De acordo com informações divulgadas pelo Canaltech, pesquisadores do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia do Sul estão desenvolvendo uma tecnologia que pode tornar os teclados dos smartphones invisíveis. Batizado como I-Keyboard, a solução proposta não terá layout, forma ou tamanho pré-definidos, e utilizará um sistema de inteligência artificial (IA) para detectar a digitação de qualquer posição.

Segundo os estudiosos, a tecnologia é capaz de alcançar 95,84% de precisão e permite uma melhor experiência para o usuário. “Teclados digitais contemporâneos possuem algumas limitações. Os atuais softwares de teclado danificam a usabilidade de dispositivos móveis de várias maneiras além da mobilidade”, diz o relatório. “[Além disso], os teclados virtuais atuais impedem que os dispositivos móveis apresentem conteúdo suficiente porque ocupam uma parte relativamente grande nos displays de celulares.”

Para criar o I-Keyboard, os autores do estudo compilaram um conjunto de dados de 43 voluntários que utilizam regularmente teclados QWERTY físicos e aplicativos de teclados. Os participantes, então, foram convidados a digitar frases em uma tela touch screen que não mostrava os caracteres com instruções transmitidas por uma tela separada. Enquanto digitavam, o segundo display destacava as letras ou números detectados para o mapeamento.

Durante a pesquisa, os participantes escreveram diversas frases e textos. No total, cada um precisou de cerca de 50 minutos para digitar as sentenças, gerando cerca de 7,2 mil frases e quase 200 mil caracteres escritos. O resultado mostrou que, apesar de escreverem de formas diferentes, os usuários foram capazes de digitar na tela invisível.

Após a divisão da tecnologia em treinamento, teste e validação e alimentar o modelo de learning machine, os cientistas implantaram um protótipo do teclado invisível em um MacBook Pro. Os voluntários, então, escreveram outras 20 frases, alcançando o resultado de 45,57 palavras por minuto, cerca de 88,74% da velocidade de digitação de teclados físicos.

“As pessoas não precisam aprender nenhum novo conceito sobre o I-Keyboard antes do uso. Eles podem começar a digitar naturalmente transferindo o padrão de uso dos teclados físicos”, escreveram eles. “[Eles] podem continuar digitando mesmo quando criaram frase após frase sem uma etapa adicional de calibração”, afirmam os autores.

Por enquanto o teclado invisível não está disponível no mercado, mas os pesquisadores esperam expandir o estudo para outras telas e dispositivos em breve.

tecnologiaTecnologia
Segurança Transformação Digital Transformação digital faz empresas revisarem seus sistemas de segurança
Vendas Como usar a inteligência de dados na previsão de vendas
ABOUT THE SPONSORS
Introduce

Arquitetamos estruturas e soluções de redes de computadores que garantem a maior disponibilidade dos serviços de TI e aumentam a proteção da empresa, a confidencialidade de negócios e a produtividade das equipes.