Qual a importância das soft skills em vendas e quais as mais úteis

Entenda o que são soft skills de vendas e como desenvolvê-las!

O que define um vendedor de sucesso? O número de vendas que ele fecha para uma empresa? Bem, na verdade, avaliar o sucesso e o desempenho de um profissional em vendas é um pouco mais complexo do que isso. Afinal, em uma área onde fatores como persuasão, boa comunicação e empatia contam bastante, não são apenas números que refletem as qualidades de um bom vendedor.

Um bom profissional da área de vendas é um conjunto de competências e habilidades técnicas (hard skills) com as habilidades e atributos subjetivos (soft skills). Mais do que números, portanto, o desenvolvimento de algumas características pessoais podem ser determinantes para que um profissional se destaque na área de vendas e gere mais resultados. Porém, quais são as soft skills em vendas que fazem a diferença? Para saber, não deixe de conferir!

O que são soft skills?

Antes de falarmos sobre a importância de determinadas soft skills em vendas, vale a pena entender um pouco sobre o que são soft skills.

Soft skills nada mais são do que atributos e competências pessoais que auxiliam colaboradores a refinar sua interação com a empresa. São características desejáveis em um profissional, mas que são extremamente pessoais.

Habilidade para trabalhar em grupo, falar bem em público, ser criativo, ser flexível, se adaptar facilmente às mudanças, trabalhar bem sob pressão, entre outras características são exemplos de soft skills.

A boa notícia é que, mesmo que um vendedor não conte com algumas soft skills em vendas que são de grande utilidade, elas podem ser desenvolvidas e melhoradas. Obviamente, isso requer esforço e dedicação, mas os resultados valem muito a pena!

Desenvolver e melhorar soft skills é um belo exercício de autoconhecimento. E, o que pode ser mais valioso do que aprender sobre si mesmo?

Soft skills em vendas

Na área de vendas, as hard skills são atributos simples, tanto para aprender quanto para medir. Porém, as soft skills são um pouco mais complexas. Para quem atua na área de vendas habilidades como se relacionar bem, inteligência emocional, carisma e até confiança são soft skill que fazem a diferença. Afinal, vendas são centradas no comportamento do consumidor. Logo, habilidades que ajudam a perceber e interagir com quem compra tem um grande valor.

Abaixo separamos algumas das soft skills em vendas que são úteis para quem atua na área, além de algumas dicas para desenvolver e melhorar essas habilidades no seu dia a dia!

01. Boa comunicação

Apresentar um produto, conversar com um cliente, falar ao telefone, enviar e-mails. Boa parte das tarefas que envolvem o dia a dia de um vendedor são centradas na comunicação. Logo, saber como se comunicar e transmitir a sua mensagem é essencial para qualquer vendedor. Além da persuasão, é fundamental que o vendedor seja claro e saiba como colocar as suas ideias, sem que para isso seja necessário recorrer as frases de efeito ou jargões.

O segredo para se comunicar bem é sempre ter o foco na sua audiência. Mas do que saber o que dizer, é preciso adequar sua mensagem ao seu interlocutor. Há vendedores que falam da mesma forma com prospects e o gerente de vendas. E, isso obviamente, não pode gerar bons resultados. Afinal, estamos falando de interlocutores aqui com desejos, ideias, propostas e objetivos diferentes.

Melhorando a comunicação

Uma boa dica para quem quer melhorar essa soft skill em vendas é gravar suas conversas do dia a dia e depois escutá-las. Com certeza, ouvindo as suas próprias falas você será capaz de identificar pontos positivos e negativos e tomar nota daquilo que você pode melhorar.

Outra boa dica é gravar conversas com os clientes. Ouvindo o diálogo, você também consegue avaliar as reações do cliente diante da sua comunicação. Isso ajuda de forma significativa a melhorar não apenas a comunicação, como o relacionamento.

02. Empatia

Empatia é a capacidade que um indivíduo tem de se relacionar com as experiências emocionais de outra pessoa. Em outras palavras, um indivíduo que é empático tem a capacidade de compreender o outro e, a partir dessa compreensão, consegue construir relacionamentos melhores.

Melhorando sua capacidade de ser mais empático

A melhor maneira de ser mais empático é se colocando no lugar o outro. A maioria das pessoas, quando está diante de uma situação que não concorda ou que não lhe agrada, costuma julgar ou defender o seu posicionamento. Ser empático significa segurar esse ímpeto e buscar entender o ponto de vista alheio.

Para vendedores, uma abordagem empática é essencial, afinal, as vendas devem ser sempre centradas no cliente. Um bom vendedor é aquele que sabe entender as necessidades do cliente, mesmo que ele não as diga. Pelo simples fato de se colocar na posição dele, fica mais fácil compreender quais são os seus desejos e dores e, naturalmente, fica mais fácil conduzir a negociação ou mesmo a apresentação de um produto ou serviço.

03. Integridade

Ser íntegro significa ser honesto, transparente e confiável. Mas, mais do que isso, ser íntegro também significa ser responsável, especialmente pelos seus erros. Vendedores, naturalmente, precisam demonstrar certeza e segurança com relação ao que estão vendendo. Por isso, muitas vezes quando erram diante de um cliente, tem dificuldade de assumir.

Porém, desculpar-se e mostrar sua disponibilidade em não cometer a mesma falha é muitas vezes o melhor caminho, especialmente para construir uma relação de confiança. Muitos clientes se tornaram clientes porque confiam no vendedor. Logo, a integridade é uma das soft skills em vendas que tem um grande valor.

Como ser mais íntegro

Relacionamentos fortes são a base de qualquer venda. Por isso, desenvolver habilidades que reforcem a confiança e a transparência sempre é algo positivo. Uma boa dica para quem quer ser mais íntegro é agradecer as pessoas quando elas te fazem críticas ou apontam um erro seu. Não queira ter razão ou se defender. Considere sempre a crítica e agradeça.

04. Foco

Ter foco pode significar diferentes coisas. Em curto prazo, por exemplo, ter foco significa a capacidade de executar uma tarefa complexa, sem se distrair. Já a longo prazo, ter foco significa abrir mão do prazer imediato, para conquistar objetivos maiores. Quem tem foco, em geral, consegue ter um panorama amplo de uma situação e tem clareza sobre as consequências das suas atitudes.

O foco, sem dúvida, é uma das soft skills em vendas, pois trata-se de um setor bastante dinâmico e cheio de altos e baixos. Se o vendedor não tiver foco para conquistar seus objetivos, dificilmente ele consegue sobreviver de forma saudável na área.

Vendedores que desenvolvem a habilidade de ter foco, conseguem enxergar além das vendas que fez hoje ou no final de semana. Esse profissional sabe que mais do que fechar o negócio, relacionamentos duradouros estão em jogo. Logo, ele se comporta de forma muito mais consciente agindo como um verdadeiro consultor e não simplesmente como alguém que quer fechar o negócio e terminar a relação ali.

Como melhorar

Vivemos todos na era da distração. Celulares, redes sociais, mensagens. A todo tempo somos convidados a perder o foco, especialmente com relação aos seus objetivos. Se você pretende melhorar o seu foco, uma boa dica é anotar diariamente as atividades ou atitudes que podem levar você até a sua meta. Defina as suas metas, avalie quais são as atitudes que devem ser feitas para você alcança-las e documente diariamente os seus passos.

05. Growth mindset

Pessoas que contam com uma mentalidade de crescimento, ou growth mindset, são aquelas que acreditam que podem desenvolver novas habilidades e podem melhorar aquelas que já possuem. Ao contrário das pessoas que tem uma mentalidade fixa, pessoas com essa personalidade tendem a superar com mais facilidade erros e fracassos, pois acreditam que estão em um processo e podem sempre melhorar.

Para o setor de vendas, contar com um growth mindset é essencial, já que falhas e erros fazem parte do caminho de qualquer vendedor. Vendedores que contam com um growth mindset tem menos medo de falhar e encaram episódios embaraçosos como um aprendizado.

Como desenvolver um growth mindset

Você é do tipo de vendedor que se penaliza excessivamente pelos seus erros e falhas? Você acredita que as habilidades que tem são essas e as suas deficiências são o motivo do seu fracasso em diversos aspectos da sua atuação? Pois bem! Para mudar um pouco essa mentalidade, a sugestão é começar a escrever quais são as suas falhas e o que você aprendeu a partir delas. Isso vai ajudá-lo a ver que nada é definitivo e que mesmo com os erros é possível aprender e melhorar.

Desenvolver soft skills em vendas é um exercício de autoconhecimento e aprendizado. Obviamente é também um desafio, pois requer persistência, dedicação e muita resiliência. No entanto, apostar nessas habilidades vale a pena. Além de te transformar como vendedor, é muito possível que você se transforme em uma pessoa melhor também!

Para continuar aprendendo, entenda agora a Transformação Digital no setor de vendas!

Co-founder & CMO na Agendor

Júlio gosta de viver simples. Toca gaita pela manhã para começar bem o dia. Empreendedor desde cedo e apaixonado por negócios, tecnologia e vendas. Atualmente aplica seu background tecnológico nas áreas de marketing e vendas do Agendor, e acredita que todas as pessoas são vendedoras de alguma forma.