O mercado imobiliário, independentemente do cenário econômico do país, está sempre em movimento. Afinal, as pessoas precisam ter um lugar para morar. 

Contudo, a forma como as negociações acontecem mudou ao longo dos anos, especialmente se analisarmos as diferenças entre as gerações

Hoje, muito se debate sobre os Millennials no consumo de imóveis, a nova geração que está causando alterações no mercado. Nesse sentido, como as prioridades e pontos de vista desse grupo estão impulsionando mudanças no setor?

Os Millennials já são maioria no Brasil, sendo eles 34% dos habitantes, que representam pelo menos 50% da força de trabalho no país. Logo, trata-se de uma população expressiva, seu modo de pensar e suas tomadas de decisão estão afetando significativamente diferentes áreas da economia. 

Em comparação à geração de seus pais, que alimentavam o sonho da casa própria, esse grupo parece não partilhar exatamente dos mesmos desejos e preferências. 

Nesse cenário, como imobiliárias podem reposicionar suas estratégias para atender às necessidades dessa geração? E como gerar oportunidades de negócio com esse público? 

Continue a leitura deste post para saber mais sobre os impactos dos Millennials nesse mercado. 

Afinal, quem são os Millennials? 

Os Millennials fazem parte da chamada geração Y. Portanto, abrange pessoas que nasceram entre o começo da década de 1980 e o último ano da década de 1990. Entre as diferenças que eles apresentam em relação a gerações anteriores, um fator singular é definitivamente mais marcante: a internet

Essa geração representa o grupo demográfico que vivenciou o surgimento e a popularização da internet. Aspecto esse, que tem um papel fundamental em formar suas escolhas, pensamentos e pontos de vista. 

A conectividade e as interações virtuais que experimentam desde muito jovens afetaram enormemente as relações que eles têm com pessoas, no trabalho e, em especial, com marcas e empresas. 

Por isso, consumidores Millennials tendem a querer resolver suas inquietações e seus desejos na velocidade de um clique. Logo, estão habituados ao dinamismo do mundo online e a recorrer à tecnologia para solucionar seus problemas. Esses clientes, geralmente, são pessoas que:

  • procuram resolver dúvidas sobre produtos e buscar esclarecimentos online, valorizando as opiniões de resenhas, blogs e mídias não tão tradicionais; 
  • priorizam conteúdo autêntico e personalizado
  • querem usar as redes sociais como um canal de comunicação com empresas;
  • usam diferentes dispositivos e tendem a preferir o mobile;
  • desejam coproduzir com as marcas e querem ver campanhas com relevância e representatividade; 
  • podem ser consumidores leais se engajados com uma empresa. 

Qual a relação dos Millennials no consumo de imóveis?

Tendo em mente suas características e perfil de consumo, como os Millennials se comportam quando o assunto é consumo de imóveis? 

Pesquisas apontam que, 80% desse grupo opta pelo aluguel em detrimento da compra de um imóvel. Uma grande diferença de atitude em relação a gerações anteriores. 

Apesar desse dado ser um ponto de atenção para imobiliárias — e também representar uma janela para oportunidades de negócio —, ele não significa que o mercado está em maus lençóis.

O relatório Home Buyers and Sellers Generational Trends, de 2019, gerado pela National Association of Realtors, mostrou que Millennials representam 37% do total de compradores de casas e apartamentos. Dessa forma, os estudos mostram que sim, existe uma parcela significativa de Millennials interessada na compra de imóveis

Todavia, a maneira como eles adquirem e enxergam esses bens não é a mesma do que as outras gerações tinham. Por isso, as imobiliárias precisam se informar e entender esses novos padrões de consumo para atrair esse público e potencializar os negócios. 

Confira, a seguir, os principais pontos que você precisa considerar sobre essa geração. 

Demanda por imóveis que se adequem ao estilo de vida 

Uma novidade para o mercado é que os Millennials preferem casas menores e dão prioridade para imóveis que façam sentido dentro do seu estilo de vida. Ou seja, muitos não estão dispostos, por exemplo, a adquirir bens grandiosos em partes distantes da cidade que ficam longe dos centros comerciais. 

Eles dão valor a qualidade de vida, portanto desejam morar perto do trabalho — de preferência para poder se locomover a pé — ou de regiões chave dentro dos centros urbanos, com riqueza de opções de comércio e transporte público.

Ao mesmo tempo, casas otimizadas, com recursos tecnológicos, e empreendimentos espaços extras como para meditação, lavanderia comunitária, academia bem estruturada, co-working e proposta sustentável fazem muito sucesso entre esse público. Os quais visam aliar seus valores pessoais, estilo de vida e bem-estar ao local escolhido para morar. 

Uso de ferramentas digitais 

Os Millennials estão sempre conectados e são cativados pela tecnologia. 

Ao contrário de clientes que procuram o suporte presencial de um corretor ou uma imobiliária, o mesmo relatório da National Association of Realtors também revelou que, cerca de 80% dos consumidores da geração Y buscaram e encontraram seu imóvel pela internet, sobretudo por meio de aplicativos.

E não é novidade que empresas do ramo estão começando a perceber que a tecnologia é um fator que vai possibilitar o aumento de vendas ou aluguel neste grupo. 

Foco na experiência 

Quando o assunto é Millennials no consumo de imóveis um fator para se levar em conta é a experiência do usuário. Que aliás, é um elemento essencial para conquistar esse público. 

É preciso ter em mente que não basta ter um bom produto ou serviço, a geração Y busca por uma experiência completa e satisfatória

Para entender melhor como funciona, basta observar o fazem as marcas que atendem muito bem esse grupo, como a Apple. Ao entrar em uma loja dessa empresa, percebe-se que ela não foi formatada de acordo com um modelo tradicional — vitrine, caixa para pagamento, etc. 

Todo o layout foi pensado para permitir que os clientes experimentem os produtos, que estão lá para serem manuseados, sem restrição. 

Depois que a pessoa decide finalizar sua compra, os aparelhos funcionam com base em um sistema inteligente que se conectam. Desse modo que a pessoa sai da loja com um novo dispositivo já configurado com seu nome, dados, contatos e etc, pronto para uso.

São detalhes como esses que fazem com que a experiência que Millennials têm com a Apple seja positiva. Não é à toa que essa é uma marca favorita, com um alto número de consumidores fiéis da geração Y. 

Entenda seu público

Conhecer o comportamento e as necessidades de um público são passos indispensáveis para qualquer negócio que quer ter sucesso em seu segmento. 

É por isso que o setor imobiliário precisa se atentar a questões relacionadas a Millennials no consumo de imóveis. Visto que, eles representam boa parte da população e dos consumidores de hoje.

Saber que eles priorizam a experiência, demandam um atendimento mais flexível e um dinamismo digital. Eles desejam criar relações com empresas com mais significado.

São conhecimentos que farão toda a diferença tanto no planejamento estratégico quanto na hora de fechar um negócio.

E é isso que o Bloco faz! Pensamos em todo o cuidado com a experiência do consumidor para que suas necessidades estejam sempre supridas e satisfeitas. Trazemos inovação para o mercado imobiliário entregando novas propostas de valor para os consumidores finais. 

Sempre com estratégias e atendimento personalizados para cada tipo de cliente, seja ele de qualquer geração.  

Aproveite e conheça um pouco mais sobre nós. Siga nossa página no LinkedIn e acompanhe nossas novidades por lá!

Eduardo Barbosa

Profissional com mais de 25 anos de experiência em finanças, desenvolvimento de negócios, reestruturação e mudança organizacional. Como CEO da Brognoli Negócios Imobiliários desenvolve trabalhos com forte impacto no segmento imobiliário, atuando com foco em processos de transformação digital e crescimento acelerado. Nos últimos anos, Eduardo também tem ajudado novos empreendedores com mentoring, palestras, artigos, conselhos e conexões, buscando viabilizar a escalabilidade destas. Tem uma intensa e longa experiência como professor na área de mercado de capitais e Economia Comportamental.

imobiliariasImobiliárias
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Marketing Marketing personalizado x escalabilidade: é possível unir as duas coisas?
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Marketing Cultura organizacional ágil em agência: etapas para implementar
ABOUT THE SPONSORS
Bloco

O Bloco é uma iniciativa da Brognoli para a inovação do Mercado Imobiliário. O Bloco nasceu com o objetivo de auxiliar empresas do setor imobiliário a desenharem novas propostas de valor e experiências positivas para os consumidores por meio de conexões entre o ecossistema de inovação.

[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]