Uma equipe de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, anunciou o desenvolvimento de um adesivo corporal capaz de detectar informações sobre a saúde dos usuários. De acordo com informações do Engadget, os dispositivos captam mudanças sutis na pele, fornecendo diversos de dados, incluindo batimento cardíaco, taxa de respiração e atividade muscular.

O sistema é composto pelo adesivo (sensor) e um receptor, que, juntos, reúnem informações e transmitem os dados através de uma conexão RFID. Por enquanto, a tecnologia é limitada pela necessidade de proximidade entre o adesivo e o receptor, o que é positivo para o rastreamento de doenças cardíacas e distúrbios do sono, mas não muito útil durante exercícios físicos, por exemplo, já que o usuário não conseguiria manter o posicionamento ideal do sensor.

Batizada como BodyNet, a solução está sendo desenvolvido há três anos, e a expectativa é de que ela possa ser utilizada inicialmente em ambientes médicos para o monitoramento dos pacientes. Para dar mais funcionalidades à tecnologia, os pesquisadores já estão trabalhando para a integração de informações a partir de suor e temperatura para a detecção de outras variáveis fisiológicas.

saudeSaúde
Inovação Tecnologia Templo budista usa inteligência artificial para interagir com jovens
Startups Felicidade e consumo na terceira idade: 5 coisas que você precisa saber sobre esse público
ABOUT THE SPONSORS
Introduce

Arquitetamos estruturas e soluções de redes de computadores que garantem a maior disponibilidade dos serviços de TI e aumentam a proteção da empresa, a confidencialidade de negócios e a produtividade das equipes.