O ano de 2020 foi um período atípico para a sociedade. Em meados de fevereiro e março surgiu uma pandemia, que afetou as organizações de todo o mundo. Essa situação fez com que a transformação digital tomasse um rumo mais acelerado, inclusive no momento de organizar eventos corporativos para as empresas.

Se antes tínhamos plateia no offline, atualmente temos um público online bastante abrangente, que acompanha a ressignificação das operações para o “Novo Normal” (como ficou conhecido esse período). 

Assim, essa transição representou um grande marco para o mercado de trabalho, principalmente dentro do Grupo Moura. Neste post, vamos detalhar tudo o que a empresa fez para se adaptar à pandemia por meio dos eventos online. Vamos lá?

Cenário de pandemia: a adaptação de eventos corporativos

O Grupo Moura possuía uma formatação para seus eventos corporativos, que aconteciam duas vezes ao ano. Com duração de um dia inteiro, levando até mesmo 8 horas de capacitação para os seus 130 colaboradores, essa era uma maneira já comum que a empresa aplicava todos os anos.

Contudo, em 2020, o cenário foi outro, totalmente diferente. Sem a possibilidade de reuniões presenciais, a empresa se viu na obrigação de ressignificar os eventos que aconteciam presencialmente. 

Agora, de maneira digital, eles buscaram trazer o máximo de formalidade, sem investir em plataformas como Zoom, Meet e outros, para que o profissional se sentisse dentro do ambiente de trabalho. 

Essa estruturação mais formal trazia qualidade para qualquer evento, fazendo que os conteúdos apresentados não fossem somente discursos para encher o tempo de home office, mas, para realmente oferecer eventos que engrandecem a formação de cada profissional da equipe. 

O desafio de se adaptar à nova realidade

A adaptação para essa nova realidade surgiu por meio de um estudo minucioso, colocando na ponta do lápis a quantidade de colaboradores internos e externos (fora das sedes administrativas) que a empresa tinha.

Para isso, era necessário realizar um planejamento de eventos corporativos que realmente se adequassem ao objetivo da empresa.

Contudo, mesmo que existisse essa organização, nem todos os eventos foram completamente pensados e traçados pela empresa. Foi necessária a ajuda de uma consultoria para planejar mais temas e aplicá-los de forma coesa para os colaboradores.

Certamente, essa foi a melhor decisão durante a transformação digital do Grupo Moura!

O primeiro NPS (Net Promoter Score) da empresa mostrou resultados baixos, devido aos problemas técnicos que aconteceram em um dos primeiros eventos corporativos. Mas com a ajuda especializada, essa questão foi facilmente resolvida.

Como foi realizada a adequação a esse cenário?

Já que no primeiro NPS da empresa houve uma pontuação bastante baixa, então, viu-se a necessidade de buscar ajuda com consultores empresariais e demais aliados no mercado. Por meio dessa procura surgiu a parceria entre o Grupo Moura e a Transformação Digital

Mesmo com algumas temáticas já decididas anteriormente, a ajuda de uma empresa especializada auxiliou no processo de criar engajamento entre os colaboradores e levar todo aporte necessário a eles. Através disso fez com que os eventos corporativos se tornassem um sucesso!

Algumas atitudes como curadoria de conteúdo, adequação aos objetivos da empresa e até mesmo mais experiência nessa área digital fez com que todas as reuniões, cursos e capacitações se tornassem cada vez melhores. 

NPS 100: o maior registro de satisfação

Para saber se os eventos corporativos virtuais realmente estavam agradando a todos eram realizados NPS, para aprimorar cada vez mais essa aplicação. 

Nas primeiras vezes, podemos dizer que houve uma frustração, visto que a empresa não era adaptada a esse modelo de transmissão. Além de ser um período atípico, em que todos estavam se adequando.

Contudo, a maior prova de que a empresa alcançou os seus objetivos durante esse período está no NPS com 100 pontos. Essa foi uma evolução bastante considerável, uma vez que a parceria entre o Grupo Moura, a Transformação Digital e até mesmo a consultoria empresarial foram passos imprescindíveis para esse momento

O terceiro relatório, que tratava sobre o evento “Gerando bons resultados com a Transformação Digital”, teve 143 convidados e alcançou um NPS de 98%, por exemplo. Além de obter um dos maiores elogios em relação à plataforma de qualidade.

Ou seja, um excelente resultado que mostra dedicação da empresa e uma parceria bastante interessante.

A economia com os eventos corporativos virtuais

A adoção desse modelo de eventos corporativos foi um pouco difícil no início. Mesmo que já houvesse um pequeno planejamento, com conteúdos pré-destinados e ideias para o que seriam aplicados nessas reuniões, a adaptação forçada, em meio à pandemia que o mundo passa, foi uma situação complexa.

Contudo, essa situação trouxe alguns benefícios para o Grupo Moura principalmente em relação aos custos. Neste momento, realizando todos os encontros online, sem necessidade de custear o deslocamento dos colaboradores (de alguns que vivem até fora do Brasil), contas com o espaço reservado, entre outros, houve uma redução nos gastos da organização.

Com isso, podemos dizer que a adoção do meio virtual foi uma maneira de também economizar nas contas do negócio.

O impacto da transição para a transformação digital

A transição que a pandemia do COVID-19 trouxe para o Grupo Moura foi, inicialmente, um pouco assustadora. Visto que não existiam planejamentos para esse tipo de situação e ainda era necessário esperar para saber como ficaria esse cenário em todo o mundo. 

Todos os eventos corporativos, até então, eram presenciais pela empresa.

Porém, não havia como manter essa organização. Foi essencial realizar a transição e passar por situações inoportunas logo de início, para que o negócio se adaptasse a essa transformação digital e começasse a colher os frutos logo em seguida!

O impacto foi bastante expressivo no início, mas hoje em dia mostra resultados positivos, principalmente nas contas da empresa. 

Resiliência, a maior chave para esse período

Para que os eventos corporativos do Grupo Moura se tornassem um sucesso foi necessária muita resiliência. 

Naquele momento era fundamental que a empresa e a equipe de RH se adaptassem ao “Novo Normal”, mesmo após a frustração do primeiro NPS. Uma solução fácil diante desse resultado era de colocar em mente que essa metodologia não funcionou, mas isso não aconteceu.

Uma das formas encontradas para solucionar esse problema foi escutando as críticas e até mesmo dando voz para que o cliente indicasse as possíveis melhorias. Isso fez os eventos corporativos da empresa subirem de nível rapidamente. 

Por isso, o principal passo é se especializar cada vez mais nessa transformação digital e entender que tudo depende de uma adaptação a esse modelo. Dessa forma, o negócio se adequa à nova forma e realiza menos ajustes para entregar o que o público deseja!

marketingMarketing
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos Departamentos de RH estão se reinventando através de eventos online
Educação Jurídico Eu Na Facul: Evento online mostra oportunidades de carreira para quem deseja entrar na universidade
Recursos Humanos TOP 15 influenciadores de RH para você acompanhar agora mesmo!
[contact-form-7 id="21113" title="ebook"]