Caso você faça uma leitura constante de blogs e revistas de tecnologia já deve ter ouvido falar em Data Warehouse não é mesmo? No entanto, pode ser que você ainda não saiba realmente do que essa tecnologia se trata ou quais seus principais usos.

Neste post, de modo didático, vamos explicar para você o que é o Data Warehouse, como funciona esse tipo de banco de dados e quais são suas principais aplicações.

O que é Data Warehouse?

Há algum tempo atrás os projetos de Data Warehouse acabavam por se confundir com Business Intelligence, isso porque esse tipo de armazenamento é utilizado para lidar com os grandes volumes de dados necessários ao BI.

Contudo, hoje esses dois conceitos já se encontram bem divididos e fica claro que, mesmo se complementando, são tecnologias diferentes. O Data Warehouse se trata de um sistema de armazenamento de dados, recebendo informações de diferentes fontes, internas e externas.

É o principal responsável por agrupar todo o conhecimento da empresa, proveniente de seus departamentos, eliminando ruídos e reunindo uma base sólida de informações.

É comum em muitas empresas que dados coletados em diferentes setores, relativos a uma mesma informação, não estejam de acordo. O Data Warehouse acaba com esse tipo de situação, recebendo o conhecimento de todas as fontes e realizando uma integração.

Principais componentes de um Data Warehouse

Vamos listar alguns dos componentes básicos existentes dentro de uma arquitetura genérica de Data Warehouse como exemplo.

Fonte de dados

Abrange a origem de todas as informações que serão armazenadas e posteriormente processadas pela estrutura — é compreendida pelos sistemas OLTP, arquivos com diversos formatos, sistemas utilizados na empresa, entre outras portas de entrada;

ETL

Proveniente do inglês Extract, Transform and Load, é a atividade de condução das informações das fontes até o local de armazenamento definitivo do Data Warehouse — é de sua responsabilidade as tarefas de extração, tratamento e limpeza das informações, além da inserção na base de dados;

Staging area

É um tipo de armazenamento temporário situado dentro da atividade de ETL — sua responsabilidade é auxiliar na transição das informações entre a fonte e o destino final;

Data Warehouse

É a estrutura de banco de dados do sistema em si, responsável por armazenar todo o conhecimento coletado na empresa — apenas as informações relevantes e com valor estratégico devem ser armazenadas no Data Warehouse;

Data Mart

Estrutura similar ao DW, no entanto, com proporção menor, já que sua responsabilidade é armazenar subconjuntos de informação;

OLAP

Online Analytical Processing são as ferramentas de análise do Data Warehouse responsáveis por tratar as informações armazenadas para encontrar conhecimento estratégico;

Data Mining

Processo de mineração de dados composto por uma série de soluções para buscar por correlações e padrões entre os dados armazenados;

SQL

Structure Query Language é a linguagem utilizada universalmente por sistemas de banco de dados relacionais e por meio de códigos baseados nessa linguagem são colhidas as informações dentro do Data Warehouse.

Como funciona?

A principal função de um Data Warehouse é armazenar informação histórica e sua vantagem é poder receber dados de diferentes aplicações ao mesmo tempo, centralizando todo o conhecimento da empresa.

Imagine que você possua um sistema de estoque e outro de vendas. Quando você realiza um determinado negócio, o vendedor não tem como saber se aquele item realmente existe no armazém ou se está estocada a quantidade necessária.

Ao unificar todas as informações da empresa, esse tipo de situação deixa de ocorrer e todos os departamentos têm acesso a dados estratégicos que podem melhorar os resultados da empresa como um todo.

Como ele é utilizado nas empresas?

Uma das principais utilizações do Data Warehouse hoje, em diversas companhias, é no apoio estratégico a estruturas de Business Intelligence. Esse tipo de software só é funcional quando acompanhado por um volume gigantesco de dados que possa ser analisado para encontrar riscos e oportunidades.

Como esse é o principal objetivo de um Data Warehouse, a armazenagem de grandes volumes de dados estratégicos, a utilização em conjunto das duas ferramentas se dá de modo natural.

Com isso, o gestor poderá ter uma visão completa de todos os setores da empresa, visualizando qualquer vulnerabilidade que demande atenção ou novas oportunidades de negócio.

Quais as principais diferenças?

Você deve estar se perguntando — mas qual a diferença de um Data Warehouse para os demais bancos de dados existentes no mercado? Um sistema de armazenamento relacional comum é capaz de lidar com apenas uma fonte de informações.

Essa característica é a sua principal fraqueza, uma vez que as empresas hoje buscam cada mais integrar os seus setores. Como cada área do negócio pode utilizar uma solução diferente, o ideal é buscar informações em todas elas, centralizando os dados.

Essa é a principal sacada do Data Warehouse: suportar grandes volumes de informação e processá-las, além de aceitar dados das mais diversas fontes dentro da empresa e até externamente.

Quais os serviços de Data Warehouse?

Existem diversas tecnologias disponíveis no mercado hoje para as empresas que gostariam de fazer uso do Data Warehouse. Vamos listar algumas das principais.

Redshift

Esse produto faz parte do catálogo da Amazon e uma de suas principais características é que ele é baseado na nuvem, ou seja, não precisa de uma infraestrutura local para implantação, basta realizar a contratação e utilizar.

Teradata

Essa solução é conhecida no mundo dos bancos de dados devido à sua confiabilidade. Ele é capaz de separar os dados em “quente” e “frio”, sendo os quentes aqueles mais utilizados e os frios, os menos buscados. Isso melhora a sua performance de análise.

Oracle 12c

O gigante do mercado de banco de dados também conta com uma solução interessante e o seu principal diferencial para as outras ferramentas do mercado é a escalabilidade. O Oracle 12c pode suportar volumes massivos de informações sem perder performance.

Chegamos ao fim de nosso post e esperamos que você possa ter compreendido melhor o que é e como funciona um Data Warehouse.

A análise de dados pode ser uma boa vantagem no mercado corporativo, auxiliando o gestor a identificar riscos e oportunidades existentes em suas operações.

dadosDados
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transformação Digital Metodologias Ágeis na Transformação Digital: quais os seus reais valores?
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Dados O que é Data Science?
ABOUT THE SPONSORS
Bowe

Somos uma consultoria de crescimento e previsibilidade de vendas com foco em B2B e franchising. Nosso objetivo maior é ajudar empresas a atingir resultados escaláveis com sustentabilidade de receita e crescimento.

[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]