A pandemia de Covid-19 gerou mudanças bruscas em uma série de rotinas pessoais e corporativas. E é aí que entra o papel das ideias de organização de eventos corporativos. 

Entre as principais adaptações exigidas no âmbito profissional, certamente aparece a que envolve o mindset de gestores e funcionários. As estratégias de engajamento do público no meio online, por exemplo, demandam criatividade e planejamento. 

Os eventos à distância, cada vez mais comuns e capazes de entregar maior eficiência, precisam ser experiências verdadeiramente memoráveis para a audiência. Ficou interessado no conteúdo? Então continue a leitura.

Qual deve ser o foco da organização de eventos corporativos?

De tecnologia a entretenimento, passando por saúde, bem-estar e conhecimento, não faltam alternativas. Para ficar por dentro do assunto, continue conosco na leitura deste post e veja as 9 ideias que listamos a seguir!

1. Ilustrações em tempo real

Informação, diversão e o mais importante: alto poder de compartilhamento. As ilustrações em tempo real cresceram a ponto de virar forte tendência em eventos online. Trata-se de uma excelente ferramenta na busca pelo engajamento da audiência com um conteúdo específico.

A partir de uma seleção criteriosa dos artistas, a marca garante originalidade, agregando elementos inesperados ao evento. O talento dos ilustradores desenvolve obras de arte enquanto ocorrem as discussões principais do painel, disponibilizando uma representação gráfica dos tópicos abordados.

Também chamada de escrita digital ao vivo, essa prática cumpre função valiosa, ainda, na coleta de insights para aplicação em futuras campanhas de marketing. De quebra, conforme observamos, dão um olhar único à sessão durante seu desenrolar.

2. Jogos ou competições em tempo real

A instantaneidade é uma das grandes características do mundo moderno, marcado pela volatilidade dos conteúdos e pela disputa da atenção dos usuários na internet. Portanto, mais um tópico traz à tona esse fator, agora com o poder de jogos que acontecem durante o evento.

O caráter competitivo ajuda a engajar o público, ao mesmo tempo em que carrega uma função explicativa sobre o tema em questão. São demonstrações envolventes, especialmente quando prezam pela objetividade, aspecto essencial para que as pessoas não percam a atenção e deixem de acompanhar o conteúdo.

A criação de uma disputa, mesmo que simples, desperta a curiosidade, mantendo mais usuários interessados no desenrolar. É interessante a ideia, por exemplo, de elaborar ”batalhas” entre expositores do evento: cada marca apresenta suas credenciais e a audiência, então, vota para definir o ganhador. 

3. Conteúdos sob demanda com alto valor de produção

É fato que, na organização de eventos corporativos, transmissões ao vivo cumprem um papel muito importante. Por outro lado, existem outras abordagens que funcionam bem para atingir os objetivos, e uma delas consiste no desenvolvimento de conteúdos gravados, marcados pelo alto valor de produção.

Alternativas gravadas possibilitam benefícios como a flexibilidade de edição e aprimoramento. Assim, a marca consegue entregar à audiência um material mais rico e detalhista, se julgar necessário. Tudo é baseado nas demandas do público, permitindo que, apesar da perda do engajamento instantâneo, colha-se ótimos frutos.

Os conteúdos gravados ainda reduzem problemas como os fusos horários, dependendo do porte do evento, e aqueles relacionados à conexão de internet do transmissor. Ao disponibilizar materiais já prontos e bem elaborados, há mais uma vantagem: tamanha personalização melhora a experiência dos usuários, que escolhem o que assistir.

4. Recomendações geradas por Inteligência Artificial (IA)

A Inteligência Artificial vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Trata-se de uma opção incrível para customizar a produção de conteúdo e otimizar a experiência da audiência em um evento.

Recomendações geradas por IA variam de acordo com a plataforma de realização do evento. Porém, elas permitem que se dê espaço a materiais relevantes para as pessoas, com base no comportamento delas.

A personalização da entrega de conteúdos em um evento online aumenta sua originalidade, criando uma relação mais próxima com o público. Usar essa ferramenta na organização de eventos online traz mais interatividade para o público e torna o evento algo ainda mais relevante para eles.

5. Ambientes imersivos

No quesito organização, eventos corporativos exigem a devida preocupação com a experiência do usuário. E sim, esse conceito aparece outra vez no post, pois é o responsável por nortear o nível de credibilidade junto à audiência. Em um cenário assim, a imersão desempenha função essencial para cativar as pessoas.

Projetar espaços virtuais em espaços físicos eleva os índices de interação, a partir da possibilidade de acesso a diferentes aspectos do evento. Hoje em dia, já existem recursos que funcionam como janelas de bate-papo reais, estimulando a troca de ideias entre participantes do evento.

O formato virtual aproxima indivíduos da realidade, tornando toda a experiência mais imersiva e diferenciada. Nesse sentido, os elementos de design causam grande impacto, já que o layout das telas determina quais as sensações despertadas no público.

6. Entretenimento virtual

A passagem do evento para o ambiente online, por si só, não pode ser a única maneira de transmitir entretenimento à audiência. Pelo contrário: abre-se uma gama de oportunidades exploráveis no meio digital, inclusive adaptando práticas comuns fisicamente.

Prova disso foram as inúmeras lives de shows musicais, ainda no começo da pandemia. Ficou claro que qualquer indústria de entretenimento tem mercado 100% digital, basta criatividade.

Todas as plataformas de mídia apresentam singularidades de publicação de conteúdos, ou seja, é necessário filtrar e avaliar o potencial de cada uma segundo as intenções do evento. Pense em formas de entretenimento presencial e, em seguida, inicie o processo de lapidação para passá-las ao espaço digital.

7. Atividades voltadas a saúde e bem-estar

Durante esse período de maior tempo em casa, saúde e bem-estar ganharam importância. Para quem respeita o isolamento, vídeos online para orientar a prática de atividades físicas representam um grande diferencial.

Por isso, a organização do evento online pode incorporar dicas de exercícios à agenda, adicionando uma nova estratégia de geração de valor ao público. Até mesmo a meditação, hábito excelente para a saúde mental, é aproveitável.

8. Incentivos ao engajamento

Não importa se o ambiente do evento é físico ou online: brindes interessantes sempre atraem a atenção da audiência. As recompensas podem ser igualmente virtuais, mas também existe a possibilidade de realizar o envio de determinado item, aproveitando o caráter mais global do evento.

Os critérios de participação devem, é claro, propiciar visibilidade à marca. Nas redes sociais, o compartilhamento de publicações, especialmente marcando amigos e seguindo páginas, garante o aumento significativo do alcance futuro, ampliando a relevância da empresa.

Depois, basta selecionar o brinde e fazer o sorteio, deixando as regras bem claras e divulgando o resultado com transparência. Adesivos, bolsas, camisetas, acessórios de moda… Não faltam alternativas.

9. União por um propósito em comum

Causas comuns despertam sentimentos de união e aproximam não só pessoas, como marcas também. Nesse cenário, dependendo das circunstâncias, é válido procurar parcerias, em nome de uma causa, para criar um evento único, compartilhado e com alcance maior.

A credibilidade das duas marcas cresce, e o relacionamento de ambas com o público vai na mesma linha, já que existe um senso de união bem claro.

Com as dicas do post, você certamente está mais preparado para pensar em estratégias inovadoras de engajamento da audiência. A sua organização de eventos corporativos, então, ganha eficiência para fomentar um crescimento contínuo e saudável, adequando-se ao que há de mais moderno.

O que achou do post? Foi útil para você? Então, aproveite e compartilhe o conteúdo nas redes sociais para que seus amigos também confiram!

 

recursos-humanosRecursos Humanos
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos 7 motivos indiscutíveis do porque sua empresa deveria estar fazendo eventos online em 2021
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos 5 coisas que você precisa saber antes de contratar uma empresa para organizar seu evento online
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]