Marketing de performance: afinal, do que se trata?

Entenda o que é Marketing de Resultados e como ele pode beneficiar sua empresa

Imagine que você resolveu divulgar a sua empresa e achou que seria bem interessante ter um outdoor bem grande no centro da cidade com um slogan bem chamativo. Essa é uma mídia tradicional que requer um grande investimento, mas será que gera resultados?

Boa parte das mídias offline enfrentam esse mesmo problema, medir os resultados que foram alcançados. No mundo online, entretanto, temos inúmeras ferramentas e formas de saber o que está alcançando bons resultados e de que forma isso foi feito. Um jeito muito utilizado é investir em marketing de performance.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

O que é marketing de performance?

O marketing de performance nada mais é do que uma forma de fazer investimentos focado nos resultados que trarão para a sua empresa. Com ele, é possível investir menos e alcançar resultados ainda melhores.

Para que isso seja feito, é necessário manter sempre em mente os indicadores, métricas e dados que darão o norte para a estratégia, bem como continuar analisando e otimizando suas ações.

Ainda não ficou claro?

Bem, imagine que você precisa fazer a propaganda de um tênis. Investindo em um anúncio pago no Google Ads ou Facebook Ads, sem muito planejamento, você conseguiria atingir alguns clientes e até alguma venda.

Mas com o marketing de performance, você analisa os resultados da palavra-chave e dos concorrentes, verifica qual imagem ou descrição funciona melhor para o seu público-alvo, realiza testes a/b e assim, segue a campanha com qual estratégia gerou o melhor retorno, conquistando cada vez mais cliques e conversões.

Ou seja, nenhuma ação é feita com base em achismos, essa estratégia de marketing leva em consideração todos os dados gerados e em como isso pode melhorar o seu ROI (retorno sobre investimento).

Quais são os benefícios do marketing de performance?

Já deu pra perceber que para fazer marketing focado na performance é preciso ser analítico e ter um pouco mais de trabalho do que simplesmente deixar uma campanha rodando sem acompanhamento, mas vale muito a pena. Veja alguns dos principais benefícios:

Acompanhamento em tempo real

Um dos benefícios de trabalhar com marketing digital é poder acompanhar os resultados em tempo real. Você consegue, por meio de ferramentas, saber quantas pessoas acessaram seu site ou blog, abriram seu e-mail, clicaram no seu anúncio, para fazer testes e analisar qual é a forma mais assertiva.

Aumento do ROI

Qual empresa não gostaria de aumentar o seu retorno de investimentos em marketing? Esse é um dos maiores benefícios do marketing de performance.

O ROI é contabilizado levando em consideração o faturamento e os gastos gerais de uma campanha, com a seguinte fórmula:

ROI = (faturamento – Total de despesas) / Total de despesas

O valor precisa ser positivo para demonstrar que a sua campanha foi rentável. Assim, aprimorando suas ações durante a estratégia, o ROI tende a ser cada vez melhor.

Estratégia de longo prazo

Realizando testes frequentemente e acompanhando os indicadores da sua campanha, você consegue ter uma estratégia funcional rodando por muito tempo e gerando resultados melhores a cada dia. Não é uma estratégia que tem data para acabar, ela é pautada no aprimoramento constante.

O trabalho executado nunca será em vão, até mesmo os erros cometidos.

Sim, erros!

Não é porque a estratégia é tão bem planejada e executada, que sempre vai dar tudo certo. O ponto aqui é perceber a falha e arrumá-la antes que possa ser prejudicial futuramente, além de usar como aprendizado para que não se repita.

O custo/benefício é melhor, a estratégia pode ser totalmente personalizável, entre outras várias vantagens que eu poderia continuar listando aqui. Mas afinal, como posso implementar na minha empresa?

Como implementar?

O primeiro passo para dar start a sua estratégia é identificar qual o objetivo deseja atingir. Cada empresa tem uma meta diferente quando investe em comunicação, pode ser aumentar o conhecimento da marca, aumentar as vendas, gerar mais tráfego para o blog, entre outros.

Para cada caso, existem KPIs (Key performance indicator), ou seja, indicadores chave de desempenho, que irão dizer se você está no caminho certo e ajudar na sua gestão. Esses KPIs são métricas que podem ser quantificadas de tempos em tempos para medir a performance, o que detalharei mais à frente.

Após identificar o objetivo, é necessário identificar quem é a sua persona, quais são suas dores, necessidades e de qual forma você poderá chegar até ela. Cada tipo de público tem hábitos e preferências diferentes, assim como escolhe canais diferentes para estar. Por exemplo, se você tem uma marca de roupas, usar o Instagram para alcançar a sua audiência é uma forma de conseguir mostrar o seu produto e atingir o seu potencial cliente em um momento de entretenimento.

Em seguida, pesquise e analise seus concorrentes. De início, você pode pensar que isso parece um pouco desleal, mas é fundamental para conseguir identificar o que estão fazendo certo e como você pode fazer melhor. Uma ferramenta que indicamos é a Semrush, nela você pode acessar informações ricas sobre seu domínio, palavra-chave e sobre a concorrência.

Por fim, volte, teste e aprimore tudo o que foi feito. O que deu certo ontem, pode não dar certo amanhã ou o que não deu certo, pode dar e assim em diante.

Mensurando os resultados

Certa vez, Willian Bruce Cameron disse no alto de sua lucidez que “nem tudo o que conta pode ser contado, e nem tudo o que pode ser contado conta”.

Essa frase diz muito em relação às métricas, pois quando montamos uma estratégia precisamos medir constantemente alguns dados para nos mostrar se estamos no caminho certo. Mas o maior erro é sair medindo todo e qualquer número que temos disponível, que a propósito, são muitos!

Como dito anteriormente, você precisa selecionar quais serão seus indicadores de desempenho, que são métricas importantes para medir quão perto do seu objetivo você está. Esse processo precisa ser necessariamente quantitativo e com métricas relevantes e fáceis de serem medidas, que realmente demonstram algum resultado.

Um outro erro muito frequente é cair nas métricas de vaidade, que são aquelas que podem deixar a equipe feliz, mas não necessariamente mostram algum progresso na sua estratégia, como curtidas ou comentários.

Para cada objetivo, é indicado um grupo de métricas que vão ajudar nas tomadas de decisão e mostrar o valor do resultado alcançado. Em caso de redução de custos, por exemplo, é indicado levar em consideração o custo de aquisição de cliente, custo por lead e custo por clique.

Caso não saiba quais indicadores são úteis no seu caso, veja as principais métricas de marketing digital clicando aqui, que ajudamos você a escolher os melhores dados para analisar.

Espero que esse conteúdo seja de grande valia para você alcançar resultados cada vez melhores na sua empresa. Para continuar aprendendo, entenda o que é Marketing 4.0 e como ele pode beneficiar seu negócio!

Co-fundador e CEO na Hubify

Co-fundador e CEO na Hubify e no Grupo Elefante Verde. Co-fundador Alto Tiete Valley. Fellow do Brazil Innovators. Mentor na Ideation Brasil. Mentor Liga Ventures. Professor na Pós Graduação de Marketing Digital da UMC. Empreendendo, aprendendo e compartilhando.