Práticas para trabalhar remotamente mantendo a produtividade

Conheça as principais práticas para trabalhar remotamente mantendo a produtividade

O sonho de muitas pessoas, hoje, é conseguir um emprego home-based, ou seja, trabalhar remotamente para deixar de lado o estresse do trânsito no deslocamento até uma empresa, os gastos com transportes e alimentação, e manter-se no conforto de sua própria casa.

No entanto, trabalhar remotamente pode ser uma armadilha para a produtividade, pois estamos sempre a apenas alguns metros de várias distrações, como a televisão, o sofá e a geladeira.

Para ajudar você a melhorar a sua produtividade e manter bons resultados trabalhando remotamente, reunimos algumas dicas e os principais perigos aos quais estará exposto:

Principais inimigos da produtividade em casa

Trabalhar em casa é muito prazeroso. Afinal, estamos em um ambiente conhecido e podemos nos dedicar às nossas atividades muito mais à vontade. Contudo, a nossa casa é um local cheio de armadilhas e distrações que podem acabar com a produtividade. Entre os principais riscos para a produção estão:

Falta de local fixo de trabalho

A maioria dos profissionais utiliza um notebook para realizar as suas atividades de home office. Como esse é um dispositivo portátil, acaba por trabalhar a cada dia em um local diferente da casa.

Essa não é uma boa atitude, pois pode prejudicar a produtividade. Nem todos os locais são confortáveis ou podem ser anatômicos para um trabalho de longa duração. O ideal é ter um canto específico separado para desenvolver as atividades de trabalho.

Deixar de explicar à família como funciona seu trabalho

Estar em casa é ótimo, mas esse ambiente pode ser dividido com outras pessoas durante algumas horas do dia e é aí que mora o perigo. O home office é um modelo novo de trabalho em nosso país, e com isso as pessoas ainda não estão acostumadas.

Pode ser que a família ainda não veja aquelas horas que o trabalhador passa em frente ao computador como um trabalho, interrompendo-o várias vezes para conversar ou pedir que faça alguma coisa, acabando com a produtividade.

Isolamento

Uma das principais vantagens de se trabalhar em equipe é a formação de laços de amizade entre os trabalhadores. Quando mudamos o paradigma para home office temos o isolamento como uma das grandes desvantagens.

Mesmo que o trabalhador esteja em contato frequente por videoconferência ou troca de mensagens instantâneas, a interação social muda e não é como estar junto às demais pessoas. Com o tempo, isso pode começar a afetar a produtividade do trabalhador.

Dicas para trabalhar remotamente

Acabe com as distrações

As distrações estão em todo lugar, e a nossa casa está cheia delas. A primeira coisa a fazer quando começar a trabalhar em um sistema de home office é se livrar do máximo delas.

O trabalhador deve ter em mente que, mesmo estando no conforto de sua casa, está trabalhando, e por isso deve cumprir com suas responsabilidades. A disciplina é muito importante para que esse modelo de trabalho dê certo.

Tenha horários

Trabalhar em casa pode ser muito mais flexível que cumprir hora em um escritório, no entanto é preciso estar atento a essa flexibilidade para não acabar extrapolando os limites.

É preciso estipular horários fixos para começar e finalizar o trabalho, tomando cuidado para não se atrasar e também não passar do horário. Isso garante que o trabalhador não perderá prazos nem acabará deixando as atividades se acumularem.

Invista no ambiente

Uma boa mesa e uma cadeira confortável são itens essenciais no escritório e também na casa de alguém que trabalha no sistema de home office. O trabalhador passará horas sentado em frente ao computador, e é preciso investir para criar um ambiente confortável.

Não apenas por estar em casa, o local escolhido para trabalhar pode ser legal. Com o passar do tempo, um ambiente mal planejado pode começar a cobrar o seu preço, com dores de coluna e dificuldade de concentração.

Exercite-se

Ao trabalhar em casa, nos exercitamos bem menos. Pense bem: quando o trabalhador vai até o escritório, mesmo que de carro, é preciso uma caminhada, escadas e diversas outras atividades.

Já em casa, pouco se anda. Esticar as pernas é importante e revigorante. É importante separar um tempo do dia para se exercitar e se manter alongado, evitando dores e problemas por passar muito tempo sentado e sem se mexer.

Busque locais alternativos

Muitas pessoas podem não se adaptar logo de início ao trabalho remoto. Afinal, trabalhar em casa não é para todo mundo. Existem muitos colaboradores que sentirão falta do contato social.

Pode-se buscar locais alternativos de trabalho para ter uma experiência diferenciada de tempos em tempos. Por exemplo, toda sexta-feira, procurar trabalhar em uma praça de alimentação de um shopping. Com isso, o trabalhador se sente mais engajado e pode produzir melhor.

Ferramentas para manter a produtividade

Existe no mercado uma série de ferramentas que podem ser utilizadas em equipe ou apenas para controle do próprio trabalhador. Com elas, o gestor pode verificar o andamento das atividades de cada um de seus colaboradores remotos, dividir ideias e melhorar o engajamento do time de home office. Vamos listar algumas delas:

Evernote

O bloco de notas turbinado Evernote permite compartilhar todos os documentos criados, acessar de qualquer dispositivo e inserir diversos tipos de informação nas notas, como áudios e tabelas.

Google Drive

A aplicação de armazenamento Google Drive em nuvem permite o compartilhamento de arquivos com outros usuários e a edição simultânea de documentos com um office on-line.

Trello

O aplicativo em nuvem Trello permite o gerenciamento de projetos cadastrando todos os envolvidos e as atividades.

RescueTime

O sistema RescueTime auxilia o trabalhador a observar em quais atividades ele gasta mais tempo e permite bloquear determinados sites para evitar distrações.

Como evitar distrações

É muito difícil não se distrair ao trabalhar no conforto de casa –  tantas atividades ao alcance sem ninguém vigiando. Esse é o principal problema quando falamos em home office, e é o motivo de esse tipo de modelo não ser altamente difundido em nosso país.

Muitos trabalhadores não conseguem se adaptar a esse tipo de trabalho e acabam prejudicando a sua produtividade. Evitar distrações é um desafio constante, e só pode ser enfrentado por meio da disciplina do próprio trabalhador, que tem de impor limites a si próprio e se esforçar para cumpri-los.

Trabalhar remotamente é incrível, e um grande passo em direção à qualidade de vida e mais tempo com a família, no entanto é necessário ficar atento a todas as armadilhas que o trabalho em casa pode esconder.