Como você constrói e desenvolve uma agência de sucesso? Como gera vendas no piloto automático e faz com que o consumidor observe a sua empresa entre tantas outras que lutam por atenção? Para refletir sobre essas perguntas, vamos bater um papo sobre hacking sales.

Afinal, como diz o ditado popular: “Não dá para fazer sempre as mesmas coisas e esperar resultados diferentes”, não é mesmo? É preciso se manter atualizado com novas tendências, fugir do tradicional “feijão com arroz” e ter coragem para enfrentar os desafios de forma mais inovadora.

Neste post, vamos mostrar o que é hacking sales e apontar as principais dicas para você implantar a técnica na sua agência, gerenciar melhor as mudanças e otimizar processos. Boa leitura!

Entenda o conceito de Hacking Sales

É um conjunto de técnicas que simplifica o processo de vendas e gera mais oportunidades de negócio. Em outras palavras, é ir além para alcançar os melhores resultados.

O “hacker” de vendas é alguém que se esforça para otimizar o processo de conversão de todas as maneiras, desde as ferramentas e produtos que usa até as tarefas e objetivos que prioriza.

Ele sabe que elevar as pessoas ao seu redor é a chave para maximizar o próprio nível de sucesso. É bastante criativo e eficiente com os recursos à sua disposição para mover o pipeline, fechar parcerias mais rapidamente e gerar receita.

Saiba como implementar Hacking Sales na agência

Mapeie a jornada de compra e os processos de venda

Trabalhar com mais inteligência é melhor do que trabalhar mais. Quanto mais você souber sobre o público-alvo, mais eficiente será a adaptação das suas técnicas de vendas para corresponder às expectativas.

Um hacker de vendas prefere focar em perspectivas qualificadas do que desperdiçar energia dialogando com as pessoas erradas. O método mais eficaz envolve o estudo de dados existentes do cliente para criar perfis detalhados do comprador ideal.

Portanto, veja do ponto de vista dele e faça uma análise da jornada. Como é a experiência do usuário? Qual é a eficácia do seu site em detalhar e conduzi-lo pelos estágios do funil de vendas? Como é a qualidade de navegação em dispositivos móveis? Investigue tudo!

Defina as ferramentas (apps, softwares, automação etc) para otimizar processos

Mesmo que você deseje desenvolver um processo de vendas consistente com uma taxa confiável de desempenho, não se feche a oportunidades de aprender novas técnicas ou experimentar ferramentas mais atuais.

Os melhores hackers de vendas buscam um equilíbrio entre encontrar métodos previsíveis e comprovados com os quais possam contar. Por isso, fique de olho em aplicativos que oferecem serviços como: cadastro de clientes, controle de prazos, colaborador responsável por cada projeto, armazenamento de ativos digitais na nuvem e outros.

Faça análises para identificar o melhor processo

Dê uma olhada cuidadosa em suas análises. Por quanto tempo os visitantes permanecem no site ou quais as características em comum dos projetos que aprovam? Qual foi o volume de vendas desse mês em relação ao mesmo período do ano passado?

De posse dessas informações, fica mais fácil tomar decisões para impulsionar o crescimento. Use os relatórios para tentar descobrir onde, exatamente, o funil é interrompido.

Dessa forma, é possível melhorar a experiência do usuário e escalar o crescimento, vendo o que está funcionando bem ou não e somando esforços para corrigir a tempo.

Trabalhe com um processo de vendas previsível

Como o sucesso replicável é o segredo para o crescimento de qualquer agência, o modelo de vendas ideal é aquele com resultados previsíveis.

A previsibilidade abre caminho para vendas mais precisas, além de afetar positivamente os lucros da empresa. Quanto mais confiável você se tornar como gestor de marketing, mais valioso será para a sua equipe.

Embora seja impossível fechar 100% das ofertas enviadas, algumas ações ajudam a conquistar os objetivos. Por exemplo, acompanhe as campanhas em uma plataforma de CRM e analise os números para descobrir como replicar o desempenho de períodos de vendas quentes.

Gamifique o seu processo de vendas

Que tal levar as vendas de uma forma mais descontraída? De fato, se você quer aprender a trabalhar como um vendedor “hacker”, a diversão é uma estratégia motivacional.

Gamificação é o ato de incorporar elementos de jogos em outras áreas da vida e assim enriquecer contextos. No mundo dos negócios, isso significa definir um objetivo específico para cada dia, semana ou mês. E após isso, recompensar quando atingir as metas.

Se a sua meta é agendar cinco demonstrações de vendas, fechar parceria com três novos clientes ou aumentar em 50% o faturamento na próxima semana, o ideal é projetar um sistema que cause entusiasmo nos colaboradores.

Considerando a natureza competitiva comum de agência, não custa nada incentivar uma competição amigável no escritório. Mesmo se a sua equipe é relativamente pequena, dá para transformar a venda em desafio com bônus e recompensas.

A gamificação também é ótima para despertar camaradagem. Ou seja, faz com que o grupo comemore junto sempre que uma grande conta for alcançada ou a cota trimestral atendida.

Mantenha os departamentos de marketing e vendas alinhado

Uma das formas ideais de utilizar o hacking sales é aplicar o growth mindset. Para que apreciam e respeitam os esforços da equipe de marketing, logo entendem que marketing e vendas são mais poderosos quando trabalham juntos.

Como você pode incentivar isso? Abrindo as portas da comunicação. Quanto mais informações diretas o marketing receber da equipe de vendas, melhor o entendimento dos desafios e os pontos problemáticos do cliente.

Ofereça acesso a informações importantes ao departamento de marketing. Forneça relatórios regulares para mantê-los informados ou use um CRM colaborativo que otimiza a comunicação interna. Esse fluxo aberto permite que o marketing e as vendas colaborem para o sucesso um do outro.

Valorize o feedback do cliente

Há muitas razões pelas quais você deve solicitar feedback aos clientes existentes. A comunicação é essencial em todos os relacionamentos, principalmente porque é bom mantê-los felizes, leais e generosos, não é mesmo?

Os hackers de vendas reconhecem um bom motivo para coletar respostas do cliente, como: aprender como melhorar a experiência, o produto e o processo de vendas.

Quando se trata de descobrir onde seu processo pode ser aprimorado, o consumidor é um de seus ativos mais valiosos.

Então, inicie um diálogo para descobrir as motivações de fazer a compra ou assinar a newsletter. Existe algo em sua mensagem que achou atraente? Quais recursos do serviço, atendimento ou fechamento de contrato são os favoritos? Você ficará surpreso com a quantidade de informações que dá para conseguir com algumas perguntas simples.

Viu como é importante adotar hacking sales na agência? Sair da mesmice e buscar novos caminhos para turbinar os resultados nunca foi tão necessário quanto hoje. Estamos vivenciando um momento em que há o surgimento de um número muito grande de concorrentes e destacar sua agência é essencial.

Quer ver mais conteúdos como esse? Clique aqui e baixe nosso Ebook.

José Quintella

CEO na iClips CEO da iClips, com MBA em Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e bacharelado em Administração pela Universidade Federal de Juiz de fora.

agenciasAgências
Martech Plataformas de experiências digitais: você está pronto para a era DXP?
Inovação Marketing Startups Tecnologia Transformação Digital TransformaçãoDigital.com recebe prêmio por ideia e estratégia inovadoras
ABOUT THE SPONSORS