, ou, pelo menos, um pouco do assunto, veremos o que são essas metodologias, sua origem e aplicação na gestão de equipes:

O que são metodologias ágeis

As metodologias ágeis são conjuntos de práticas e técnicas utilizadas para gerenciamento de projetos, baseadas em entrega constante e incremental, visando a finalização rápida das atividades e priorizando determinadas tarefas.

Nascidas da busca por melhores práticas para o desenvolvimento de software, hoje elas podem ser adaptadas e utilizadas para o gerenciamento de praticamente qualquer tipo de projeto.

Origem das metodologias ágeis e o manifesto

Todas as metodologias ágeis são baseadas no Manifesto Ágil, escrito e assinado por 17 desenvolvedores de software em 2001 no estado de Utah, Estados Unidos. Mesmo envolvidos com métodos diferentes, cada um deles contava com princípios semelhantes.

Todas as metodologias ágeis, em geral, baseiam-se em um planejamento adaptativo às demandas, times auto-organizados e multidisciplinares, melhoria contínua das atividades e desenvolvimento incremental.

Como aplicar na gestão de equipes

Você pode pensar que a realidade das metodologias ágeis somente se aplica ao desenvolvimento de software, não é mesmo? Contudo, ao observarmos o Manifesto do qual todas elas derivam é possível adaptar os métodos a qualquer equipe.

O principal ponto a ser observado é repensar a gestão de projetos levando em conta os princípios ágeis como indivíduos e interações, mais que ferramentas e processos.

É uma maneira de visualizar o trabalho e a realização de tarefas que beneficiem a equipe como um todo, permitindo que cada um cumpra o seu papel com a máxima eficiência. Entre outros princípios ágeis estão:

  • satisfazer o cliente pela entrega;
  • mudanças são bem-vindas como vantagens competitivas;
  • entregas frequentes;
  • trabalho diário em equipe;
  • indivíduos motivados;
  • conversas, desenvolvimento sustentável e ritmo constante;
  • atenção à excelência técnica;
  • simplicidade;
  • auto-organização;
  • busca constante por eficiência.

Todos os princípios utilizados para o desenvolvimento das metodologias ágeis podem ser facilmente trazidos para o contexto de qualquer outra equipe que está além do desenvolvimento de software, como marketing, vendas e outras.

No entanto, apenas aplicar os princípios sem nenhum tipo de orientação pode ser um grande desafio. É aí que entram os métodos ágeis derivados do Manifesto Ágil, pois permitem que o gestor encaixe as recomendações em sua gestão.

Quais metodologias ágeis existem

Hoje, já existem uma série de metodologias que podem ser aplicadas tanto para o desenvolvimento de software quanto para a gestão de projetos ou empresas. Vamos citar duas das mais conhecidas.

Scrum

O Scrum atua basicamente em três frentes distintas e complementares: dividir, analisar e adaptar. Aqui os pontos centrais são as Sprints, períodos de tempo pré-definidos não maiores que 4 semanas.

Durante cada Sprint são desenvolvidas atividades que foram priorizadas dentro do Backlog, lista de tarefas principal. Ao final do período de tempo, todos as tarefas têm de ser entregues, sempre visando a qualidade.

São feitas reuniões diárias, com duração muito rápida, apenas para verificar o andamento de cada tarefa e identificar qualquer tipo de dificuldade que os membros do time estão passando.

Outro ponto interessante é a criação de papéis bem definidos e suas responsabilidades, entre eles estão:

  • Product Owner — dono do produto e quem prioriza as tarefas mais importantes;
  • Scrum Master — gerente do projeto e responsável pelo time;
  • membros da equipe — qualquer colaborador que esteja participando das atividades.

Durante a divisão das tarefas é levado em consideração a experiência de cada um dos membros do time, evitando, assim, que alguém que não possua determinado conhecimento acabe por ter de desenvolver uma tarefa que lhe é estranha.

Kanban

O Kanban é um método para a gestão de trabalho que há tempos já migrou para o gerenciamento de projetos, isso porque sua principal vantagem é trazer a possibilidade de visualização do andamento das tarefas.

Para a utilização do Kanban é preciso primeiro realizar a divisão de todo o projeto em pequenas unidades de trabalho: as atividades, que serão inseridas, cada uma, em um pequeno post-it.

Com isso, deve-se realizar a divisão de um quadro de acordo com as etapas pelas quais uma tarefa deve passar. Por exemplo, “A fazer”, “fazendo”, “feito”. Todas as atividades começarão no primeiro conjunto, conforme forem desenvolvidas, vão passando pelos outros dois.

Assim, o gestor tem uma visão do andamento do projeto como um todo: quantas tarefas faltam para a sua conclusão, quais estão em desenvolvimento e o que já foi feito.

Dicas práticas para aplicação das metodologias

Ok, agora você já sabe o que são metodologias ágeis e conhece dois dos principais métodos utilizados hoje nas empresas, mas ainda faltam algumas dicas práticas, você não acha?

Entenda seu papel

O primeiro passo é que cada um entenda o seu papel dentro da nova realidade. Um dos principais problemas com a inserção de mudanças nas empresas é a resistência dos colaboradores. É preciso que o gestor seja um promotor das ideias ágeis e suas vantagens.

Busque por feedbacks

Os frameworks são guias para o sucesso da metodologia e não uma resposta pronta. Alguns pontos podem não funcionar em um primeiro momento. O ideal é buscar feedbacks com a equipe para adaptar todo o método às suas necessidades.

Foque na qualidade

É preciso lembrar que o principal objetivo da aplicação das metodologias ágeis é melhorar a eficiência da gestão e sua qualidade. Caso você comece a engessar processos para que se adaptem à metodologia, está cometendo um erro. O método deve se adaptar à empresa.

Como as metodologias ágeis evoluíram no meio digital

No princípio, as metodologias ágeis eram compostas de livros ou documentos, os quais deveriam ser lidos e entendidos por qualquer pessoa que tivesse o intuito de aplicá-las.

Contudo, com as novas tecnologias essa realidade ficou para trás. Hoje os métodos ágeis estão plenamente difundidos ao redor do mundo e são largamente utilizados na gestão de desenvolvimento de software e empresas.

Com isso, pudemos observar o surgimento de uma série de ferramentas e soluções que auxiliam o gestor a pôr em prática todas os requisitos para a implantação e controle de um método ágil.

Entendeu?

Empreendedor Digital | Programador

É um programador que gosta de criar negócios digitais. Com um estilo de vida de Nômade Digital, trabalha remotamente para ajudar as empresas na sua Transformação Digital enquanto viaja pelo mundo. Sempre em busca de conhecimentos, procura estar a frente do mercado para que possa tomar decisões assertivas.