Por que os vídeos estão dominando a internet (e por que você deveria apostar neles)

Descubra por que os vídeos estão dominando a internet

2018, mais do que nunca, será o ano dos vídeos e não é a toa que muitas marcas já estão se preparando para fazer deles a sua principal forma de comunicação – tanto com o público interno quanto com o externo.

Segundo dados de uma pesquisa da Cisco, já em 2018, os vídeos serão responsáveis por quase 80% do tráfego da internet. Portanto, além dos habituais vídeos de memes e de bichinhos que já têm um bom espaço em nossas redes sociais, será cada vez mais comum vermos vídeos nos mais diferentes contextos.

Na educação, por exemplo, eles já são amplamente utilizados no ensino a distância e essa modalidade de ensino cresce cada vez mais. A expectativa é de que, em apenas 5 anos, mais de 50% de todos os alunos estejam matriculados em algum tipo de curso EAD, segundo um estudo da Sagah.    

E você, já parou para pensar no que faz os vídeos serem tão populares e já serem um dos tipos de conteúdo mais consumidos pelas pessoas?

Há apenas alguns anos, quase ninguém gostava de assistir vídeos, pois o acesso a internet não era tão simples quanto hoje e as conexões não tinham nem a metade da qualidade ou velocidade da qual podemos aproveitar agora. Então, acessar conteúdos audiovisuais era muito custoso: os materiais travavam, demoravam um tempo enorme para carregar e ainda consumiam todos os dados de quem os assistia.

Hoje, a história é outra. Com o acesso à internet cada vez mais simples e as melhorias na qualidade e velocidade das conexões, consumir conteúdo audiovisual é simples, rápido e muito mais prazeroso. Em poucos cliques, você pode acessar filmes, conteúdo educativo, tutoriais, conteúdo de entretenimento e muito mais.

Mas para além da conexão à internet, existem outros motivos tão relevantes (ou ainda mais) que fazem os vídeos tão populares e queridos – pelas pessoas e pelas empresas e marcas. A seguir, vamos falar mais sobre alguns deles:     

Vídeos são mais didáticos

O primeiro motivo que contribui para que os vídeos dominem a rede é a capacidade que esse tipo de conteúdo tem de ser educativo e muito mais simples de compreender.

Se você usa a internet e as redes sociais com certa frequência, com certeza já deve ter se deparado com diferentes vídeos de “how to” ou “DIY“, que fazem com que as coisas mais complexas do universo se tornem simples e quase palpáveis. Se não, é muito provável que você já tenha procurado por alguma solução de um problema cotidiano em um tutorial no YouTube (do tipo “como fazer uma máscara de carnaval”).

Esse é um tipo de comportamento cada vez mais comum e acontece porque, muitas vezes, é mais fácil aprender algo em um vídeo – com alguém mostrando o processo e auxiliado por imagens e áudio – do que apenas lendo sobre em um texto ou manual.

As pessoas estão se dando conta desse fato e, por isso, cada vez mais, estão priorizando os vídeos quando querem aprender ou ensinar algo.

Vídeos são fáceis de consumir

Como citamos, há apenas poucos anos, os vídeos eram difíceis de serem consumidos, uma vez que a conexão a internet era lenta e precária. Porém, hoje o cenário é outro e os vídeos são um dos tipos de conteúdo mais simples de se consumir.

Isso acontece porque, como enfatizamos no tópico anterior, eles são mais didáticos e também porque podem ser acessados em qualquer momento e em qualquer lugar. Você está esperando por seu vôo em uma sala de embarque, por que não abrir o Netflix para colocar sua série preferida em dia? Ou aproveitar o tempo para ver mais uma aula daquele curso que você começou?

Além do mais, os vídeos sempre podem ser consumidos em segundo plano enquanto você realiza outras atividades. Não é raro, por exemplo, encontrarmos pessoas que escutam apenas o áudio de um vídeo clipe enquanto trabalham ou que deixam um vídeo sendo exibido enquanto, ao mesmo tempo, fazem anotações, buscam por informações complementares e mais.   

Produzir vídeo é simples e barato

Ao contrário do que muita gente pensa, vídeos hoje não são caros e nem complicados de produzir e essa é outra característica que os torna tão populares.

Hoje, qualquer pessoa com um celular razoável e um pouco de conhecimento técnico pode produzir vídeos com uma boa qualidade, capazes de atender diferentes objetivos de utilização. É possível também montar mini estúdios na sua própria casa ou empresa – sem gastar muito dinheiro – e ter uma estrutura fixa de gravação, que garantirá mais qualidade e eficiência para suas produções.

O principal que você precisa para começar é:

Seguindo essas dicas, em pouco tempo você pode ter bons conteúdos e fazer sucesso na internet.

Vídeos geram mais engajamento

Por fim, um excelente motivo que tem incentivado a produção de vídeos e seu compartilhamento na internet, é que esses conteúdos são capazes de gerar mais engajamento do que outros, como textos e imagens.

E isso já é comprovado: segundo uma pesquisa do Buzzsumo, conteúdos em vídeo costumam ter muito mais likes e compartilhamentos do que outros materiais e por isso tem sido cada vez mais postados na rede. Além do mais, de acordo com o próprio Twitter, 80% das pessoas já assistem vídeos online e esse tipo de conteúdo é capaz de gerar até 2,5 vezes mais respostas e 2,8 vezes mais retweets do que outros.

Ficou convencido do poder dos vídeos na internet? Então é hora de começar a investir nesses materiais e ter excelentes resultados, seja com marketing ou na criação de um negócio baseado em vídeos online.

E se você quer entender sobre como os vídeos têm se tornado uma excelente fonte de renda para empresas e produtores independentes e saber como você pode se aproveitar dessa tendência, aproveite para conferir este guia para ganhar dinheiro com vídeos.

Curtiu o conteúdo? Então agora é luz, câmera e ação!

Continue aprendendo

 

Analista de Conteúdo e SEO na Samba Tech

Analista de Conteúdo e SEO na Samba Tech, empresa eleita como uma das mais inovadoras da América Latina pela Fast Company e que ajuda outras pessoas a se comunicarem melhor utilizando vídeos online.