A inovação tecnológica está remodelando a evolução do mercado, influenciando, também, o comportamento do consumidor. Especialistas têm chamado esse processo de “darwinismo digital”, onde a sociedade, motivada pela tecnologia, evolui continuamente, fazendo com que as marcas mais adaptáveis sobrevivam e prosperem.

De acordo com os resultados de pesquisas recentes, este é o momento para o setor de marketing repensar seu papel dentro das empresas, tornando-se parceiro estratégico na experiência do cliente, crescimento de negócios e inovação.

Hoje, os consumidores estão cada vez mais conectados, informados e capacitados. Suas expectativas incluem o acesso a informações relevantes e experiências personalizadas, fatores decisivos na hora de escolher um produto ou marca.

Diante desse novo cenário, os padrões de excelência de atendimento se tornam cada vez mais elevados, exigindo que as empresas se adaptem ao novo. Sobre o assunto, vale ressaltar que as recentes tecnologias não estão apenas permitindo que o consumidor esteja mais engajado, mas também que os profissionais de marketing revejam sua função para se tornar um meio de crescimento para as organizações.

Tendo como base a experiência do cliente, analistas acreditam que uma nova geração de marcas está chegando. Ao que tudo indica, o movimento deve colocar o consumidor no centro dos esforços de transformação digital, fazendo com que as empresas utilizem criatividade e tecnologias inovadoras para encontrar formas de acessar o público.

Uma das vantagens da jornada do consumidor digital é que as empresas têm acesso a uma enorme quantidade de dados em tempo real. As marcas que estão em processo de transformação digital investem na coleta e análise dessas informações para trabalhar a inovação da experiência do consumidor e se tornar relevante diante da acirrada concorrência pela atenção do público conectado.

A digitalização permite avaliar praticamente tudo sobre o cliente. Hoje, as empresas conseguem ter acesso a informações valiosas, que podem virar insights sobre a intenção, comportamento e as expectativas do consumidor, além de levantar as dificuldades no processo de compra. Com o poder de acompanhar as percepções do cliente em tempo real, as marcas vêm adotando tecnologias disruptivas, como inteligência artificial, machine learning e plataformas mobile, para inovar a jornada do cliente. O objetivo é oferecer experiências cada vez mais personalizadas, impulsionar a fidelização e o crescimento dos negócios.

Em um mercado onde diversas empresas investem no digital para competir por atenção, o trabalho voltado para a experiência do cliente pode ser uma vantagem. Focando no consumidor, o marketing aumenta sua influência e contribui diretamente para o resultado final, e junto ao CDO, torna-se capaz de colaborar para a competição das marcas a partir da evolução das iniciativas de desenvolvimento de recursos relevantes aos negócios.

Fonte: Forbes

transformacao-digitalTransformação Digital
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transformação Digital 9 segredos para melhorar o atendimento ao cliente
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Telecom São Paulo ganha 501 novos pontos de acesso à rede pública de WiFi
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]