E-Commerce no Natal: pela primeira vez, compras online ultrapassam as físicas

e-Commerce no Natal

Trazemos uma boa notícia para quem já preparou sua estratégia visando a Black Friday Brasil: pela primeira vez na história, o e-Commerce irá ultrapassar as lojas físicas (principalmente de shoppings centers) em número compras para o Natal.

É isso que mostra mais recente pesquisa da SPC Brasil, em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas – CNDL.

Vamos aos números…

A força do e-Commerce no Natal

A pesquisa foi feita com 730 entrevistados nas 27 capitais brasileiras. Por mais que diferentes regiões possam ter hábitos de consumo completamente divergentes, 40% dos entrevistados diz que fará suas compras de Natal através do e-Commerce, enquanto 37% fará em shoppings centers.

Pensando que neste cenário estarão inclusos 110,8 milhões de consumidores (segundo números da CNDL), os varejistas precisam preparar seus sites para fluxos de acesso enormes.

Dentre os canais online mais procurados, estarão os sites de grandes varejistas (68%), sites de classificados de compra e venda (42%) e sites de lojas especializadas em vestuário e acessórios (34%).

A grande procura por este último item pode ser explicada em números também: roupas serão os presente mais comprados na data, segundo os entrevistados.

A lista completa ficou assim:

  • Roupas (56%)
  • Brinquedos (43%)
  • Perfumes e cosméticos (32%)
  • Calçados (31%)
  • Celulares (12%)
  • Videogames e jogos (10%)
  • Eletrônicos (8%)

Outro fator que mostra o poder dos canais digitais é a busca por melhores condições de compra. 83% dos entrevistados afirmam que irão pesquisar o preço do produto que desejam em diferentes lojas, sendo que 76% desse total irá realizar as pesquisas pela internet.

Ou seja, este ano, o palco de Natal será montado por consumidores empoderados que utilizam a força dos canais digitais de comunicação para sair ganhando.

Acredite, a Transformação Digital no varejo está mudando a realidade do consumo nacional.

Um panorama da realidade econômica

A pesquisa também revela números impressionantes sobre a economia nacional.

Apesar da recém passada crise econômica e a atual crise social (que fica evidente a cada polêmica governamental), os brasileiros mostram que o Natal jamais será deixado em branco.

Tomando a pesquisa como uma média nacional, 73% dos brasileiros sairá às compras para o Natal (!!!) – mesmo que 57% dos entrevistados tenha afirmado que os preços dos produtos em geral estão mais elevados em comparação ao ano passado.

Da parcela de pessoas que não irão fazer compras natalinas, 17% afirma ser por falta de dinheiro, 15% afirma ser por conta do desemprego e 10% afirma estar lidando com dívidas atualmente.

Os números ligados a falta de recursos e mesmo desemprego te assustaram? Então saiba que, apesar disso, 52% dos entrevistados diz que pagará seus presentes à vista.

E, não bastando isso, a média de presentes comprados será de 4 ou 5 por pessoa, com ticket médio de R$ 104 por presente.

Não é à toa que a previsão seja de 51,2 bilhões de reais movimentados no varejo durante o Natal.

Atenção, varejistas

Fazer parte deste montante significa focar na experiência do cliente, oferecendo justamente o que ele está procurando.

Os entrevistados afirmam que quando forem realizar suas compras de Natal, irão procurar pelos seguintes benefícios:

  • Melhores preços (58%)
  • Maior possibilidade de ofertas e promoções (50%)
  • Diversidade de produtos (27%)
  • Qualidade no atendimento (20%)

Os números desta pesquisa e de outras tantas mostram a força do e-Commerce no Brasil nestes últimos anos. Entender seus clientes à fundo e oferecer soluções exclusivamente desenhadas para eles é o diferencial que qualquer consumidor busca na era da Transformação Digital.

Preparado?

Continue lendo