Os benefícios da Realidade Aumentada para os negócios

shutterstock_390162811

De acordo com o relatório de Realidade Virtual e de Realidade Aumentada nos negócios da Digi-Capital, o mercado de RA/RV alcançará US$ 180 bilhões até 2021. Por ser uma tecnologia mais “simples”, a RA ficará com uma fatia de US$ 108 bilhões.

Outro estudo de mercado fornecido pela Juniper Research mostra que as empresas aumentarão seus lucros em US$ 2,4 bilhões em 2019 se implementarem a Realidade Aumentada. Com isso, prevê-se um investimento gigantesco nessa tecnologia, de forma que a evolução nos próximos dois anos será maior do que vimos nos últimos 10.

Por esses motivos, as empresas devem começar a acelerar a sua estratégia de Transformação Digital com a Realidade Aumentada. Entenda melhor esse cenário aqui:

Quais são os reais benefícios da Realidade Aumentada?

É uma tecnologia única

Qualquer novidade relacionada à tecnologia desaquece após algum tempo, mas até que esse ponto seja alcançado, as pessoas viralizam e muitos empreendedores ficam bilionários no processo.

A Realidade Aumentada ainda está no seu início, o que obviamente mostra o seu potencial para os próximos anos de se manter como uma tendência por mais de uma década. Portanto, o investimento nessa tecnologia não é supérfluo ou uma modinha, o que torna o momento ideal para a sua implementação.

Ajuda na personalização de conteúdo

Uma mídia personalizada é, obviamente, mais envolvente e cativante do que uma fotografia padrão ou um vídeo que não ofereça a oportunidades de interação, e a realidade aumentada pode desempenhar um papel enorme na personalização do conteúdo. Então, naturalmente, tornou-se a melhor ferramenta de promoção para muitas empresas.

Traz vantagem competitiva

O fator de novidade associado à realidade aumentada pode desempenhar um papel vital para aumentar o desejo de um indivíduo de compartilhar o seu conteúdo com os outros, seja por meio das mídias sociais ou no boca a boca.

Isso pode beneficiar bastante as empresas. Afinal, um conteúdo viral é inestimável e causa a rápida sensação de vício, fazendo com que os consumidores se esquecem completamente de seus concorrentes por um breve período.

Ajuda no pensamento tridimensional

Há algum tempo, os anúncios eram exibidos em uma interface bidimensional. Contudo, a tecnologia de RA abriu uma gama de possibilidades.

Agora, os profissionais de marketing podem pensar em formas de anunciar em 3D e de forma interativa. Isso aguça o sentido dos consumidores, permitindo que eles tenham um contato mais realista e experiencial com os produtos, o que aumenta o seu desejo de compra.

Por que 2018 está sendo o ano da Realidade Aumentada?

Grande parte da expectativa em relação à Realidade Aumentada vem do fato de a infraestrutura necessária para a sua massificação estar se consolidando.

Experiências anteriores

Com o Pokémon Go e outras iniciativas, muitas empresas aprenderam como utilizar a AR e puderam perceber o que dá certo e errado. Aprendemos, por exemplo, que é necessário fornecer aos usuários novas experiências constantemente, caso contrário, eles abandonam os aplicativos.

Códigos de programação

Toda novidade tecnológica demanda códigos avançados que podem demorar anos para serem aperfeiçoados. Porém, quando temos uma base sólida, vários códigos podem ser reutilizados, tornando desnecessário começar do zero.

Plataformas de grandes empresas

O Google e a Apple desenvolveram as plataformas ARCore e ARKit em que disponibilizam vários API (partes de código) para que os desenvolvedores de apps utilizem ferramentas de RA em seus aplicativos.

Equipamentos mais avançados

Os smartphones vêm com capacidade de processamento e memória RAM aumentada, permitindo que os pesados códigos de RA rodem bem nos equipamentos. Afinal, um app de RA que trava pode gerar resistência à tecnologia.

Quais são as aplicações da Realidade Aumentada nas diferentes áreas?

Marketing

A Realidade Aumentada muda o mundo do marketing e, se usada de forma inovadora e criativa, pode incrementar o engajamento e a fidelidade dos seus clientes com as suas marcas e produtos.

Quer um exemplo? Um shopping pode criar um aplicativo de “caça ao tesouro” em que o cliente pode, por meio das câmeras dos smartphones, escanear o local em busca de cupons de promoções. Isso certamente atrairá mais clientes.

Para as crianças, o marketing de RA pode ser ainda mais divertido, transformando o shopping em um parque de diversões onde eles poderão realizar tarefas em troca de brindes, interagir com personagens virtuais etc.

Vendas

O maior problema de produtos, como móveis e objetos de decoração, é a impossibilidade de você saber como eles vão combinar com o ambiente da sua casa. Esse problema foi resolvido pela IKEA com um aplicativo de Realidade Aumentada.

Com ele, o cliente tira uma foto do ambiente a ser decorado e pode experimentar como o objeto se encaixa na decoração, é possível, inclusive, mudar o tamanho e as cores desses objetos para observar as variações. Desse modo, o usuário acaba se sentindo um designer de interiores e se empolgando com a compra de alguma combinação que achou ideal.

Medicina

Os aplicativos voltados para a medicina são um dos grandes sucessos nas lojas de aplicativos, sendo os mais populares depois dos jogos. Com esse avanço, a RA pode ajudar os médicos na hora de diagnosticar os pacientes.

Ele pode, por exemplo, parear lado a lado o paciente e o resultado de uma tomografia de modo em que o médico possa comparar o aspecto físico com o exame de imagem.

Mapas e turismo

O RA pode fornecer mais informações sobre todos os lugares que você deseja visitar. Nesse caso, usando a câmera do celular integrada a um aplicativo de mapa, o cliente poderá visualizar quais são os comércios que estão naquelas construções. Inclusive, eles podem também ter acesso a avaliações e experiência de outros usuários.

Os museus também podem colocar essa tecnologia a seu favor, dando mais informações sobre as obras quando o visitante passar a câmera em frente a elas.

Visualização de dados

Análises e estatísticas são muito difíceis de entender sem visualização. É para isso que existem gráficos, tabelas e infográficos — que nos ajudam a visualizar as informações e apresentar números puros. A AR pode ser uma grande ajuda para mostrar dados e compartilhá-los. Então, por que não adicionar outra dimensão aos seus dados e dar vida a eles?

Educação

Imagine o quão interessantes as aulas seriam obtidas se os professores usassem tecnologias de AR. Eles poderiam pedir os alunos a usar seus smartphones para visualizar batalhas e eventos históricos no meio da sala.

Se as escolas já estão se tornando digitais, com computadores e apps móveis em sala, pense no que poderia ser feito com AR. Os alunos poderiam passear por uma célula humana ou ver uma galáxia 3D nas telas de seus smartphones ou tablets. Ciência, história, biologia — tudo ficaria instigante com a ajuda de AR.

Os benefícios da Realidade Aumentada nos negócios são muitos e essa nova era mudará radicalmente o mundo do marketing e das vendas nos próximos anos. Esse mercado vai crescer exponencialmente e ainda está longe de visualizarmos seu “limite” de crescimento. Por isso, as empresas devem buscar investir em RA o quanto antes para colher o máximo de seu potencial.

Quer conhecer melhor como as novas tecnologias estão mudando completamente o nosso mundo? Então acesse agora nosso infográfico “A linha do tempo das tecnologias emergentes”!