Durante evento da empresa de investimentos Village Global, Bill Gates, cofundador da Microsoft, afirmou que seu maior erro durante a gestão da companhia foi permitir que a Google desenvolvesse o Android, tornando-se a principal empresa do mercado de sistemas operacionais para dispositivos móveis. De acordo com informações do The Verge, o executivo afirmou que a Microsoft poderia facilmente ter vencido a concorrência.

“No mundo do software, em particular para plataformas, esses são mercados de ganhar ou perder. O maior erro de todos é o erro que eu cometi que fez com que a Microsoft não fosse o que o Android é”, lamentou Gates. Segundo o empresário, sua falha custou 400 bilhões de dólares, aproximadamente 1,5 trilhão de reais para a empresa.

“É incrível para mim ter cometido um dos maiores erros de todos os tempos, mas nossos outros ativos, o Windows, o Office, ainda são muito fortes. Então somos uma empresa líder. Se conseguíssemos acertar, seríamos A empresa. Mas tudo bem”, completou.

A Google adquiriu o Android em 2005 por US$ 50 milhões, com o objetivo de superar os primeiros esforços da Microsoft com o Windows Mobile. Sem conseguir competir com o domínio do Android e do iOS, da Apple, a Microsoft decidiu, em uma reunião de emergência em 2008, encerrar o Windows Mobile e reiniciar seus esforços no mercado com o Windows Phone. Em janeiro de 2019, a Microsoft confirmou o fim do Windows Phone para dezembro, quando o sistema deixará de receber novos atualizações.

tecnologiaTecnologia
Segurança Tecnologia Tecnologia de reconhecimento facial pode ameaçar privacidade dos cidadãos
Tecnologia CEO da Samsung diz que ‘era do smartphone’ pode estar chegando ao fim
ABOUT THE SPONSORS
Azion

Fundada em 2011, a Azion permite que você construa e execute suas próprias aplicações serverless no Edge da rede, mais próximo a usuários e devices. A plataforma de Edge Computing da Azion é ideal para aplicações que exigem baixo tempo de resposta (latência) ou processamento de dados em tempo real.