Apesar da popularização dos carros autônomos ainda ser uma realidade distante, pesquisadores já estão investigando quais os possíveis impactos de cidades cada vez mais conectadas. De acordo com informações da Fox News, físicos do Instituto de Tecnologia da Geórgia e da Multiscale Systems simularam o que seria necessário para que hackers paralisassem o trânsito de uma cidade inteira através de ataques a veículos de direção autônoma.

Durante o estudo, os cientistas descobriram que, em cidades como Manhattan, se hackers parassem apenas 20% dos carros autônomos durante o horário de pico, todos os veículos acabariam ficando presos. Segundo os pesquisadores, em locais com infraestrutura inferior as consequências seriam ainda maiores.

Apesar do relatório ter se concentrado no tráfego das grandes metrópoles, a maior parte das discussões sobre a segurança do uso de carros autônomos está relacionada aos ataques que poderiam gerar acidentes, como colisões e atropelamentos intencionais. Dessa forma, a expectativa dos cientistas é de que especialistas e órgãos públicos considerem as implicações dos veículos autônomos e invistam em tecnologias de segurança para impedir ou, pelo menos, tornar os ataques menos prováveis.

segurancaSegurança
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Vendas 7 hacks para fazer prospecção de leads em redes sociais sem gastar nada
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Segurança Tecnologia Comunicações por satélite são novo alvo de ataques cibernéticos
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]