Entretenimento é coisa séria: melhorando o engajamento com clientes

Entenda como o entretenimento pode ajudar a melhorar o engajamento entre marcas e clientes

O uso do entretenimento para engajar clientes tem extrema relevância no cenário atual! Muito disso se explica porque a experiência do cliente é um dos temas mais recorrentes nos conteúdos relacionados à Transformação Digital.

Afinal, parte dos esforços dela consiste, justamente, em melhorar essas experiências e, essencialmente, essa tarefa se resume em fazer o cliente se sentir bem com o uso e com a compra de produtos e serviços.

A descontração, o bom humor, a diversão e o prazer de aprender são componentes presentes nas ações de entretenimento que, quando bem usadas, causam uma sensação extremamente positiva e demonstram competência em transmitir conhecimento.

Considerando que educar os leads sobre soluções para os seus problemas é tarefa fundamental no ambiente digital, falamos de um tema que merece toda nossa atenção e dedicação.

Por isso, descubra abaixo como usar o entretenimento de forma estratégica!

A inspiração do entretenimento dribla a concorrência

Conquistar a atenção do consumidor é o maior desafio entre concorrentes na atualidade. Em outros tempos, as empresas abordavam os clientes com a oferta direta de seus produtos e se saíam bem. Mas é fácil de notar que isso mudou.

A disputa, agora, ocorre em uma etapa anterior, na qual o cliente está desatento em relação aos seus próprios problemas. Diferenciar-se nesse cenário não é um objetivo simples, mas as marcas que oferecem experiências ricas e lúdicas têm maiores chances de engajar seu público.

O consumidor pode não estar disposto a um contato comercial, especialmente considerando que ele está ocupado com suas próprias prioridades. A tecnologia acelerou a nossa rotina e a maioria de nós gostaria que o dia tivesse mais algumas horas.

No entanto, o entretenimento é um desejo humano profundamente arraigado. Logo, ele é uma das chaves para o sucesso!

O escape da rotina atribulada

A necessidade de entretenimento parece se justificar como uma forma de nos manter saudáveis e equilibrados diante de um mundo que favorece a ansiedade. Escapar da pressão diária, de nossas frustrações e problemas é como um remédio para nossa vivência emocional.

Essa demanda é uma realidade tanto em situações mais pessimistas quanto nas mais otimistas. O período atual é de intensa transformação e, por mais que nos entusiasmemos com ela, sempre há certo desconforto na mudança — especialmente nas situações de alto grau de incerteza.

Além disso, essa realidade afeta as equipes de trabalho tanto como influi no cotidiano do novo consumidor. Se considerarmos que o bem-estar e o envolvimento do seu time são cada vez mais perceptíveis para os clientes, e que equipes felizes geram clientes felizes, teremos uma boa medida da dimensão dessa necessidade de escape da rotina! Ou seja, todos carecem de entretenimento e devem ser engajados.

As formas de uso do entretenimento

Pois bem, se carecemos de entretenimento e o maior interesse das empresas é engajar e fidelizar seus clientes, então que entretenimento e engajamento se unam!

Confira aqui cases de sucesso para inspirarem sua estratégia:

GT3 Challenge da Porsche

Em agosto de 2018, a Porsche fez uma parceria com a Microsoft e a plataforma de esportes ESL para lançar o 911 GT3 RS Challenge. Trata-se de uma competição online com várias rodadas, incluindo uma no evento da Gamescom.

O vencedor ganha a oportunidade de entrar no Porsche Mastercup Training, em Barcelona, um curso seleto de dois dias sobre como pilotar o Porsche 911 GT3 RS.

Changi Airport de Cingapura

O Changi Airport de Cingapura estreou sua campanha Luck is Everywhere em julho de 2018, promovendo a oferta de compras “Be a Changi Millionaire”. Borboletas controladas remotamente foram lançadas no aeroporto. Elas reproduziam uma espécie que tem o número 88 estampado na asa — um símbolo de sorte e prosperidade na Ásia.

Então, em agosto, o Aeroporto de Changi lançou o Chandelier: um playground de cinco andares aberto ao público. O parque apresenta redes de escalada e pode ser usado por até 50 pessoas por vez, gratuitamente, a qualquer hora do dia.

Creactive do Cirque du Soleil

O Creactive é um conceito de entretenimento familiar para espaços de varejo, criado pelo Cirque du Soleil, do Canadá. Revelado em junho de 2018, as experiências interativas e imersivas foram projetadas para locais como shoppings.

O circo itinerante criou uma experiência que inclui atividades como parkour aéreo, design de máscaras, malabarismo e bungee jumping. O primeiro espaço Creactive será aberto em Toronto, em setembro de 2019.

Coral Crafters

Em 2018, antes do Dia Mundial do Oceano, a Minecraft lançou a campanha de reconstrução de corais: Coral Crafters. Na ação, foi solicitado aos jogadores que eles desenhassem seis esculturas para novos corais, os quais seriam construídos com um método chamado Biorock, que acelera o crescimento de corais naturais.

Além de construir as estruturas, a empresa lançou uma versão especial no jogo, com receitas de compras direcionadas para a campanha de construção de corais por meio de uma ONG, a The Nature Conservancy, que também recebeu uma doação de US$100.000,00. Ao final, 10 milhões de blocos de corais foram colocados debaixo d’água!

Festival de Jazz de Montreal

Em abril de 2018, o Festival de Jazz de Montreal estreou uma nova identidade de marca: uma representação visual dos dados capturados dos frequentadores por meio de sensores no show de 2017.

A temperatura corporal coletiva, as pisadas, os aplausos e até as compras de cerveja foram capturadas! Os novos materiais de marketing do festival foram gerados a partir dos dados resultantes.

End Loneliness

Trata-se de uma campanha que combina idosos solitários com cães, lançada pela marca Pedigree. Indivíduos com mais de 65 anos podem se registrar online para marcar um horário e passear com o animal de estimação de um vizinho.

Um projeto piloto foi lançado no Reino Unido, em abril de 2018, com resultados positivos. Segundo a empresa, 1,2 milhões de idosos no Reino Unido são solitários crônicos.

Dreamville

Em março de 2018, o provedor de serviços financeiros nigeriano Diamond Bank lançou uma plataforma digital que permite que as pessoas planejem seu futuro, economizem, conversem e atualizem seus conhecimentos financeiros enquanto jogam.

Criada em parceria com a Women’s World Banking, a Dreamville pretende engajar, especificamente, os jovens. O serviço é apoiado pelo Financial Sector Deepening Africa e é financiado com a ajuda do governo do Reino Unido.

Depois desses exemplos, podemos concluir que o uso do entretenimento para engajar clientes é um mundo de oportunidades para qualquer negócio! O desafio está em criar uma cultura de entretenimento na equipe e desenvolver uma visão que favoreça o bom gosto no desenvolvimento desse tipo de ação.