A influência das métricas de marketing no planejamento estratégico empresarial

A influência das métricas de marketing no planejamento estratégico empresarial

Uma das principais  vantagens do universo digital é a profundidade que podemos dar às análises de desempenho: visitas no site, taxas de conversão, ROI, tempo de permanência nas páginas, ciclo de vendas, praticamente tudo pode ser mensurado ou estimado. Toda essa capacidade de apurar resultados é imprescindível para o planejamento estratégico empresarial, pois pode nortear a tomada de decisão estratégica e permite que gestores sintam-se seguros diante de um mar de incertezas..

Analisar pequenos resultados, buscar estatísticas simples e replicar ações que tiveram bom retorno são ações práticas e simples de se fazer, que ao longo do tempo podem trazer um grande impacto no desempenho do seu time de marketing e vendas, que aliás podem ser realizadas por qualquer pessoa.

Analisando métricas de marketing:

Desmistificando e quebrando mindsets

O primeiro passo rumo a uma cultura de resultados no planejamento estratégico empresarial é acabar com o mindset de que avaliar resultados e propor melhorias é uma função da alta gerência ou de um funcionário específico. É claro que existem métricas mais complexas e que requerem análises profundas, mas muitas vezes podemos trazer resultados relevantes com pequenas mudanças no nosso dia a dia. Mais fácil do que ter uma única ideia genial que vai trazer um crescimento de 50%, é ter 10 pequenas ideias simples que resultem em ganhos de 5% cada.

Redação de conteúdo

Escolher as palavras certas pode fazer uma grande diferença. Não acredita? Então leia esse relato de Marcos Gomes, em que ele explica como uma mudança de frase melhorou a taxa de conversão do seu site em 48%.

As frases e chamadas de um texto têm um grande poder na percepção do usuário, e uma simples troca pode alterar toda a essência de uma mensagem. Vale a pena estudar bastante na próxima vez que for escolher o assunto de um e-mail, o texto para uma CTA ou mesmo o título para um blog post. Aqui a ideia é inovar: faça testes com diferentes hipóteses e, ao perceber que determinada tática trouxe mais resultado que outra, adote-a e replique-a.

Cabe ressaltar que um conteúdo relevante é fundamental, ou seja, de nada adianta um título sexy se o conteúdo não entregar aquilo que a chamada prometeu.

Design / criação

Muitas vezes o trabalho dos designers acaba passando batido quando pensamos em métricas de marketing no planejamento estratégico empresarial, mas essas tarefas também podem ser otimizadas pensando em resultados anteriores. Ao enviar um e-mail marketing, por exemplo, o layout e a forma com que as informações são apresentadas são cruciais na decisão do usuário de clicar no conteúdo. A escolha de cores, imagens e fontes em um display de remarketing também são fatores-chave para o sucesso de uma campanha no Google Adwords.

Além dos aspectos estéticos, o design tem a responsabilidade de planejar a organização de elementos de forma a atrair a atenção do usuário. Nesse sentido, o designer ganha uma importância estratégica, visto que seu trabalho irá direcionar o comportamento da pessoa. Se você ainda não entende a importância do design, recomendo conhecer alguns motivos para parar de ignorar o design na estratégia de inbound marketing.

Desenvolvimento / programação

O trabalho da equipe de desenvolvimento no planejamento estratégico empresarial também pode ser orientado de acordo com as métricas de marketing e estatísticas de navegação. Análises baseadas em heatmaps, que mostram as áreas onde se concentram o maior volume de interações ou visualizações, por exemplo, permitem entender quais alterações no site podem melhorar a usabilidade e os índices de conversão (ferramentas como Hotjar e Luckyorange podem te auxiliar com isso).

O desenvolvimento também requer análises aprofundadas quanto ao comportamento de usuários na internet. Unindo forças com os profissionais do design, os desenvolvedores precisam planejar sites e blogs que tragam resultados e se adequem ao uso do visitante – e para isso, precisam constantemente monitorar o progresso e realizar ajustes condizentes.

Google Analytics

O Google Anaylitcs é uma ferramenta que permite fazer a leitura de dados importantes para site. O sistema oferece um código em JavaScript para ser incorporado em cada página que deva ser monitorada, assim, dados são coletados e transformados em estatísticas.

A partir dessas informações é possível saber números de acesso, localização geográfica dos internautas, forma com a qual chegaram até seu site, sistema operacional e navegador utilizado, resolução de tela, entre outras informações em períodos diários, semanais, mensais e anuais.

O Analytics, além de suas funcionalidades, aponta para uma filosofia de negócio onde se prioriza a melhoria contínua e cada métrica revela uma oportunidade de otimizar seu site.

Através de informações obtidas com o Google Analytics é possível personalizar seus métodos de abordagem na internet e conquistar aumentos em conversões no seu planejamento estratégico empresarial. A presença online funciona como uma ferramenta de branding e um gateway de e-commerce. O website de sua empresa precisa apresentar de maneira completa a amplitude de sua marca, além de exibir conteúdo ou produtos de forma estratégica, visando seu público-alvo.

A web analytics é a área do marketing responsável por fazer o monitoramento de audiências em sites. Um meio que, cada vez mais, está se tornando imprescindível para realizar estudos de mercado mais eficientes, como age seu público-alvo.

Definir as KPIs no seu planejamento estratégico empresarial

Definir as KPIs de cada entrega e deixá-las claras aos membros da equipe também pode auxiliar no processo de planejamento estratégico empresarial– se uma pessoa souber qual o seu trabalho e como será analisado seu sucesso, com certeza agirá de forma estratégica para atingir tais metas.

O procedimento é essencial para analisar os resultados com qualidade. As decisões da empresa, como mudança de um detalhe em algum setor da companhia, podem ser feitas com base no relatório de KPIs. Isso garante que qualquer alteração está sendo realizada a fim de melhorar as falhas, o que é essencial para o desenvolvimento de qualquer projeto.

Como criar indicadores inteligentes

Os indicadores servem para elevar a visão do negócio e refletir em todas as partes que estão envolvidas no processo, para dessa forma colher os resultados pretendidos para melhorar as estratégias de marketing. Por exemplo, ao usar a KPI de falha e reclamação, você percebe em que setor ocorre maiores lamentações, e dessa forma corrige o problema para evitar falhas no futuro que podem prejudicar a imagem de sua empresa.

Falhas e reclamações

Você sabia que as reclamações de seus consumidores aparecem por algum tipo de falha em alguma etapa? É necessário descobrir em que momento elas acontecem e gerar soluções a fim de evitar o desperdício de dinheiro e tempo com as lamentações dos seus clientes. Com a medição dos KPIs, você evita as reclamações no futuro por ter solucionado o que causava tal fato. Por exemplo, um cliente reclamou sobre a demora no prazo de entrega de tal produto. Ao medir essa falha, a companhia consegue notar o motivo do atraso, para dessa maneira evitar problemas semelhantes com outros consumidores. Sabemos que a satisfação do cliente é um dos pontos mais importantes na trajetória de sucesso de qualquer empresa.

Geração de valor

Os indicadores no seu planejamento estratégico empresarial precisam ser usados com o objetivo de gerar algum valor ao consumidor, e não de apenas diminuir as despesas e aumentar seus lucros. Lembre-se que uma coisa deve ser proporcional à outra, sendo que conforme seu cliente é valorizado, os resultados começam a surgir. Ao gerar valor ao seu cliente, a taxa de conversão de visita para venda tende a aumentar, já que ele notará que precisa de tal produto para atender todas as suas demandas.

Investimento

Os investimentos inteligentes compreendem as estratégias de marketing que estão no caminho certo. Dados como estes são fundamentais para gerar novas ideias que vão contribuir para o planejamento estratégico empresarial. Veja nessa fase como estão os índices de engajamento para descobrir se o investimento está no caminho correto e dando o retorno esperado ao seu negócio. Se em algum momento o retorno está muito abaixo da expectativa, a medição aponta para falhas por algum motivo na fase de investimento. As análises das KPIs devem apontar os erros para corrigir o rumo do investimento nos setores da empresa.

Foco nas pessoas

Consumidores, colaboradores e toda a equipe envolvida para que o trabalho de fato dê o resultado desejado são o real motivo do seu negócio. Refletir sobre as reais necessidades do seu público, tanto externo quanto interno, é importantíssimo para achar as soluções com foco em resultados comprovados. Ao focar em seus clientes, a medição da qualidade se eleva nos relatórios, já que quem faz o nome de sua marca são de fato seus consumidores.

Pontos fracos

Ao usar os indicadores de performance, você pode se focar nos pontos fracos da empresa e, dessa forma, achar soluções para resolvê-los. Vale citar que são os pontos fracos que barram o crescimento da empresa e impedem a eficiência do negócio, não importa o ramo de atuação. Analise com cuidado cada ponto fraco encontrado na medição de qualidade para dessa forma corrigir o que está sendo um obstáculo para seus negócios.

Faça adaptações

Se o resultado almejado no seu planejamento estratégico empresarial não era o que a companhia esperava é porque alguma coisa deu errada no processo das estratégias. Usando da melhor forma os indicadores, você consegue acompanhar o procedimento desde seu início, procurando as falhas e assim encontrar uma solução para cada uma delas. Os relatórios são importantíssimos para você verificar os resultados das medições e fazer as alterações necessárias para o sucesso do projeto.

Estratégias novas

Estimular novas ideias por meio dos dados obtidos com os relatórios dos KPIs é a peça-chave para atingir o resultado pretendido no seu planejamento estratégico empresarial. Nessa fase, vale usar e abusar da criatividade para encontrar simples soluções para problemas que você acreditava que iriam dar dores de cabeça.

Como trazer isso para o dia a dia?

A primeira dica é experimentar – apostar no novo e mudar para colher resultados diferentes. Fazer testes A/B, para comparar duas propostas é algo simples e que pode trazer grandes descobertas no seu planejamento estratégico empresarial. Muitas empresas iniciam suas práticas de marketing digital sem saber ao certo o comportamento e as preferências de seu público na internet, e os testes A/B podem auxiliar a clarificar o que trará mais resultado diante de determinado cenário.

Outro ponto importante na sua rotina é buscar por números que balizem a sua decisão e sugiram uma possibilidade de melhoria dentro e fora do seu planejamento estratégico empresarial.

Procure no histórico de análises por possíveis variações súbitas de desempenho e, em seguida, uma justificativa para esse comportamento. Descobrir qual foi a causa de um bom crescimento e replicá-la é uma prática que qualquer um pode fazer diariamente.

Quer se planejar melhor? Comece entendendo o que é Transformação Digital.