A provedora de internet para aviação Gogo anunciou seus planos de levar sua rede 5G para os céus dos Estados Unidos e Canadá em 2021. De acordo com as informações divulgadas pelo The Verge, o serviço está sendo projetado para melhorar a conexão Wi-Fi em pequenas companhias aéreas comerciais, aeronaves privadas e jatos de menor porte.

Segundo a companhia, a rede 5G dedicada aos aviões terá como base sua infraestrutura terrestre composta por mais de 250 torres. A conexão será feita por meio de uma combinação de espectro de 2.4 GHz não licenciado, um modem fabricado pela própria Gogo e tecnologia de filtragem e distribuição de feixes. Dessa forma, a expectativa é de que sejam aumentadas a velocidade e a qualidade da conectividade conforme o amadurecimento das soluções 5G.

Dave Mellin, diretor de comunicações da Gogo, afirma que a empresa iniciará o trabalho com a implantação da tecnologia 5G em algumas torres para testes. “Similar a como operadoras móveis proporcionam redundância em suas redes, a Gogo vai continuar a empregar suas redes 3G e 4G por todo o território continental dos EUA e do Canadá, servindo como backup para a rede 5G quando necessário”, explica a companhia.

A previsão da Gogo é de que o novo serviço, além de beneficiar os usuários pela qualidade, reduza custos operacionais. “O 5G da Gogo é o próximo passo na nossa evolução tecnológica. E espera-se que seja oferecido uma experiência incomparável, unindo alto desempenho com baixa latência e redundância em toda a rede”, declara o Oakleigh Thorne, CEO da Gogo.

telecomTelecom
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Saúde Startup brasileira desenvolve pele humana artificial
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Transporte Gol inicia embarque com reconhecimento facial no Rio de Janeiro
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]