1. Para a transformação digital, as empresas têm apostado em tecnologias de ponta, mas há algumas tendências para os próximos anos que prometem revolucionar os negócios de forma ainda mais intensa. Criando e possibilitando novas experiências, alavancando a inteligência artificial (IA) e desenvolvendo novos sistemas para que as companhias tirem o máximo proveito dos ecossistemas digitais emergentes, soluções inovadoras são apresentadas todos os dias. Mas quais serão as tecnologias que vão se tornar essenciais para que as empresas alcancem a diferenciação competitiva?

É verdade que o ritmo das mudanças tecnológicas continua em total aceleração, o que tem gerado dúvida e dificuldade para os negócios que buscam acompanhar as principais tendências. Para lidar com esse cenário, é fundamental que os líderes avaliem as oportunidades em potencial das tecnologias emergentes para a sua aplicação nas organizações.

AIoT

Atualmente, uma das principais promessas é a Internet das Coisas (IoT) combinada com a inteligência artificial. Chamada AIoT, Inteligência Artificial das Coisas, a solução oferece sistemas inteligentes e conectados capazes de se auto-corrigir e se auto-consertar.

A expectativa é a de que os sistemas de AIoT sejam capazes de detectar falhas e variáveis de forma ativa, sendo útil para praticamente todos os setores. Ao que tudo indica, a IA vai impulsionar a IoT industrial em duas frentes: em primeiro lugar, aumentando a inteligência e, em segundo, analisando fluxos de dados em tempo real, aumentando a produtividade das organizações com a aceleração de processos.

Humanidade aumentada

Uma das principais tendências é de que as máquinas façam cada vez mais parte da vida dos seres humanos. Mas para além de imitar o comportamento e a inteligência humana, a expectativa é de que nos próximos anos as pessoas melhorem sua capacidades físicas e cognitivas com o auxílio das máquinas.

As tecnologias emergentes focadas na extensão das habilidades humanas incluem a inteligência aumentada, ambientes de trabalho imersivos, biotecnologia, biochips, entre outras, todas aumentando as potencialidades humanas.

Avanços em comunicação

As comunicações têm feito avanços importantes nos últimos anos e devem ter impacto significativo para os seres humanos. Um exemplo importante são os satélites de baixa órbita, que podem fornecer conexão de qualidade à internet globalmente. Para se ter dimensão do potencial da tecnologia, as constelações de satélites deverão permitir conectividade para 48% das residências que atualmente não contam com conexão, proporcionando novas oportunidades econômicas para regiões remotas.

Ecossistemas digitais

Através dos ecossistemas digitais, a previsão é de que as empresas possam criar novos produtos e serviços aprimorados. Já para o setor público, a ideia é que esses ecossistemas sejam projetados para alavancar as cidades inteligentes.

A previsão de investimento na área é tão grande que pesquisas mostram que os ecossistemas digitais emergentes poderão representar mais de US$ 60 trilhões em receita até 2025.

IA e análises avançadas

Para além da tradicional Business Intelligence, a análise avançada compreende o exame autônomo ou semiautônomo de dados a partir de técnicas e ferramentas sofisticadas.

É verdade que a tomada de decisões baseada em dados já é óbvia, e justamente por isso o mundo está vendo as análises avançadas, preditivas, ganhando cada vez mais espaço nas empresas. Essas soluções atendem a demanda para calcular possibilidades, prever resultados e fazer recomendações graças ao potencial de aprendizado da IA.

Pensando a longo prazo, as organizações devem começar a avaliar quais soluções emergentes podem ser implementadas para alavancar os seus negócios. No entanto, é fundamental que o processo não seja limitado com a adoção de novas tecnologias. Vale lembrar que a verdadeira transformação digital tem em sua base a mudança cultural. Por isso, o primeiro passo deve ser sempre a elaboração de um planejamento cuidadoso antes de tirar o projeto do papel. Elaborando uma estratégia consciente, as chances de sucesso serão cada vez maiores.

Igor Lopes

Diretor de Conteúdo no TD Igor Lopes, jornalista, é hoje o Diretor de Conteúdo do TD. É também colunista de tecnologia no BandNews TV. Já passou pelos principais veículos especializados em tecnologia do Brasil. Na NZN, foi diretor de conteúdo das sete propriedades do grupo (Tecmundo, The BRIEF entre outros); no Canaltech foi editor-chefe e cofundador do site. Cobre o mercado de negócios em tecnologia há mais de 12 anos.

Jurídico A influência das lawtechs no judiciário brasileiro
Recursos Humanos RH Summit: Maior evento online e gratuito de RH do Brasil acontece em outubro