De acordo com informações do Engadget, a partir desta segunda-feira (1), os novos carros elétricos da Europa terão que ser equipados com um dispositivo de emissão de ruído (Acoustic Vehicle Alert System, ou AVAS). A medida tem como objetivo evitar que pedestres e ciclistas sejam surpreendidos pela aproximação desses veículos, quase sempre silenciosos em baixas velocidades.

A regulamentação prevê que os sistemas de ruído sejam ativados sempre que os carros circularem a menos de 19 km/h. Todos os novos veículos, incluindo os modelos já existentes, terão que incluir os dispositivos até 2021. Os que já estão em circulação deverão ser equipados para evitar punições.

Apesar de úteis, as novas regras ainda não agradam a todos. Diversas instituições defendem que os carros elétricos emitam sons independentemente da velocidade. Os ativistas consideram que os ruídos que os veículos produzem são baixos, mesmo em aceleração, colocando os transeuntes em risco.

segurancaSegurança
Gestão Inovação Mercado Inovação é questão de sobrevivência para as indústrias brasileiras
Gestão Tecnologia Como unificar estratégias de negócio com a tecnologia?
ABOUT THE SPONSORS
Azion

Fundada em 2011, a Azion permite que você construa e execute suas próprias aplicações serverless no Edge da rede, mais próximo a usuários e devices. A plataforma de Edge Computing da Azion é ideal para aplicações que exigem baixo tempo de resposta (latência) ou processamento de dados em tempo real.